13 C
São Paulo
quarta-feira, junho 29, 2022
- Publicidade -
-Publicidade-
Inicio Revistas Hortifrúti Preparo do solo, plantio e nutrição da mangueira

Preparo do solo, plantio e nutrição da mangueira

Crédito Shutterstock

Lucas Guilherme Araujo Soares
Técnico Agrícola e Graduando de Agronomia
lucasifpa@gmail.com
Thiago Feliph Silva Fernandes
Engenheiro agrônomo e mestre em Fitotecnia – UNESP
thiago.feliph@unesp.br
Bianca Cavalcante da Silva
Engenheira agrônoma e mestra em Ciência do Solo – UNESP
alicebiacs@gmail.com

A manga é uma cultura de clima tropical, que se desenvolve plenamente em solos com média fertilidade, arenosos ou até argilosos, profundos, permeáveis e bem drenados, com faixa de pH ideal entre 5,5 e 6,8, de preferência mecanizáveis.
O conceito de qualidade do solo está relacionado à sua capacidade de manter a produtividade dentro dos limites naturais de um ecossistema, levando em consideração o equilíbrio do meio ambiente, a manutenção da biodiversidade de plantas, animais e de proporcionar a qualidade da água e do ar, além de contribuir para a saúde humana.
O preparo de solo para implantação da cultura da manga deve ser realizado de três a quatro meses antes do plantio, com as atividades de roçagem e destocamento da área. Após, deve ser feita coleta de amostras do solo para posterior análise, em laboratório de procedência, para avaliar a necessidade de adubação e calagem.

Manejo

O preparo do solo, se executado em condições de teor de água do solo na faixa de friabilidade, proporciona melhorias nas funções do solo, como aeração, disponibilidade e retenção de água e nutrientes, além de estrutura, envolvida no crescimento e desenvolvimento radicular.
Os trabalhos de aração, gradagem leve ou pesada, ou qualquer outro destinado ao preparo de área, deve ser definido de acordo com as condições da área a ser preparada. Nos solos que apresentam compactação, é recomendável realizar uma subsolagem na área, incrementando matéria orgânica.
A mecanização busca oferecer condições adequadas para o desenvolvimento das culturas, no entanto, as práticas agrícolas alteram o ambiente do solo, podendo causar distúrbios na comunidade microbiana, e influenciar os processos biogeoquímicos que nele ocorrem.

Planejamento

No plantio da mangueira, deve-se primeiramente realizar estudos básicos da região a ser implantando o pomar da cultura, os quais compreendem as características climáticas da região, definição do tipo de solo, suas condições físico-químicas e profundidade, além de fontes hídricas disponíveis nos períodos de estiagem.
São diversas as etapas para implantação de um pomar de manga, e todas possuem papel importante para o sucesso produtivo. A seleção do local do pomar deve ainda levar em consideração a topografia do terreno e as vias de acesso, que serão fatores que influenciarão diretamente nas práticas agronômicas e nos processos produtivos, como limpeza da área e escoamento da produção.
Em plantios com tecnologia de produção comercial, que adotam irrigação, a densidade de plantio mais comum é de aproximadamente 239 plantas/ha (espaçamento de 7 x 6 m); porém, maiores densidades já estão sendo utilizadas em diversas regiões. Na escolha do espaçamento, deve-se levar em consideração o vigor da planta, porte da cultivar escolhida, assim como a necessidade dos manejos adequados, como podas, nutrição e irrigação.
Com a definição do espaçamento, é hora de realizar o alinhamento, utilizando piquetes, onde serão abertas as covas. Deve-se optar por áreas com declive de até 5%, acima disso é aconselhável o preparo de curvas de nível, para evitar problemas de erosão.

Cuidados

O plantio é uma das fases em que se deve ter maior atenção na escolha da área, preparo do solo, seleção da cultivar desejada e os principais manejos da espécie, que devem ser primordiais na fase juvenil, como roçagem do pomar, podas, irrigação e adubações.
As dimensões das covas utilizadas na cultura da manga são de 40 x 40 x 40 e 60 x 60 x 60 cm, e as correções e adubações devem ser baseadas em análise de solos.

Adubação

A nutrição da mangueira é indispensável em todo seu período de sobrevivência, sendo as recomendações de adubação indicadas de acordo com os resultados de análise de solos e foliar.
O manual de recomendação de adubação e calagem de cada Estado onde a cultura será implantada identificará a real necessidade de adubação para cada estágio de desenvolvimento das plantas. As necessidades nutricionais são determinadas pela quantidade dos nutrientes extraídos durante o desenvolvimento da cultura.
E a extração dos nutrientes pelas colheitas é menor que algumas culturas tropicais, sendo o nitrogênio e o potássio os mais extraídos, embora todos os nutrientes sejam essenciais para seu pleno desenvolvimento e produtividade.

Inicio Revistas Hortifrúti Preparo do solo, plantio e nutrição da mangueira