21.2 C
Uberlândia
sexta-feira, julho 19, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioDestaquesSipcam Nichino lançará Plataforma de Bioestimulantes

Sipcam Nichino lançará Plataforma de Bioestimulantes

Conforme a companhia, novo conceito eleva potencial produtivo de lavouras desde o plantio até a colheita

Canavia – Foto: Divulgação

Quatro bioestimulantes da Sipcam Nichino, um deles em lançamento, passam agora a compor uma nova plataforma tecnológica, com recomendações especiais para diversas culturas agrícolas. Segundo a empresa, trata-se de um recurso de alta tecnologia, com objetivo de elevar o potencial produtivo de lavouras do plantio até a colheita. O lançamento da Plataforma de Bioestimulantes da companhia será no mês de maio próximo.

Três produtos da plataforma já são comercializados individualmente no Brasil e aplicados com sucesso, há alguns anos, em dezenas de culturas. São eles Abyss®, Blackjak® e Nutex® Premium. A esse portfólio se somará, também em maio, a marca Stilo® Verde.

“A área de Pesquisa & Desenvolvimento da empresa, com apoio de consultores, estudou a fundo a aplicação alternada, sequencial ou complementar, envolvendo os quatro produtos da plataforma, nas diferentes fases vegetativas dos cultivos”, resume o engenheiro agrônomo Fabiano Meyer, da Sipcam Nichino, especialista em desenvolvimento de mercado e produtos bioestimulantes e herbicidas.

“Do ponto de vista geral, a Plataforma de Bioestimulantes reduz o estresse de plantas frente a condições climáticas adversas. Ativa também sistemas de defesa dos cultivos, aumenta a absorção de nutrientes e água pelas lavouras e fomenta o aumento da produtividade e da rentabilidade das propriedades”, continua ele.

Grãos e cana-de-açúcar

Conforme Fabiano Meyer, em todos os cultivos pesquisados a campo ocorreu elevado desenvolvimento radicular, melhora na arquitetura e no desenvolvimento da parte aérea de plantas, maior fixação de vagens e frutos e também o estabelecimento de lavouras mais sadias.

“Especificamente na soja, houve aumento do número de vagens e colheita de grãos mais pesados. No milho, além da robustez de grãos, as espigas superaram o tamanho do tratamento padrão. Nas áreas de cana, apuramos maior desenvolvimento da parte aérea da planta e ganhos no indicador TCH (toneladas de cana por hectare). Na cafeicultura foram obtidos grãos mais pesados e registros de maior fixação de frutos”, exemplifica Meyer.

O agrônomo da Sipcam Nichino enfatiza, ainda, que todos os produtos da Plataforma de Bioestimulantes mostraram, nos estudos a campo, sinergia e compatibilidade com outros insumos de matriz química, como fungicidas empregados no controle de importantes doenças.

Criada em 1979, a Sipcam Nichino resulta da união entre a italiana Sipcam, fundada em 1946, especialista em agroquímicos pós-patentes e a japonesa Nihon Nohyaku (Nichino). A Nichino tornou-se a primeira companhia de agroquímicos do Japão, em 1928, e desde sua chegada ao mercado atua centrada na inovação e no desenvolvimento de novas moléculas para proteção de cultivos.

ARTIGOS RELACIONADOS

Nutrisafra – De mãos dadas com o homem do campo

Para Heitor Takahashi, gerente técnico da Nutrisafra, a Hortitec deste ano esteve bem movimentada, com excelência em público e em expositores. “Encontramos muitas pessoas...

Algas marinhas aumentam ºBrix e reduzem queda de frutos e flores

Nilva Teresinha Teixeira Engenheira agrônoma, doutora em Solos e Nutrição de Plantas e professora do Curso de Engenharia Agronômica do Centro Regional Universitário de...

BIOENERGY® EM CANA SUPERANDO OS ESTRESSES AMBIENTAIS

Renato Passos Brandão Gerente Especialista em Nutrição de Plantas Rafael Bianco Roxo Rodrigues Gerente Técnico de São Paulo e Sul de Minas O Brasil é o maior produtor...

Cultura com bioestimulante e controle de invasoras: redução da fitotoxicidade e melhorias

Estudos conduzidos por instituto do Rio Grande do Sul, durante duas safras, revelam números robustos relacionados a estandes de plantas e produtividade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!