22 C
Uberlândia
segunda-feira, julho 15, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosHortifrútiSagra - Parceira fiel do produtor rural

Sagra – Parceira fiel do produtor rural

 

O produtor Adriano de Almeida, em Araxá, é cliente antigo da Sagra e conta que a eficiência dos produtos é inquestionável e a empresa fornece uma boa assistência técnica

 

 

 Foto Luize Hess
Foto Luize Hess

Adriano Aparecido de Almeida é produtor de batata e cereais (milho, soja e feijão) no município de Araxá (MG), na fazenda Engenho da Serra. A área plantada varia de ano pra ano, mas fica entre 950 a 1050. De batata são em torno de 80 a 100 hectares por ano.

O cultivo de batata começou em 2010, e há quatro anos Adriano é parceiro da Sagra. “Essa parceria foi necessária no início das atividades devido ao portfólio de produtos da Sagra, e nos mantivemos clientes da Sagra desde então.Determinados produtos aqui na cidade de Araxá eu só encontro nesta empresa“, conta o produtor, que procura por representantes sérios que tenham responsabilidade no trabalho que fazem e também pela linha de produtos comercializada.

Ele conta, ainda, que a produtividade da batata varia, dependendo do clima de cada ano, de 600 a 900 sacas por hectare.

Foto Luize Hess
Foto Luize Hess

O dia-a-dia no campo

Para Adriano, a eficiência dos produtos da Sagra é inquestionável e a empresa o atende muito bem. “Precisamos ter acompanhamento, com receita agronômica para o que utilizamos. Então a parte técnica se faz bem necessária, e neste quesito estamos bem supridos“, confirma.

O plantio de batata acontece no verão e no inverno. O plantio de verão vai de outubro a janeiro e o de inverno em junho/julho. O ciclo da batata é de 110 dias aproximadamente, do plantio à colheita.

Em termos de doença, o produtor conta que o inverno é menos agressivo para a cultura da batata do que o verão. “Mas, ainda assim, mesmo que em menor intensidade, temos problemas com requeima, rizoctonia e canela. Para a requeima, usamos o produto Fórum, para pinta-preta usamos Orkestra no paliativo e quando em intensidade maior lanço mão do Cantus, todos da Basf, e com boa eficiência“, detalha.

No verão, os problemas enfrentados por ele são basicamente os mesmos, porém, a intensidade é muito maior, por ser um período climático agressivo, sempre muito quente, seco ou úmido, o que atraiu os fungos. Assim, entram os mesmos produtos, entretanto, com maior frequência e em doses ‘mais cheias’, como Adriano se refere.

“O que determina a frequência da aplicação é o tempo. Se chove, a gente aplica, e podem acontecer até três aplicações em uma mesma semana. Nesses casos, é importante sempre ter estoque, o que a Sagra garante“, elogia Adriano.

Allyson Gério Pereira, representante da Sagra, e o produtor Adriano de Almeida - Foto Luize Hess
Allyson Gério Pereira, representante da Sagra, e o produtor Adriano de Almeida – Foto Luize Hess

Posicionamento

Para o representante da Sagra, AllysonGérioPereira , produtos bons as grandes empresas do mercado têm, mas de nada adianta se ele não for bem posicionado. “Além de trabalharmos com produtos de qualidade, das linhas Basf, Agrichem, Nufarm, etc. nossos consultores fazem o posicionamento no momento certo.O posicionamento mal feito, além de diminuir a eficiência, aumenta os custos de produção“, alerta o profissional.

Para assegurar o sucesso do produtor, a Sagra investe em assistência pessoal no campo, enfatizando sempre a importância de cada aplicação. “A cultura da batata, principalmente, é muito sensível. Deixar de fazer uma aplicação por poucos dias pode trazer muitas perdas. Acompanhamos muito o clima também, para fazermos preventivos e não haver perigo da chuva prejudicar a lavoura. Quando se entra com preventivo, o custo é menor do que o curativo. E quando se entra com o curativo, parte da produção com certeza já foi perdida“, ressalta.

A produtividade da batata varia, dependendo do clima de cada ano, de 600 a 900 sacas por hectare - Foto Miriam Lins
A produtividade da batata varia, dependendo do clima de cada ano, de 600 a 900 sacas por hectare – Foto Miriam Lins

Mais produtividade

Adriano, como todo agricultor, visa sempre aumentar suas produtividades, até porque os custos de produção também não param de subir, e é preciso ter uma margem para viabilizar a cultura.

De encontro a esse propósito, a Sagra trabalha com o tratamento completo para a cultura da batata, como fertilizantes, fertilizantes foliares e defensivos. “Somos clientes da Sagra também adquirindo os fertilizantes foliares da Agrichem. Trabalhamos com esses produtos já há algum tempo e constatamos que são de ótima qualidade“, afirma Adriano.

Já Allyson está presente na propriedade de seus clientes pelo menos uma vez por semana, ou a cada 15 dias. “O Adriano tem um agrônomo responsável dentro da fazenda dele, o Lucas, que está sempre em contato conosco para tirar dúvidas. Dessa forma, tentamos monitorar de acordo com a necessidade do cliente“, explica.

Parceria de sucesso

Adrianorecomenda aos seus colegas produtores que também façam essa parceria com a Sagra, porque a questão não é só o resultado final, mas também a entrega dos produtos e a segurança de originalidade dos insumos.

Quanto aos diferenciais da Sagra, Allyson destaca a qualidade dos consultores, com uma equipe técnica de alta qualidade; e ainda a linha de produtos trabalhada: Basf, Nufarm, Agrichem, Compo, Trade Corp, Master, Nortox e Riber KWS.

“Além de tudo isso, a Sagra é muito ética e transparente. Somos muito claros no que fazemos e não prometemos nada que não podemos cumprir. A Sagra já está no mercado há quase 20 anos“, conclui o representante.

Essa matéria você encontra na edição de Julho 2017  da revista Campo & Negócios Hortifrúti. Adquira já a sua.

ARTIGOS RELACIONADOS

Cafeicultores de Minas Gerais obtêm resultados positivos mesmo com a seca

O Programa Construindo Plantas (PCP 360) da Fertiláqua atua na fisiologia da planta e na qualidade do solo, proporcionando maior produtividade e rentabilidade da...

Automação da irrigação com energia solar

  Carlos Magno Marcelino dos Santos Agrotecnólogo e CEO da iSolisBrasilis Práticas Sustentáveis contato@isolis.com.br   A agricultura e horticultura buscam otimizar a captação de energia solar a fim de...

Podridão abacaxi deixa produtores de cana em alerta

Roberto Giacomini Chapola Engenheiro agrônomo, fitopatologista do Programa de Melhoramento Genético da Cana-de-açúcar " PMGCA/UFSCar/RIDESA chapola@cca.ufscar.br   Causada por Ceratocystis paradoxa, a podridão abacaxi é uma doença fúngica...

Automação em hidroponia – Profissionalismo na medida certa

  Glaucio da Cruz Genuncio glauciogenuncio@gmail.com Rafael Campagnol Doutores e professores - Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) Elisamara Caldeira do Nascimento Doutora em Agronomia " Universidade Federal Rural do...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!