23.3 C
São Paulo
quarta-feira, julho 6, 2022
- Publicidade -
-Publicidade-
Inicio Revistas Grãos Semente de soja de qualidade é o primeiro passo para o sucesso...

Semente de soja de qualidade é o primeiro passo para o sucesso da safra

 

Ronaldo Teixeira

Sócio diretor ” M. Prado Assessoria em Agronegócios Ltda

ronaldoteixeira@mprado.com.br

Marcelo Silvani

Produtor rural de Uberlândia

 

Semente de soja de qualidade é o primeiro passo - Crédito Shutterstock
Semente de soja de qualidade é o primeiro passo – Crédito Shutterstock

Na safra 2014/15 o Brasil produziu 2,3 milhões de toneladas de sementes de soja, o que representa 63% de todas as sementes produzidas no Brasil, de acordo com a Associação Brasileira de Sementes e Mudas (Abrasem). Do total de sementes de soja, 65% são oriundas de produtores regularizados e 35% têm origem no mercado informal.

Qualidade em sementes

A qualidade da semente de soja é fundamental para o bom desenvolvimento da lavoura, com plantas de elevado desempenho e com potencial produtivo mais elevado, melhor estrutura de produção e sistema radicular mais profundo.

A semente é a base de todo o processo produtivo da safra e da safrinha em área onde se realiza duas safras por ano.

Com a tendência, por parte dos produtores, em cultivar duas safras por ano houve uma grande demanda por variedades com ciclo cada vez mais curto, chegando a até 100 dias onde se cultivava variedades com ciclos que de 150 dias.

Também ocorreu uma grande mudança na época de plantio, que no passado era de 05 de novembro a 15 de dezembro, e hoje começa já no início do período de chuvas, que acontece dentro do mês de outubro. Portanto, o produtor não pode correr o risco de perder o plantio da primeira safra, pois se houver atraso no plantio ou replantio todo o processo pode ser comprometido.

Opções

O produtor pode comprar as sementes de fornecedores certificados pelo MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) ou certificar campos de semente adquirida de fornecedores certificados.

O processo de certificar campos próprios é muito burocrático para o produtor, o que faz com que alguns plantem sementes sem procedência ou certificação, sendo sementes salvas ou adquiridas de terceiros, classificadas como soja grão e, posteriormente, beneficiadas em sua propriedade.

Como saber se a semente é de qualidade

O processo é bem simples, na ocasião da compra da semente. Basta o produtor solicitar o laudo técnico e a autorização que o MAPA fornece para os multiplicadores de sementes.

Para as sementes salvas do produtor com autorização do MAPA o mesmo não pode promover a comercialização com terceiros – nesse caso e só para cultivo próprio, e as sementes sem procedência não são autorizadas para plantio.

Mesmo sendo semente certificada com laudos de germinação,é sempre recomendado que se faça o teste de germinação e vigor das sementes dias antes do inicio do plantio.

Ronaldo Teixeira, sócio diretor da M. Prado Assessoria em Agronegócios Ltda - Crédito Arquivo pessoal
Ronaldo Teixeira, sócio diretor da M. Prado Assessoria em Agronegócios Ltda – Crédito Arquivo pessoal

Manejo dessa semente

Estas sementes devem ser armazenadas em câmaras frias com ambiente regulado, embaladas em sacos de papel próprio para sementes, manuseadas com cuidado no ato de carga, transporte, descarga e abastecimento da plantadeira, tudo para evitar a perda de germinação e vigor da semente.

E, antes de tudo, é recomendado o tratamento da semente com fungicidas e inseticidas para evitar o ataque de insetos e fungos que podem prejudicar o desenvolvimento inicial da planta.

Prejuízos

Com as sementes de má qualidade, primeiro vêm os prejuízos diretos, como baixa produtividade por falta de plantas ou plantas sem vigor, e em segundo lugar prejuízos indiretos, como a disseminação de doenças que podem estar dentro das embalagens (exemplo mofo branco) ou dentro das próprias sementes, como fungos e bactérias,e, em alguns casos, até insetos, como ovos de lagartas e percevejos.

Custos

No caso dos custos, a diferença das variedades é muito grande. Sementes certificadas de soja RR, por exemplo, custam em torno de R$ 4,00 o quilo, utilizando um consumo médio de 60 kg/ha.Assim, temos um custo de semente por hectare na ordem de R$ 240,00.

A semente salva sem procedência tem um custo de R$ 1,20 o quilo, e o consumo de 60 kg/ha por hectare um custo total de R$ 72,00.

Já a sementes de soja Intacta têm o custo médio por quilo em torno de R$ 10,00 e custo por hectare de R$ 600,00, inclusas as despesas de royalties.

Semente de soja de qualidade é o primeiro passo - Crédito Shutterstock
Semente de soja de qualidade é o primeiro passo – Crédito Shutterstock

Essa matéria você encontra na edição de julho da Revista Campo & Negócios Grãos. Adquira o seu exemplar.

 

Inicio Revistas Grãos Semente de soja de qualidade é o primeiro passo para o sucesso...