25.6 C
Uberlândia
quinta-feira, junho 13, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioDestaquesSafra 2022 de amendoim poderá ser 20% maior que a do ano...

Safra 2022 de amendoim poderá ser 20% maior que a do ano passado

Amendoim – Créditos: shurtterstock

O aumento da safra foi impulsionado principalmente pelo incremento de 30% do  volume exportado no ano de 2020 comparado com 2019

A safra de amendoim de 2022 atingirá um crescimento de 15% a 20% superior à safra de 2021, segundo informou, nesta sexta-feira (11/02), Cristiano Zanguetin Fantin, Presidente da Associação dos Beneficiadores e Exportadores de Amendoim do Estado de São Paulo (Abeaesp). A safra, que foi plantada entre os meses de outubro e dezembro do ano passado, começa a ser colhida na próxima semana, a partir do dia 15/02 e a colheita se estende até o fim de abril. O Estado de São Paulo é responsável por 93% de todo o amendoim produzido no país.

Um milhão de toneladas

A expectativa de volume para esta safra é que possa atingir um milhão de toneladas do amendoim in natura, destacou o Presidente da Associação. Entre os anos de 2019 e 2020, o preço para o  produtor cresceu em média 45% devido ao aumento no volume das exportações, sendo que o dólar favoreceu as regiões produtoras, durante o ano passado e o preço permaneceu praticamente estável.

A área plantada para esta safra aumentou em média 15%, na avaliação de Fantin. Os principais polos de cultivo desta leguminosa são as cidades de Tupã, São José do Rio Preto, Jaboticabal, Presidente Prudente, Marília, Barretos, Assis, Lins, Catanduva e Ribeirão Preto onde concentram-se aproximadamente 1.500 produtores rurais.

O amendoim é exportado para diversos destinos como Rússia, Argélia, União Europeia, Ucrânia, África do Sul e Colômbia, países responsáveis por 80% de toda exportação nacional de amendoim.

Benefícios

Os produtores de amendoim no Estado de São Paulo iniciam a colheita da safra com outra boa notícia: os efeitos positivos do decreto 66391, assinado no final de dezembro, pelo então governador em exercício, Rodrigo Garcia. De acordo com a nova Lei, os cerealistas paulistas, mesmo aqueles que não possuem maquinário próprio, passaram a ter direito de serem credenciados junto à Secretaria da Fazenda para receber repasse de crédito correspondente a 60% da alíquota interna de 18%, resultando em alíquota de 10,8% em suas vendas internas.

Outro benefício proporcionado pelo Decreto é a retirada da obrigatoriedade de recolhimento, através de guia especial, do valor do ICMS. Este dispositivo impedia que as empresas, mesmo com elevados saldos credores, abatessem o imposto nesta conta de crédito.

As informações foram transmitidas pelo Deputado Federal Luiz Carlos Motta (PL/SP), que lidera comitiva de parlamentares e produtores, empenhados em garantir maior competitividade ao amendoim. A mobilização, que culminou com a assinatura da nova Lei, começou há cerca de três anos, encabeçada pela Abeaesp. Também participaram das tratativas junto ao Governo Estadual o Deputado Estadual Ricardo Madalena, o vereador de Tupã, Alexandre Scombatti, além de empresários do setor.

ARTIGOS RELACIONADOS

Melancia: a terceira fruta mais produzida no País

A melancia representa um importante segmento do agronegócio brasileiro, sendo considerada a terceira fruta mais produzida no País, gerando um valor estimado de R$ 1,3 milhão (Agrianual 2018), com produção de 2.240.796 toneladas em uma área colhida de 101.975 hectares (IBGE, 2019).

Área e safra de amendoim

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgou o novo balanço da safra de grãos ..

O nitrogênio e a cana-de-açúcar – Como acertar na fonte e dose

Lucas Miguel Altarugio KauêTonelliNardi Graduandos em Engenharia Agronômica ESALQ/USP Gerson Marquesi Engenheiro agrônomo Eduardo Zavaschi Engenheiro agrônomo e doutor em Agronomia Grupo de Apoio à Pesquisa e Extensão "...

Mais produtividade com o nitrogênio líquido de liberação lenta

Cada vez mais a tecnologia está inserida na agricultura, seja pela introdução de novas variedades, bem como agricultura 4G, também nesse segmento o mercado de fertilizante está em contínua evolução com novas formulação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!