20.6 C
Uberlândia
domingo, junho 23, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioDestaquesPrêmio Ernesto Illy de Qualidade Sustentável do Café para Espresso abre inscrições...

Prêmio Ernesto Illy de Qualidade Sustentável do Café para Espresso abre inscrições para a 34ª edição  ‍ 

Até 20 de setembro é possível mandar amostras de café para participar do tradicional Prêmio da illycaffè, que elege os melhores cafeicultores do Brasil

Reprodução

Há mais de trinta anos incentivando a produção de cafés sustentáveis no Brasil, a illycaffé, líder mundial em café sustentável de alta qualidade e uma Benefit Corporation, abre as inscrições para o 34º Prêmio Ernesto Illy de Qualidade Sustentável do Café para Espresso no próximo dia 03 de junho. As inscrições e envio de amostras de mil gramas de café beneficiado, representativa de um lote mínimo de 100 sacas e máximo de 1.000 sacas da safra corrente (2024/25), da espécie Coffea arabica, devem ser realizadas até o dia 20 de setembro de 2024.

Em sua 34ª edição o tradicional prêmio seleciona os melhores grãos em duas categorias: Nacional e Regional. Para participar do Prêmio, que incentiva a produção de cafés de qualidade sustentável no Brasil, é preciso realizar a inscrição e enviar as amostras da safra atual.

Na Categoria Nacional do Prêmio Ernesto Illy serão selecionados 40 produtores finalistas. Dentre eles, os três primeiros ganharão uma viagem ao exterior para participar do 10º Prêmio Internacional de Café Ernesto Illy em 2025, além de ganhar prêmios em dinheiro e diplomas.

Na Categoria Regional do Prêmio Ernesto Illy será premiado o melhor cafeicultor em cada um dos 10 Estados/Regiões, sendo: Minas Gerais (subdividido em Cerrado Mineiro, Chapada de Minas, Matas de Minas e Sul de Minas); São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo e as regiões Centro-Oeste, Sul e Norte/Nordeste. Todos os vencedores e finalistas recebem prêmios em dinheiro e diplomas.

A comissão julgadora responsável pela seleção dos cafés é composta pelos especialistas da Experimental Agrícola do Brasil/illycaffè. A análise para a classificação do café é realizada considerando quesitos como: aspecto, cor, tipo, seca, peneiras, teor de umidade, torração e a qualidade da bebida, inclusive com degustação para espresso. Durante o período de inscrição, o produtor poderá vender o lote inscrito e aprovado para a Experimental.

A ficha de inscrição e o regulamento completo para o 34º Prêmio estão disponíveis no site do Clube illy do Café www.clubeilly.com.br

ARTIGOS RELACIONADOS

Chia: a semente amiga do coração que elimina as gordurinhas indesejadas e ainda fortalece a imunidade

Conheça esses e outros benefícios desse ingrediente poderoso que não pode faltar na sua dieta Praticidade é o que mais se busca atualmente. Com a...

Algas marinhas na frutificação do cafeeiro

Felipe Augusto Moretti Ferreira Pinto Engenheiro agrônomo, doutor em Fitopatologia e pesquisador da Epagri/ Estação Experimental de São Joaquim felipemoretti113@hotmail.com   O café é a segunda...

Homenagem ao cafeicultor

https://www.youtube.com/watch?v=dwbgxlfdQz0

Sistema de poda para safra zero

Observações em campo mostram que as lavouras de café, podadas por esqueletamento, no sistema safra zero, e que se encontram, nesta safra, em ciclo de produção, tiveram menores perdas por efeito das estiagens.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!