18.1 C
São Paulo
quinta-feira, agosto 11, 2022
-Publicidade-
Inicio Revistas Grãos Pseudomonas interna mata cafeeiros jovens no campo

Pseudomonas interna mata cafeeiros jovens no campo

 

José Braz Matiello

jb.matiello@gmail.com.br

Saulo Roque Almeida

Engenheiros agrônomos da Fundação Procafé

José Renato Dias

Lucas Franco

Engenheiros agrônomos das Fazendas Sertãozinho

Crédito José Braz Matiello
Crédito José Braz Matiello

A bactéria Pseudomonas seryngae pv garcae causa a doença mancha aureolada em cafeeiros, atacando folhas, ramos e até frutos. O ataque de Pseudomonas ocorre tanto no campo como no viveiro de mudas de café. O maior dano da doença não está relacionado com a perda de folhagem, como ocorre com a ferrugem, mas sim à queima/morte da ramagem.

Desde o viveiro

No viveiro a doença aparece desde as mudas novas. Alem de lesões nas folhas, o ataque atinge o caule das mudas, chegando a matá-las. Nessa condição o controle fica dificultado e, na maioria dos casos, o ideal é a eliminação das mudas atacadas, pois, se levadas ao campo, fica difícil seu controle.

Nossa equipe relata, a seguir, uma mortalidade estranha no campo, de plantas jovens, por efeito de Pseudomonas que ficou internamente nas mudas, cujo ataque teve origem no viveiro.

As mudas, aparentemente sadias, foram plantadas no campo, em janeiro de 2015, e tiveram um desenvolvimento normal, sem qualquer sintoma. Em agosto/15 apareceram plantas salteadas, no campo, morrendo sem razões normais, pois vinham vegetando bem, vez que eram mantidas com irrigação de gotejamento. As plantas secavam rapidamente, sem qualquer amarelecimento anterior.

Buscadas as possíveis causas desta morte, de forma repentina, verificou-se, ao cortar o caule das mudas, o escurecimento interno ao longo de grande área do seu tronco. A parte mais baixa, mais próxima do solo, permanecia verde.

Estranho foi observar que as plantas não apresentavam quaisquer sintomas na folhagem. Uma vez descartadas as demais causas, que poderiam estar ligadas à morte das plantas, e correlacionando com a ocorrência de Pseudomonas no viveiro, exatamente no canteiro de mudas que deu origem ao plantio desta área, chegou-se à conclusão que se tratava do ataque da bactéria, que ficou incubada dentro do caule da muda e que veio a atacar e bloquear o fluxo de seiva no caule das plantas jovens.

As observações efetuadas permitiram concluir que – mudas atacadas por Pseudomonas no viveiro permitem ressurgir o ataque, internamente no caule de plantas jovens no campo, causando sua morte independentemente do aparecimento de sintomas na folhagem. A indicação de eliminação de mudas, ainda no viveiro, é adequada. Deste modo, a indicação de eliminação de mudas, ainda no viveiro, é adequada.

Essa matéria você encontra na edição de janeiro 2016 da revista Campo & Negócios Grãos. Adquira já a sua.

Inicio Revistas Grãos Pseudomonas interna mata cafeeiros jovens no campo