27.7 C
São Paulo
terça-feira, maio 17, 2022
- Publicidade -
- Publicidade -
Inicio Notícias Projeto da EPAMIG testa técnica de Irrigação de Baixo Custo na região...

Projeto da EPAMIG testa técnica de Irrigação de Baixo Custo na região do Jaíba

Um projeto conduzido pela Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG) busca avaliar condições de irrigação ideais e economicamente viáveis, que possam ser adotadas por bananicultores no Perímetro Irrigado do Jaíba. O trabalho, coordenado pelo pesquisador, João Batista Ribeiro S. Reis, com subcoordenação do extensionista da Emater-MG de Mocambinho, Igor Paranhos Caldas, tem como principal objetivo estabelecer indicativos para a lâmina e tempo ótimos de irrigação.

As avaliações consideram o ciclo fenológico da cultura da bananeira e a implantação de um equipamento (sensor) de baixo custo para realização do manejo e detecção da necessidade de irrigação. “A cápsula porosa é instalada no solo na profundidade do sistema radicular e entra em equilíbrio hídrico com o solo, em poucas horas. No momento da medição do estado da água, se o solo estiver úmido, a passagem de ar pela cápsula porosa é bloqueada. Isto é, a água não entra na cuba porque o ar não sai do sistema, o que significa que o solo permanece suficientemente úmido. Por outro lado, quando o solo seca e a umidade diminui abaixo de um valor crítico, a cápsula porosa torna-se permeável à passagem do ar e o menisco ar-água se movimenta para igualar com o nível da água no frasco. Quando isto ocorre o solo deve ser irrigado,” explica João Batista.

Para a condução do projeto, foram selecionados 24 produtores rurais de banana que atuam no Distrito de Irrigação da cidade de Jaíba. “Consideramos exclusivamente a cultura da bananeira, que é predominante na região, e especificamente em Mocambinho, onde estão estabelecidos esses agricultores. Mas a ideia é adaptar os resultados para outras culturas, principalmente as frutícolas que também são cultivadas na região”, afirma o pesquisador.

As metodologias de aplicação do sensor de irrigação e como será o monitoramento ao longo das atividades do projeto foram repassadas em uma capacitação realizada no dia 20 de abril, que contou com palestra técnica do pesquisador João Batista, da EPAMIG, e dinâmica de campo, orientada pelo extensionista Igor Paranhos.

“As próximas ações estão relacionadas às instalações dos sensores nas áreas selecionadas (que já começaram) e ao início do acompanhamento do monitoramento meteorológico que servirá de resultado comparativo ao monitoramento do sensor”, informa João Batista, que acrescenta: “Dentre outros resultados esperados, temos como metas uma capacitação ampla dos produtores rurais de banana no Perímetro irrigado de Jaíba e a alta eficiência na aplicação de água, que possibilite economia de água e de fertilizantes e também a redução dos custos de energia nas propriedades e uma diminuição dos impactos ambientais”.

O projeto “Monitoramento e Manejo com Baixo Custo da Irrigação em Bananais do Perímetro Irrigado do Jaíba” foi contemplado pelo Edital Universal 2021 da Fapemig e tem vigência até 2024.

Inicio Notícias Projeto da EPAMIG testa técnica de Irrigação de Baixo Custo na região...