21.2 C
Uberlândia
sexta-feira, julho 19, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioMercadoPrograma de certificação atesta a sustentabilidade da produção dos cafés mineiros

Programa de certificação atesta a sustentabilidade da produção dos cafés mineiros

Certifica Minas Café incentiva a melhoria da gestão das propriedades e estimula a competitividade do café produzido no Estado frente ao mercado nacional e internacional

CaféImplantar boas práticas de produção nas propriedades cafeeiras de Minas Gerais, de modo a aumentar a visibilidade e a competitividade do café mineiro nos mercados nacional e internacional, é o objetivo do Certifica Minas Café. O programa disponibiliza aos cafeicultores a possibilidade de realizar a certificação da propriedade, a baixo custo, atestando que aquela produção se deu de maneira sustentável nos aspectos econômico, social e ambiental.

Ao todo, no Estado, já são 1.300 propriedades certificadas e a ideia é expandir o modelo para outras atividades, como por exemplo, a produção de frutas, queijos e cachaça. “Considerando a tendência do mercado mundial de exigir tanto a qualidade dos grãos quanto a do processo produtivo, o Certifica Minas Café torna-se uma ferramenta de relevante apoio ao setor cafeeiro e referência para outros estados“, explica o Secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (SEAPA), Pedro Leitão.

O programa prima pela melhoria e pela modernização da gestão da propriedade, tornando-a mais rentável, ao mesmo tempo em que agrega valor ao café produzido no Estado. “E para o consumidor, garante a certeza de que vai adquirir um produto de primeira linha, além de ser ambientalmente correto“, ressalta Pedro Leitão. A certificação transcorre em diversas etapas e inclui um conjunto de ações e procedimentos específicos para a adequação da propriedade, com orientação da Emater-MG e posterior auditoria do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA).

Entre as ações importantes para a adquirir a certificação estão o correto manejo da lavoura, com aquisição de mudas de boa procedência, capina, controle de pragas, doenças, nutrição das plantas e podas. Na propriedade, o armazenamento do café, que necessita ser feito em temperatura e umidade adequadas, diminuindo, assim, o risco de perdas.

 

Sobre a Semana Internacional do Café

 

A Semana Internacional do Café (SIC) é uma iniciativa do Sistema FAEMG, Café Editora, Sebrae, Governo de Minas, por meio da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Estado de Minas Gerais (Seapa) e Codemig. Reunirá de 25 a 27 de outubro de 2017, no Expominas, em Belo Horizonte, toda a cadeia produtiva do setor cafeeiro nacional e internacional, em prol do crescimento social e economicamente sustentável do produto brasileiro. O encontro envolve cafeicultores, torrefadores, classificadores, exportadores, compradores, fornecedores, empresários, baristas, proprietários de cafeterias e apreciadores. Durante os três dias são realizados mais de 25 eventos simultâneos focados nas áreas de Mercado & Consumo, Conhecimento & Inovação e Negócios & Empreendedorismo.

 

Patrocinadores

A SIC tem como patrocinadores Diamante o Sistema Ocemg, Sescoop e OCB.

 

Serviço

Semana Internacional do Café 2017

Data: 25 a 27 de outubro

Local: Expominas ” Belo Horizonte (MG)

Inscrições e informações no site www.semanainternacionaldocafe.com.br

Credenciamento da imprensa: Envie, por favor, seu nome completo, nome do veículo e telefone para fernanda.martins@linkcomunicacao.com.br

ARTIGOS RELACIONADOS

25º Seminário do Café atrai olhares de todo o Brasil

Tradicional evento traz novidades quanto ao horário de funcionamento de 11h às 19h, além de sorteio de prêmios aos produtores que fizerem negócios na...

Faturamento das lavouras cafeeiras está estimado em R$ 71,7 bilhões para 2022

Produção de café arábica ocupa 1,43 milhão de hectares, com produtividade média de 27,1 sacas por hectare, e a de café conilon 389,2 mil hectares.

Pesquisa cria o primeiro inseticida à base de vírus contra lagarta-do-cartucho

O primeiro inseticida à base de Baculovirusspodoptera contra a lagarta-do-cartucho acaba de ser desenvolvido e surge como nova ferramenta para minimizar os danos que...

Nutrição mineral – Mais resistência aos estresses abióticos

Uma pessoa saudável, bem nutrida, está mais bem preparada para suportar os estresses do dia a dia e manter-se produtiva. Assim como nós, as plantas sofrem uma série de estresses, que podem ser bióticos (causados por seres vivos, como fungos, bactérias, vírus, nematoides, etc.), ou abióticos (baixa ou alta temperatura, salinidade, seca, etc.) e que podem fazer com que as culturas não atinjam seu potencial genético quanto à produtividade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!