Rastreamento de ponta a ponta

0
34
Rastreabilidade – Fotos: Shutterstock

Uma das maiores queixas de exportadores e importadores é a falta de integração dos operadores, para se obter uma informação completa sobre o transporte internacional de cargas.

A eProfessional Tecnologia da Informação, empresa que atua no desenvolvimento de sistemas ligados à logística de comércio exterior, firmou parceria com a TradeLens, uma das maiores empresas do mundo do setor de Supply Chain — cadeia de suprimentos e criação de valor —, para oferecer uma solução de integração de terminais, portos e transportadoras que fazem a comunicação em tempo real do caminho que o contêiner segue até seu destino.

Eduardo Valeriano da Silva, analista de sistemas responsável pelo desenvolvimento de projetos para terminais e portos, explica que a adoção da tecnologia blockchain teve por objetivo unificar toda a integração de informações e das empresas na cadeia logística de transporte, envolvendo desde a empresa exportadora até o cliente final, o importador. “Nosso sistema proporciona a integração das informações para uma rastreabilidade total, do início ao fim do processo”, garante.

O sistema da eProfessional conta o móduloSISTER” que é o Sistema para gestão de terminais de contêineres vazios, que tem como finalidade, gerenciar todos os processos que envolvem este tipo de negócio.

Valeriano ressalta que a plataforma executa 120 serviços diferentes para todo o processo de monitoramento do transporte de cargas. Uma de suas funções é justamente promover a integração das informações fornecidas por exportadores e transportadoras com o sistema da TradeLens que, por conseguinte, integra os dados de grandes transportadores de cargas como MAERSK, MSC, CMA/CGM e ZIM. “Com nossa solução, exportadores de destaque do Brasil como BRF, JBS, Kraft Foods e Volkswagen, por exemplo, poderão rastrear a carga até a entrega do container vazio de volta ao porto”, detalha.

O analista de sistemas salienta que a eProfessional é a única empresa do segmento na América do Sul que promove a integração via Tradelens em tempo real de ponta a ponta das informações da cadeia logística de transporte de cargas.  “Já vi casos de países em que os terminais de carga fazem os controles em planilhas de Excel e até mesmo feitas à mão”, comenta, surpreso.

Automação do processo

Um dos principais destaques da plataforma da eProfessional é a ferramenta automatizada chamada INTEGRA, que faz todo o processamento da integração da informação como dados do contêiner, tipo do contêiner, placa de caminhão, data e hora de saída até a chegada no terminal de cargas, registra e transmite esses dados para a plataforma da TradeLens, que vai fazer o rastreamento do transporte marítimo.

Como a eProfessional é contratada pelos terminais de cargas e portos, hoje a empresa atua nas bases de Manaus-MA, Porto Velho-RO, Barcarena-PA, Salvador-BA, Suape-PE, Fortaleza-CE, Vitória-ES, Rio de Janeiro-RJ, Itaguaí-RJ, Sepetiba-RJ, Santos-SP, Paranaguá-PA, Itapoá-SC, Itajaí-SC, Rio Grande-RG e brevemente em Imbituba-SC.