26.6 C
Uberlândia
sexta-feira, junho 14, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosHortifrútiSilício tem atuação direta na produção de alface

Silício tem atuação direta na produção de alface

Rodrigo Vieira da Silva

Professor, doutor em Fitopatologia e diretor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação do Instituto Federal Goiano – campus Morrinhos

rodrigo.silva@ifgoiano.edu.br

Bruno Eduardo Cardozo de Miranda

Engenheiro agrônomo, doutor e bolsista do IF Goiano ” campus Morrinhos

José Humberto de Ávila Júnior

Engenheiro agrônomo e mestrando do IF Goiano ” campus Morrinhos

Luam Santos

Engenheiro agrônomo

 

Crédito Shutterstock
Crédito Shutterstock

A alface (Lactuca sativa) é a hortaliça folhosa mais popular e consumida no Brasil. É uma espécie que contém energia, proteína, baixo valor calórico, carboidratos, rica em vitaminas e fibra alimentar.

As vitaminas e minerais encontrados na alface incluem cálcio, ferro, magnésio, fósforo, potássio, sódio, zinco, juntamente com vitaminas como a tiamina, riboflavina, niacina, ácido fólico, vitaminas B-6, C, A, E, e K.

A alface do tipo americana, ou simplesmente crespa, é muito utilizada pela indústria de processamento mínimo por tolerar melhor o processamentona rede de “fastfood“ em sanduíches, devido a seu aspecto crocante, sabor e textura. Atualmente, vem sendo cada vez mais consumida também como componente principal em saladas.

Condições para seu desenvolvimento

Considerada uma planta de inverno, trata-se de uma cultura bastante influenciada pelas condições ambientais, sendo as temperaturas de 7ºC à noite e de 23ºC durante o dia ideais para o seu cultivo. Altas temperaturas podem causar queima das bordas e cabeças pouco compactas, enquanto baixas temperaturas causam desenvolvimento retardado das plantas.

Crédito Shutterstock
Crédito Shutterstock

Pós-colheita da alface

Por apresentar um período de vida pós-colheita curto, a alface geralmente é cultivada perto dos grandes centros consumidores, pois não suporta longos períodos de viagens. O cultivo de alface americana entre os meses de maio a agosto apresenta melhor conservação pós-colheita, por ser sua época ideal (inverno), proporcionando maior vida de prateleira.

O melhor estado nutricional das plantas e menor ocorrência de pragas e doenças durante o cultivo estão ligados diretamente ao período pós-colheita de cultivares de alface, uma das dificuldades pela necessidade de armazenamento.

Uma forma de aumentar o tempo pós-colheita está no manejo correto da nutrição mineral. O silício é um elemento pouco conhecido por se tratar de um micronutriente e não ser considerado essencial para as plantas. Ele é encontrado apenas em formas combinadas, como os minerais silicatados e a sílica.

Efeito da adição do silício à alface

Até pouco tempo, o silício (Si) era relegado ao segundo plano na agricultura, por não ser ainda considerado essencial à nutrição das plantas. No entanto, atualmente ele vem se destacando em diversas culturas de expressão econômica em várias partes do mundo, como fundamental em processos fisiológicos, bioquímicos e fitotécnicos, tornando-se, desta forma, um mineral benéfico, de salutar importância, evidenciando a potencialidade de sua utilização na agricultura atual.

O Si pode estimular o crescimento e a produção vegetal, deixando as folhas mais eretas, com diminuição do autossombreamento e do acamamento, conferindo maior rigidez estrutural dos tecidos, proteção contra estresses bióticos (herbivoria por insetos e ataque de fitopatógenos) e abióticos (seca).

Uma forma de aumentar o tempo pós-colheita está no manejo correto da nutrição mineral - Crédito Shutterstock
Uma forma de aumentar o tempo pós-colheita está no manejo correto da nutrição mineral – Crédito Shutterstock

Benefícios

Na cultura da alface o Si promove cabeças mais compactas e folhas externas com menor oxidação, mantendo a coloração verde e aumentando o período pós-colheita. A ação é indireta e tem sido associada ao aumento da eficiência na capacidade fotossintética, redução da transpiração, aumento da resistência mecânica das células, diminuição de acúmulo tóxico de manganês, ferro e alumínio e outros metais pesados, aumento na absorção do fósforo e na resistência a insetos e doenças.

Ainda, o silício confere às plantas benefícios por contribuir para a estruturação da parede celular, aumentando os conteúdos de lignina e hemicelulose, a rigidez da célula de folhas e raízes. Mesmo sem papel metabólico definido, o conjunto dos efeitos indiretos contribui para uma maior produtividade.

Importância do silício na pós-colheita da alface

A importância do Si na pós-colheita da alface americana está diretamente ligada à maior conservação dos tecidos celulares, em função da manutenção da coloração verde por um maior período e diminuição da queima dos bordos da folha.

O Si também proporciona uma melhor formação, com maior circunferência da cabeça da alface, provavelmente pelo incremento na maior taxa fotossintética, aumentando a interceptação de luz e tendo um produto final de melhor qualidade. Os reflexos são aumentoda pós-colheita da alface e, consequentemente, prolongação da vida útil na prateleira.

Essa matéria completa você encontra na edição de novembro 2015  da revista Campo & Negócios Hortifrúti. Adquira já a sua para leitura integral.

ARTIGOS RELACIONADOS

Fosfito é arma poderosa contra cercóspora e ferrugem

Luís Paulo Benetti Mantoan Doutorando em Ciências Biológicas/Fisiologia Vegetal - UNESP-Botucatu Carla Verônica Corrêa cvcorrea1509@gmail.com Doutoranda em Agronomia/Fisiologia Vegetal e Metabolismo Mineral - UNESP-Botucatu Os prejuízos dados pela...

Organominerais – Sustentabilidade e nutrição para o solo

  Dalyse Toledo Castanheira Doutoranda em Fitotecnia " UFLA e membro do Grupo de Estudos em Herbicidas Plantas Daninhas e Alelopatia - GHPD Ademilson de...

Umidade do algodão é importante no momento da colheita

Conab projeta uma das maiores safras do algodão, mas cotonicultor deve estar atento para garantir a qualidade e a lucratividade do produto.

Manejo intenso nas bordas dos laranjais reduz HLB

  Atualmente, o greening é considerado a mais importante doença de citros no mundo. Huanglongbing (HLB ou greening) é causado por uma bactéria (Candidatus Liberibacter...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!