29.3 C
Uberlândia
sexta-feira, julho 12, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosHortifrútiProcesso de importação e quarentena do endoparasitóide exótico Diaphorencyrtusaligarhensis

Processo de importação e quarentena do endoparasitóide exótico Diaphorencyrtusaligarhensis

Adultos da praga Diaphorinacitri sobre planta hospedeira e gaiolas de criação de insetos para os biotestes
Adultos da praga Diaphorinacitri sobre planta hospedeira e gaiolas de criação de insetos para os biotestes

Foi realizada uma busca exploratória em 2015, na Califórnia (EUA), de possíveis inimigos naturais alternativos à vespinha ectoparasitoide Tamarixiaradiata (Hymenoptera: Eulophidae) já existente no Brasil.

Adultos da praga Diaphorinacitri sobre planta hospedeira e gaiolas de criação de insetos para os biotestes
Adultos da praga Diaphorinacitri sobre planta hospedeira e gaiolas de criação de insetos para os biotestes

O bioagente exótico de controle importado em 2015 foi o endoparasitoide Diaphorencyrtusaligarhensis (Hymenoptera: Encyrtidae), que tem sido utilizado com sucesso na costa oeste da Califórnia pelo Departamento de Agricultura e Alimentação da Califórnia (CDFA) e pelo Departamento de Entomologia da Universidade da Califórnia (UC), em Riverside (EUA), para o controle biológico da pragavetora do HLB, o psilídeo-dos-citros Diaphorinacitri (Hemiptera: Psyllidae).

Adultos da praga Diaphorinacitri sobre planta hospedeira e gaiolas de criação de insetos para os biotestes
Adultos da praga Diaphorinacitri sobre planta hospedeira e gaiolas de criação de insetos para os biotestes

Esse endoparasitoide exótico, já introduzido no Brasil desde 2015, é de origem do Paquistão e posteriormente foi importado para os Estados Unidos. Atualmente encontra-se em quarentena na área de segurança do Laboratório de Quarentena “Costa Lima“, da Embrapa Meio Ambiente, em Jaguariúna (SP),sob responsabilidade do pesquisador Luiz Alexandre Nogueira de Sá.

Pretende-se verificar a utilização de D. aligarhensisem pomares cítricos no controle biológico da praga D. citri
Pretende-se verificar a utilização de D. aligarhensisem pomares cítricos no controle biológico da praga D. citri

Este mesmo pesquisador e sua equipe estão estudando o parasitismo, realizando testes de especificidade, competição e a faixa climática para o desenvolvimento do ciclo de vida para ambos os parasitoides em condições controladas e de quarentena.

Os biotestes visam determinar a eficiência deste parasitoide importado, D. aligarhensis, que é utilizado com sucesso em regiões semiáridas de pomares cítricos da Califórnia. No Brasil pretende-se verificar o grande potencial de utilização de D. aligarhensisem áreas semiáridas de pomares cítricos nos Estados da Bahia e Sergipe para efetivar o controle biológico dessa séria praga D. citrino País.

Essa matéria você encontra na edição de setembro 2017  da revista Campo & Negócios Hortifrúti. Adquira já a sua.

ARTIGOS RELACIONADOS

Ácaro-rajado – Como obter um controle eficiente

Pertencente à família das rosáceas, o morangueiro (Fragaria x ananassa Duchesne) é uma hortaliça de grande aceitação pelos mercados consumidores. No Brasil, a produção anual dessa hortaliça gira em torno de 100 mil toneladas, sendo os Estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina, Espírito Santo, além do Distrito Federal, os maiores produtores.

Ácidos húmicos aumentam em 11% matéria seca da cana

Nilva Terezinha Teixeira Engenheira agrônoma, doutora em Solos e Nutrição de Plantas e professora de Nutrição de Plantas, Bioquímica e Produção Orgânica do Centro Universitário...

Biotecnologia – Solução pode evitar a extinção da banana

A produção de banana é distribuída por todo o território nacional, somando quase 07 milhões de toneladas em 2018. A principal região produtora é o Nordeste,...

Fundecitrus lança aplicativo para ajudar a calcular pulverizações

Sistema auxilia citricultor a otimizar aplicações e proporciona redução dos custos O Fundecitrus " Fundo de Defesa da Citricultura criou um aplicativo para ajudar o...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!