27.7 C
São Paulo
sábado, maio 21, 2022
- Publicidade -
-Publicidade-
Inicio Notícias Redução da pegada de carbono e utilização de energia limpa

Redução da pegada de carbono e utilização de energia limpa

Bureau Véritas

O Bureau Veritas, líder mundial em Testes, Inspeções e Certificação (TIC), desenvolveu modelo de crédito de energia limpa para abastecer seus laboratórios de inspeção de fibra de algodão e reduzir a pegada de carbono. A iniciativa gerou saldo energético de 3,244 GWh a partir do aluguel de turbina de uma hidrelétrica, suficiente para manter o funcionamento das unidades por um período de 30 meses, e deve ser aplicada em mais nove estados, onde o Grupo também tem laboratórios de teste e inspeção.

“Ser pioneiro em projetos como este é um grande marco e reforça nosso propósito como organização que busca contribuir para a transformação da sociedade. Trata-se de uma solução inovadora que se comprovou uma estratégia muito eficiente, tanto ambiental quanto financeiramente”, afirma Guilherme Cauduro, diretor de Agronegócios, Alimentos e Commodities do Bureau Veritas.

O crédito de energia foi gerado a partir de um projeto pioneiro, em 2020, que consistiu no aluguel de uma turbina em hidrelétrica do Mato Grosso por três meses. O volume gerado no período, de 3,244 GWh, foi repassado para a distribuidora de energia e passou a ser descontado do consumo mensal dos laboratórios.

Ao utilizar energia 100% limpa e renovável, o Bureau Veritas deu um enorme passo em direção às suas metas de Sustentabilidade. O Grupo estima uma redução de cerca de 253 ton CO2/ano e estuda novas parcerias para atender seus laboratórios em outros estados, uma vez que o acordo prevê o consumo do saldo energético apenas na região atendida pela distribuidora.

Além dos benefícios ambientais, a produção antecipada de energia tem custo menor e garante o congelamento da bandeira tarifária, resultando em uma economia de 20%. O saldo energético passou a ser utilizado em 2021 e, seguindo a média de consumo, os laboratórios continuarão a receber contas de energia “zeradas” até agosto de 2023.

O Bureau Veritas inspeciona 85% da produção de algodão no Mato Grosso, com quatro laboratórios High Intense Volumetric Analysis – HVI, localizados nos municípios de Sapezal, Campo Novo do Parecis, Sorriso e Rondonópolis. Cada unidade recebe uma média diária de 200 kg de amostras de algodão e consome cerca de 432 MWh/ano. “Pretendemos expandir a infraestrutura existente do Grupo e o número de laboratórios para atender a demanda crescente do setor algodoeiro, com aumento previsto de 17% a 20% já na próxima safra”, completa Cauduro.

Sobre o Grupo Bureau Veritas

Com receita global de 4,9 bilhões de euros, o Bureau Veritas é líder mundial em Teste, Inspeção e Certificação (TIC). Fundado em 1828, o Grupo está presente em 140 países, atendendo mais de 400 mil clientes. São 80 mil colaboradores localizados em mais de 1.600 escritórios e laboratórios pelo mundo, sendo 5 mil profissionais no Brasil. O Bureau Veritas oferece um portfólio completo de serviços e soluções inovadoras para garantir que ativos, produtos, infraestrutura e processos atendam aos padrões e regulamentações de qualidade, saúde e segurança, proteção ambiental e responsabilidade social.

Inicio Notícias Redução da pegada de carbono e utilização de energia limpa