Produção de açúcar deve cair 5.0% na primeira quinzena de agosto

0
146
Como deve ser feita a remoção da palha de cana-de-açúcar?
Foto de arquivo

A produção de açúcar na região Centro-Sul do Brasil deve totalizar 2,85 milhões de toneladas na primeira quinzena de agosto, refletindo uma queda de 5% no ano, segundo pesquisa da S&P Global Commodity Insights divulgada hoje, 23 de agosto. Para onze analistas consultados, a estimativa de moagem de cana variou de 37 milhões de toneladas a 43,8 milhões de toneladas para a primeira quinzena de agosto. A estimativa média era de uma moagem total de cana de 41,4 milhões de toneladas, uma queda de 7,5% no ano. 

O clima no Centro-Sul foi favorável para a moagem durante a primeira quinzena de agosto, com menos de dois dias esperado para chuva e cerca de 255-260 usinas ativas em 16 de agosto.

“Durante o período, o spread entre os preços do açúcar e do etanol aumentou, incentivando uma mistura de açúcar ainda maior. Por outro lado, chuvas significativas podem ter interrompido o crescimento tanto da safra quanto do ATR na região sul da CS Brasil, o que não é favorável para a produção de açúcar”, revela a análise da Platts Analytics.

A proporção de cana utilizada para a produção de açúcar deverá ser de 47,75%, acima do percentual do ano anterior, que foi de 46,89%. Os produtores brasileiros aproveitaram a recente alta do preço do etanol durante os estágios iniciais da safra, mas agora as expectativas de longo prazo são de que as usinas maximizem sua produção de açúcar durante a segunda metade da safra.

A Platts avaliou que o etanol hidratado ex-mill Ribeirão Preto convertido em equivalente de açúcar bruto estava em 14,28 centavos/lb em 22 de agosto, de acordo com dados da S&P Global. O contrato futuro de açúcar de outubro NY11 fechou em 22 de agosto a 17,94 centavos/lb, um prêmio de 3,66 cent/lb sobre o preço do etanol hidratado expresso em equivalente de açúcar bruto ex-CBIOs.

O prêmio do açúcar para a produção de etanol se aproximaria de 2,90 centavos/lb se os créditos de descarbonização fossem adicionados ao cálculo do prêmio. O CBIO, equivalente a 1 mt de CO2 não lançado na atmosfera, é um instrumento emitido por produtores e importadores de biocombustíveis para garantir que o Brasil atinja suas metas de descarbonização.

O açúcar recuperável por tonelada de cana-de-açúcar, ou ATR, deverá ser de 151 kg/mt, uma redução de 1,3% no ano. A produção total de etanol da cana-de-açúcar deve chegar a 2,11 bilhão de litros na primeira quinzena de agosto, queda de 5% no ano. A expectativa de produção de etanol hidratado era de 1,25 bilhão de litros, segundo a média das respostas dos analistas à pesquisa. Isso representaria um decréscimo de 3,9% no ano. A produção de etanol anidro na primeira quinzena de agosto era de 860 milhões de litros, 6,7% inferior ano anterior, segundo o levantamento.

A associação da indústria UNICA deve divulgar seus números oficiais de produção ainda nesta semana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!