19.6 C
Uberlândia
segunda-feira, junho 17, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioEventosSenar e CropLife Brasil ampliam treinamento para pulverização

Senar e CropLife Brasil ampliam treinamento para pulverização

Aumentar a oferta de cursos de capacitação profissional para produtores rurais para o uso correto e seguro de defensivos agrícolas. Esse é o objetivo do acordo firmado este ano entre o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e a CropLife Brasil, associação que reúne especialistas, instituições e empresas que atuam na pesquisa e desenvolvimento de tecnologias na área de insumos agrícolas.

“A parceria busca dar apoio não somente aos produtores rurais, mas também às Administrações Regionais do Senar, com a oferta de curso de atualização técnica dos instrutores, o que é importantíssimo para manter a qualidade das capacitações para o uso cada vez mais eficiente e seguro de defensivos agrícolas”, diz o assessor técnico da Diretoria de Formação Profissional e Promoção Social do Senar, Mateus Tavares.

“A proposta é oferecer formação e conhecimento para que as novas normas e legislações, tanto federais como estaduais, sejam atendidas pelo produtor”, afirma Roberto Araújo, líder de Educação e Boas Práticas Agrícolas da CropLife Brasil.

Os treinamentos serão feitos de acordo com as novas legislações no setor agropecuário, como o Decreto 10.833/2021 e a versão atualizada da Norma Regulamentadora 31 (NR 31), que estabelece regras relacionadas à saúde e segurança nas atividades e operações ligadas à agricultura, pecuária, silvicultura e exploração florestal. Entre outros pontos, a nova norma permite o uso de plataformas de ensino a distância (EaD) para a realização de treinamentos, que poderão ser feitos de forma semipresencial.

Instrutores atualizados

A primeira etapa da cooperação, que começa na segunda quinzena de novembro, permitirá a realização de cursos de nivelamento e atualização para 200 instrutores do Senar em todas as suas administrações regionais, de forma a atualizar conteúdos e potencializar a capacidade de realização de aulas práticas presenciais pelo Senar em todos os estados do Brasil.

O conteúdo dos treinamentos vai abordar, entre outros temas, as formas de exposição direta e indireta aos defensivos agrícolas químicos e biológicos; sinais e sintomas de intoxicação e medidas de primeiros socorros; rotulagem e sinalização de segurança; medidas de higiene durante e após o trabalho; uso, limpeza e manutenção de vestimentas de trabalho e equipamentos de proteção individual; uso correto dos equipamentos de aplicação; tecnologia de aplicação e os cuidados para evitar a deriva; e cuidados para o armazenamento e o transporte de defensivos nas fazendas.

Além dos conhecimentos mínimos exigidos na nova NR 31, o treinamento vai cobrir assuntos de grande interesse, como medidas para evitar resíduos nos alimentos, a conservação do meio ambiente e dos polinizadores, o uso de produtos biológicos e conceitos básicos para o manejo integrado de pragas.

Novas legislações federais e estaduais

A parceria entre CropLife e Senar prevê ainda o desenvolvimento de um curso de Educação a Distância (EaD) para que as alterações da nova NR 31 sejam incorporadas ao trabalho no campo. O curso vai beneficiar inicialmente 30 mil alunos por ano e poderá se expandir conforme a demanda. Disponibilizá-lo no início de 2022, de forma semipresencial, é uma das metas do acordo entre as duas entidades.

Além da NR 31, a capacitação permitirá que o Senar possa atender o Decreto 10.833/21, além de normas específicas do Rio Grande do Sul (RS), Goiás (GO) e Tocantins (TO) sobre boas práticas agrícolas, que passaram a exigir o cadastramento e a capacitação dos aplicadores de defensivos agrícolas. De acordo com o Decreto 10.833/21, o registro e a capacitação de aplicadores de defensivos agrícolas químicos e biológicos tornaram-se obrigatórios em todo o território nacional e o prazo máximo estabelecido é até 31 de dezembro de 2026.

“Com a publicação do Decreto, o governo federal amplia essa política pública e fomenta a criação de uma grande rede de colaboração entre o setor público e privado, para proporcionar educação profissionalizante para aplicadores e agricultores em todo país”, diz Araújo.

A CropLife e o Senar estão antecipando-se para ampliar a oferta gratuita de treinamentos de qualidade em todas as regiões agrícolas do país, pois em muitas propriedades rurais a falta de qualificação profissional ainda é um problema recorrente. De acordo com o censo do IBGE de 2017, estima-se que existam cerca de dois milhões de aplicadores de defensivos agrícolas no Brasil.

Ainda de acordo com o IBGE, dentre os agricultores, mais de 80% não recebem assistência técnica e quase 80% não completaram o ensino fundamental. Outra pesquisa, realizada pela CropLife Brasil, revela que apenas 25% dos aplicadores passaram por algum tipo de treinamento formal. “A oportunidade de realizar treinamentos com a metodologia de ensino do Senar é uma ação que amplia o acesso à educação profissionalizante e estimula o aprendizado contínuo”, diz Mateus Tavares.

A pandemia do novo coronavírus, por sua vez, mostrou que a educação digital de qualidade é fundamental para a transmissão de conhecimento. À medida que a conectividade e os serviços de banda larga de internet forem aumentando nas áreas rurais, a oferta e a procura por cursos de formação a distância devem crescer. “As ferramentas de educação digital são inclusivas e democratizam o acesso dos agricultores às novas tecnologias que são lançadas no mercado”, afirma Araújo.

Serviço

Os agricultores e os aplicadores interessados em realizar os treinamentos devem entrar em contato com o Sindicato Rural em sua região ou com as administrações regionais do Senar no seu Estado ou no Distrito Federal.

Sobre a CropLife Brasil

A CropLife Brasil (CLB) é uma associação que reúne especialistas, instituições e empresas que atuam na pesquisa e desenvolvimento de tecnologias em quatro áreas essenciais para a produção agrícola sustentável: germoplasma (mudas e sementes), biotecnologia, defensivos químicos e produtos biológicos. Mais informações no site .

Sobre o Senar O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos, vinculado à Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil. Possui como missão realizar a educação profissional, a assistência técnica e atividades de promoção social contribuindo para um cenário de crescente desenvolvimento da produção sustentável, da competitividade e de avanços sociais no campo. Mais informações no site .

ARTIGOS RELACIONADOS

Soja, milho e feijão agradecem com incremento de produtividade à aplicação de algas

A Acadian Seaplants, líder mundial em pesquisas, cultivo, colheita e extração de algas marinhas, há pouco tempo criou uma divisão específica para o mercado...

Silício reduz a severidade de bacterioses e fungos de solo na cenoura

  Rodrigo Vieira da Silva Engenheiro agrônomo, doutor em Fitopatologia e professor do IF Goiano " CâmpusMorrinhos rodrigo.silva@ifgoiano.edu.br Bruno Eduardo Cardozo de Miranda Engenheiro agrônomo, doutor em Fitopatologia e...

Laboratório do ‘Adjuvantes da Pulverização’ recebe investimentos para certificar funcionalidade de produtos

A não-obrigatoriedade de registro dos órgãos oficiais para adjuvantes de uso agrícola levou o Programa Adjuvantes da Pulverização a investir na ampliação de seu laboratório avançado, instalado na cidade paulista de Jundiaí.

Helicoverpa – Falta de monitoramento aumenta aplicação de defensivos

  Márcio Fernandes Peixoto Professor do Instituto Federal Goiano de Rio Verde marcio.peixoto@yahoo.com.br   A cultura da soja ocupa grande parte das áreas cultivadas no Brasil, e vem se...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!