19.6 C
Uberlândia
domingo, junho 16, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosHortifrútiPulsfog - Direto ao alvo

Pulsfog – Direto ao alvo

 

Pulsfog - Crédito Luize Hess
Pulsfog – Crédito Luize Hess

A Pulsfog é uma empresa de pulverizadores de ultrabaixo volume, que pelo primeiro ano participou da Hortitec. “Nesse ano conseguimos entrar na feira e gostamos muito do evento, por ser muito produtivo e permitir o contato com vários clientes. Levamos para expor as máquinas que atendem nosso público-alvo, que são os produtores em estufas“, conta João Luis de Oliveira, gerente comercial da Pulsfog.

O destaque foi a máquina Agrofog, utilizada no segmento florestal e também por alguns clientes de Holambra, em grandes estufas, visando o controle de pragas. O equipamento é indicado para a pulverização dentro de estufa por ser de ultrabaixo volume, já que umidade e estufa não combinam.

Também foi destacada a recém-desenvolvida máquina para fruticultura e cafeicultura e os termonebulizadores para geada, para desinfecção e para estufas, com finalidades distintas. “O termonebulizador pode ser usado em estufa para controle de insetos e doenças, visando aplicações de câmaras frias e aviários.Ele age como uma manta térmica para resguardar a planta da geada“, detalha o gerente da empresa.

 

Diferencial

O diferencial dos produtos Pulsfog é que eles não precisam de alto volume de água para executar as pulverizações. Além disso, os pulverizadores convencionais requerem maior envolvimento de pessoas para execução da operação, diferente da proposta da Pulsfog.

“Em citrus, usa-se o volume de dois mil litros para pulverização, e a Pulsfog faz aplicações com 40 a 60 litros de água por hectare, ou seja, conseguimos reduzir bastante o volume. Lembrando que a máquina se adapta melhor a essas culturas porque foram pensadas para elas, ou seja, equipamentos para floresta, café e citrus, que se adéquam a esses segmentos, bem como às necessidades deles“, justifica João Luis.

A Pulsfog realizou diversos negócios no evento, superando as expectativas.

 

Essa matéria você encontra na edição de julho da revista Campo & Negócios Hortifrúti. Adquira a sua.

ARTIGOS RELACIONADOS

Controle da maturação do caqui

  Auri Brackmann Doutor em Ciências Agrárias e professor adjunto da Universidade Federal de Santa Maria auribrackman@gmail.com A produção brasileira de caqui (Diospyrus kaki L.) tem crescido na...

VitalForce – A força que faltava na sua lavoura

  Pelo segundo ano a VitalForce se fez presente na Femagri. “Temos uma parceria com a Cooxupé, com a qual trabalhamos alguns produtos diretamente no...

Excesso de chuvas na região sul de MS pode atrapalhar desenvolvimento da soja

  Nesta safra, a baixa luminosidade e o excesso de chuvas estão resultando em plantas com um crescimento vegetativo menos vigoroso. Mas a soja é...

Fertilizante com menor impacto é patenteado pela Agência Unesp de Inovação

A aplicação indiscriminada dos fertilizantes comercializados no Brasil tem trazido consequências graves ao meio ambiente devido à alta contaminação do solo pelo excesso...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!