18.1 C
São Paulo
quinta-feira, agosto 11, 2022
-Publicidade-
Inicio Revistas Hortifrúti Potássio + aminoácidos - Mais enchimento para a cebola

Potássio + aminoácidos – Mais enchimento para a cebola

Raíra Andrade Pelvine

Engenheira agrônoma e mestranda em Agronomia/Horticultura – Unesp-Botucatu

raira_andeplvine@hotmail.com

Crédito Luize Hess

O macronutriente potássio possui função na produtividade de culturas formadoras de órgãos de reserva subterrâneos, como o bulbo, no caso da cebola (Allium cepa L.), pois há estudos que relatam que apenas o uso de nitrogênio não é suficiente para a produção desta cultura. A deficiência deste macronutriente pode ser notada pela redução de área foliar, acúmulo de matéria seca, e em resposta à deficiência tem-se a queda na produtividade.

Outras funções que o potássio possui estão ligadas à ativação enzimática, sendo a principal função o transporte de solutos, equilíbrio catiônico, controle do pH celular, síntese de proteínas e amido, além de possuir papel muito importante na resistência à seca e salinidade do solo. Devido à atuação em compostos secundários, ele ajuda na redução dos danos causados por insetos e pragas.

Os aminoácidos possuem um papel fundamental na defesa contra estresses bióticos e abióticos, além se serem uma alternativa ao manejo nutricional. No caso desta cultura, ela deve sintetizar diversos aminoácidos que serão precursores de estruturas celulares ou constituintes proteicos das raízes.

 

Enchimento da cebola

 

A junção destes produtos (potássio + aminoácidos) resulta em uma planta mais tolerante ao estresse, além de melhoria na produção dos bulbos. Com o melhor desenvolvimento das raízes, há melhor absorção dos nutrientes pela planta, melhorando então a qualidade da lavoura. Significativamente, aumenta a quantidade de raiz, a área a ser explorada no solo, porém, depende também das condições deste perfil.

 

Mais que vantagens

O uso de potássio e aminoácidos na cebola aumenta a tolerância ao estresse – Crédito Luciano Brito

Primeiramente, o potássio atua diretamente no fornecimento de um nutriente essencial para a formação do bulbo da cebola. Já o aminoácido estimula uma resposta da planta aos estresses abióticos, como por exemplo o estresse térmico, fazendo com que a planta sinta de forma mais amena os possíveis danos causados.

Em geral, culturas hortícolas, como batata, alho, cebola, morango, cucurbitáceas em geral, frutas como maçã, citros, banana, uva, além de culturas como café, algodão, milho, trigo, soja, entre outras, são beneficiadas pela aplicação de potássio e aminoácidos.

 

Manejo

 

Atualmente, já existem produtos comerciais disponíveis, sendo assim, a forma mais adequada é conhecer o produto que vai mais se adequar à necessidade do produtor. Não é possível citar um manejo, pois há variações de acordo com a região, material utilizado e cultivar ou híbrido escolhido. Portanto, o ideal é o produtor conhecer bem com o que ele está lidando, pois a dose e época de aplicação acabam sendo cruciais para obter o sucesso ou insucesso na produtividade.

 

Em campo

 

O aumento na tolerância ao estresse é a principal observação relatada com o uso de potássio e aminoácidos na cebola. Sendo assim, a planta resiste mais às intempéries do ambiente em que está instalada.

Uma planta cultivada em um ambiente o mais próximo do adequado a ela expressa o máximo de seu potencial. O melhor dos exemplos são os híbridos, com grande potencial genético, sendo assim, a tendência é a alta produtividade do material.

 

Essa matéria completa você encontra na edição de dezembro  de 2018 da Revista Campo & Negócios Hortifrúti. Adquira o seu exemplar para leitura completa.

Inicio Revistas Hortifrúti Potássio + aminoácidos - Mais enchimento para a cebola