26.6 C
Uberlândia
segunda-feira, julho 22, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosHortifrútiSais solúveis aumentam a eficiência da fertilização no cultivo da rúcula hidropônica

Sais solúveis aumentam a eficiência da fertilização no cultivo da rúcula hidropônica

Roberta Camargos de Oliveira

Engenheira agrônoma e doutora em Fitotecnia

robertacamargoss@gmail.com

Fernando Simoni Bacilieri

ferbacilieri@zipmail.com.br

Bruno Nicchio

bruno_nicchio@hotmail.com

Engenheiros agrônomos e doutorandos em Fitotecnia – ICIAG-UFU

Crédito Eduardo Miyayaciki
Crédito Eduardo Miyayaciki

A rúcula (Eruca sativa) possui ciclo curto, alta produção por área e ampla aceitabilidade pelo mercado consumidor. As folhas de rúcula são apreciadas em saladas, sendo ricas fontes de vitaminas, aminoácidos, sais minerais e vários compostos fenólicos que combatem os radicais livres (moléculas que causam doenças degenerativas, como o câncer).

A crescente preocupação com a alimentação saudável faz crescer a procura e comercialização desta espécie. Apesar de ser uma espécie de clima temperado, o cultivo da rúcula em hidroponia se expande em praticamente todas as regiões do Brasil, com diferenças no manejo de acordo com a interação da cultura e as condições ambientais.

Em hidroponia

A hidroponia possibilita obter rúcula de melhor qualidade, diversidade, regularidade de produção e precocidade do ciclo, devido ao maior controle das técnicas de manejo, otimizando o potencial genético das cultivares.

A técnica consiste no desenvolvimento das plantas sem o uso de solo, em um meio que lhe permita apoiar as raízes e ter acesso à água, oxigênio e nutrientes que circulam continuamente por suas raízes através de um sistema hidráulico, com bomba e temporizador, que alimenta as plantas em períodos determinados pelas condições climáticas.

Manejo nutricional

Dentre os mais importantes fatores de produção, destaca-se o adequado manejo nutricional, com maior ênfase na quantidade e forma de aplicação dos nutrientes. Vale ressaltar que plantas bem nutridas respondem positivamente em produtividade, garantem maior resistência a estresses climáticos e ocasionados por pragas e doenças, possuem melhor qualidade nutricional, maior conservação após sua colheita, melhor aparência e sabor.

Portanto, um adequado manejo da fertilização deve ser considerado primordial em um sistema de produção.

A hidroponia possibilita obter rúcula de melhor qualidade - Crédito Jorge Barcelos
A hidroponia possibilita obter rúcula de melhor qualidade – Crédito Jorge Barcelos

Importância da água

A qualidade da água e a solubilidade dos nutrientes na solução são fundamentais para o sucesso da produção. Sais altamente solúveis são desejados pela maior acessibilidade ao sistema radicular, o que favorece a sua aquisição e incorporação aos tecidos vegetais.

Os produtores devem optar por sais que se dissolvem rapidamente na água, para que os nutrientes se ionizem e estejam prontamente disponíveis para absorção. A vantagem adicional à melhor dissolução dos íons é a redução de problemas de entupimento dos canais que abastecem as canaletas e menor problema de deposição dos fertilizantes no fundo das caixas do reservatório. Dessa forma, tem-se melhor aproveitamento do fertilizante e melhor circulação da solução nutritiva no sistema.

A condutividade elétrica (CE) e o pH são os aliados do produtor no manejo hidropônico. A CE determina a resistência que a água oferece à passagem de uma corrente elétrica e isso prevê quanto de nutrientes precisa ser adicionado à solução.

Quanto maior a quantidade de íons na solução, menor será a resistência elétrica e assim, maior será sua condutividade. O pH refere-se à potência de hidrogênio e está relacionado com a protonação da água, gerando cargas positivas (cátions) e negativas (ânions), o que se torna de grande importância pois, por serem íons, podem reagir com os nutrientes, tornando-os indisponíveis para as plantas ou impedindo o desenvolvimento do sistema radicular.

 A qualidade da água e a solubilidade dos nutrientes na solução são fundamentais para o sucesso da planta.
A qualidade da água e a solubilidade dos nutrientes na solução são fundamentais para o sucesso da planta.

Sem erros

Os principais erros observados quanto à fertilização em hidroponia estão relacionados ao desbalanço entre os nutrientes na solução e o ajuste inadequado do pH. Todos os macro e micronutrientes devem estar em quantidades compatíveis com a espécie cultivada, sendo a ordem de exigência de nutrientes variável conforme a espécie, ou mesmo a cultivar.

Portanto, é necessário conhecer a relação entre os nutrientes exigidos, pois a aplicação de uma maior dose do cátion monovalente potássio, por exemplo, pode reduzir a absorção do cátion bivalente cálcio, por efeito de maior concentração, o que pode induzir à deficiência de cálcio nas plantas. Dessa forma, observa-se que, por vezes, o nutriente está na solução, mas por efeito de competição com outro nutriente, a planta não consegue absorvê-lo.

Com relação ao pH, o ajuste entre 5,5 e 6,5 favorece o desenvolvimento radicular e permite que os nutrientes estejam nas formas iônicas que as plantas são capazes de absorver.

É comum, em algumas regiões, o pH da água ser elevado (acima de 6,5), neste caso, os micronutrientes como Cu, Fe, Zn e Mn não estão em formas assimiláveis pelas plantas, portanto, mesmo presente, não serão absorvidos, sendo imprescindível a correção com algum ácido facilmente encontrado no mercado especializado.

A tolerância à concentração de sais na solução nutritiva é variável entre espécies e estádios de desenvolvimento de uma mesma espécie. A característica é controlada geneticamente por vários genes, sendo altamente influenciada por fatores ambientais.

 

Essa matéria completa você encontra na edição de Agosto 2017  da revista Campo & Negócios Hortifrúti. Adquira já a sua para leitura integral.

ARTIGOS RELACIONADOS

Cebola híbrida garante oferta o ano todo

Maria Beatriz Pereira da Silva Graduanda em Agronomia pela UFLA e membro do Núcleo de Estudos em Genética e Melhoramento de Plantas (GEN) mariabeatriz12@gmail.com Nathalia Campos...

Algas marinhas – Uniformidade e aumento de sólidos solúveis totais

  Paulo Cesar de Melo Doutor em Agronomia e professor da Universidade Federal de Lavras pcmelo@dag.ufla.br   Tanto na região de origem quanto em outros locais de clima temperado...

Safra de café em Três Pontas (MG) conta com chuvas de janeiro para garantir qualidade da produção

Segundo previsões da Climatempo, por conta da influência do El Niño, região pode ter chuva acima da média durante o mês O Estado de...

Clonagem do eucalipto proporciona maior produtividade e qualidade da madeira

  O setor florestal brasileiro, ao longo das ultimas três décadas, teve um avanço muito grande em termos de aumento de produtividade florestal. Na década...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!