Produtos florestais

0
1190

Ageu da Silva Monteiro FreireEngenheiro florestal, mestre em Ciências Florestais e doutorando em Engenharia Florestal na UFPRageufreire@hotmail.com

Amanda Brito da Silvaamandab_silva12@hotmail.com

Joaquim Custódio Coutinhojoaquimcustodiocoutinho@gmail.com

Engenheiros florestais e mestres em Ciências Florestais

Madeira – Crédito: Invest Agro

O Brasil é o país com a maior diversidade do planeta, sendo conhecido por suas florestas, como também por produtos advindos delas. O próprio nome do país é proveniente da planta, em que sua exploração consistiu na primeira atividade econômica exercida pelos portugueses.

Os produtos florestais podem ser madeireiros (PFM) ou não madeireiros (PFNM), provenientes de plantios florestais ou de florestas nativas, fornecendo bens como madeira, fármacos, alimentos e outros.

O país ainda possui grandes desafios pela frente, buscando o equilíbrio da sustentabilidade, que é fornecer valores econômicos, sociais e de conservação, possuindo metas que precisam de planejamento e apoio das iniciativas públicas e privadas.

Aspectos econômicos e contribuição para a balança comercial

De acordo com o relatório do ano de 2020 da Indústria Brasileira de Árvores (IBA), o setor florestal de árvores cultivadas, que inclui a fabricação de produtos de madeira e celulose, papel e produtos de papel, painéis de madeira, pisos laminados e carvão vegetal para aço verde, gera emprego e renda para o Brasil, atuando de maneira social e ambientalmente responsável.

Independentemente de o ano ter sido atípico, a contribuição do setor florestal na balança comercial permaneceu significativa, fechando com o saldo de US$ 10,3 bilhões em 2019, o segundo melhor resultado dos últimos 10 anos.

Exportações

As exportações do setor apresentaram um valor total de US$ 11,3 bilhões, o que representa queda de 8,7%, devido principalmente à retração de 4,8% nos preços. Assim como em 2018, os dois principais países destinos das exportações brasileiras em 2019 foram China e Estados Unidos, que somam US$ 5,5 bilhões em exportações, uma participação de quase 50% do setor.

Para ler o restante deste artigo você tem que estar logado. Se você já tem uma conta, digite seu nome de usuário e senha. Se ainda não tem uma conta, cadastre-se e aguarde a liberação do seu acesso.