25.6 C
Uberlândia
segunda-feira, julho 22, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosGrãosProdutores investem em sulfato de cálcio granulado

Produtores investem em sulfato de cálcio granulado

Autores

Bruno Nicchio
Doutor em Fertilidade do Solo e Nutrição de Plantas e professor de Pós-Graduação da FUCAMP – Monte Carmelo (MG)
bruno_nicchio@hotmail.com
Marlon Anderson Marcondes Vieira
Mestrando em Solos e Nutrição de Plantas – Universidade Federal de Uberlândia (UFU)
Crédito Shutterstock

Na busca por um solo ideal, um dos problemas enfrentados na maioria das propriedades rurais do País é a acidez causada pelo alumínio tóxico e hidrogênio. O manejo utilizado para resolver esta situação é a correção do solo com a utilização de calcário, porém, a faixa de ação deste manejo corretivo é muito pequena (0-20 cm de profundidade), o que faz com que as partes mais profundas do solo apresentem problemas de toxidez de alumínio, ferro e manganês.

O uso de gesso agrícola vem como uma estratégia visando melhorar as condições do solo em profundidade, fazendo com que este produto tenha ação condicionadora no perfil, já que este produto é cerca de 150 vezes mais solúvel que o calcário.

Além da presença de cálcio em sua composição, o gesso agrícola contém enxofre, importante nutriente para as plantas, pois o cálcio repele o alumínio e o sulfato o neutraliza, promovendo condicionamento do solo em profundidade, sem alterar o pH.

Promove a descompactação do solo pelo seu efeito intenso na floculação das argilas, aumentando a aeração, a taxa de infiltração de água no solo e o maior crescimento radicular em profundidade, o que aumenta e melhora a qualidade das culturas, tornando-as mais resistentes a veranicos ou estiagens.

Por isso, diversas empresas vêm buscando este mercado por meio da produção de fertilizante mineral à base de cálcio e enxofre, concentrados na forma granulada. Este produto pode apresentar grandes ganhos para o produtor em termos de redução de custo e quantidade de aplicação, já que na forma granulada ele pode ser aplicado na mesma operação que os demais fertilizantes convencionais, o que pode trazer melhor custo/benefício para o produtor.

Experimentos

A forma granulada desta fonte de enxofre e cálcio (sulfato de cálcio – CaSO4) pode facilitar o manejo de aplicação em comparação com o gesso agrícola tradicional, seja em área total/lanço ou linha, o que pode trazer menor custo de mão de obra e transporte.

Para aplicação localizada, a dose pode ser em função da necessidade de enxofre para a cultura e em área total em função da recomendação para aplicação de gesso.

 Ao avaliar a eficiência de sulfato de cálcio (15% de S; 21% de Ca; e, 1% de P) granulado (entre 2,0 e 4,0 mm) na cultura da soja em uma estação de pesquisa na cidade de Passo Fundo (RS), o engenheiro agrônomo Luiz Gustavo Floss observou incrementos de até 567 kg ha-1 no rendimento de grãos de soja em comparação com a testemunha e 320 kg ha-1 em comparação com tratamento de enxofre elementar.

Em outro experimento com os mesmos tratamentos e doses de aplicação, mas em trigo, o autor observou incrementos de até 531 kg ha-1, mas concluiu que a dose de 100 kg ha-1 do produto foi a melhor recomendada para cultura.

Ao avaliar a aplicação do mesmo produto em áreas com milho e soja, os autores Clovis Albino Perin e Evandro Cezar Nogara verificaram que aplicação de sulfato de cálcio granulado nas doses de 300 e 400 kg ha-1 proporcionou incrementos de 580 e 600 kg ha-1 de grãos de soja.

Nas áreas de milho, todas as doses avaliadas (300, 400, 600, 800 e 900 kg ha-1) apresentaram incrementos significativos em comparação com a testemunha, acima de 1.591 kg ha-1 de produtividade. De acordo com os autores, a dose de 400 kg ha-1 apresentou maior viabilidade técnica e econômica, sendo recomendadas para ambas as culturas.

ARTIGOS RELACIONADOS

Soja: Como alcançar alto índice de germinação?

Autores Damaris Eugênia Dina damaris.dina@outlook.com Luan Fernando Mendes luan.mendes14@hotmail.com Graduandos em Engenharia Agronômica - Centro Universitário Sudoeste Paulista (UNIFSP) Letícia Galhardo Jorge Bióloga e...

A chuva lava…o fertilizante repõe!

Consideramos um solo mais fértil quando possui nutrientes em quantidades suficientes ...

Himev – Pioneira em trituração

A proposta da Himev para a cafeicultura é a renovação das lavouras por meio da trituração, eliminando as tradicionais queimadas e enriquecendo o solo...

Psilídeo: Pesquisa identifica o volume de calda ideal

O controle químico do psilídeo, inseto vetor do greening, é uma ação fundamental para o manejo da doença. Buscando aumentar a eficiência das aplicações, uma pesquisa...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!