Soluções biológicas para combater desperdício pós-colheita

0
20
Divulgação

A Novozymes, companhia líder em biotecnologia, e a AgroFresh, líder global em soluções inovadoras pós-colheita, estão formando uma parceria para pesquisa e comercialização relacionadas ao desenvolvimento de soluções biológicas que podem melhorar a qualidade dos alimentos depois da colheita e reduzir o desperdício combatendo patógenos fúngicos. Os produtos resultantes, que serão desenvolvidos para aplicações pós-colheita, beneficiarão produtores, varejistas e consumidores, assim como o meio ambiente.

“Este é um empreendimento bastante empolgante em uma área inovadora para a Novozymes – com a intenção de satisfazer uma demanda crescente do consumidor por frutas e legumes com menor perda de alimentos e menor impacto ao meio ambiente,” diz Thomas Stenfeldt Batchelor, Vice-Presidente de Marketing & Estratégias Agrícolas. “Com grande sinergia, que inclui a experiência da Novozymes como precursora em bioinovação e a capacidade de P&D e conhecimento em aplicações da AgroFresh, exploraremos o desenvolvimento de soluções pós-colheita viáveis e sustentáveis para igualmente aliviar problemas significantes da cadeia de suprimento.”

“A AgroFresh e a Novozymes compartilham missões muito similares com relação a sustentabilidade e introdução de tecnologias diferenciadas para o tratamento de necessidades não satisfeitas ao longo da cadeia alimentar,” diz Duncan Aust, Diretor Chefe de Tecnologia da AgroFresh.  “Estamos empolgados com a parceria com a Novozymes para o lançamento do uso de soluções biológicas no setor de pós-colheita para redução da perda de alimentos e para ajudar na melhoria da qualidade de nosso sistema alimentar em geral.”

Cerca de um terço do alimento produzido é perdido ou desperdiçado antes mesmo que ele chegue ao consumidor, sendo frutas e legumes os responsáveis por mais da metade deste volume. Assim que as culturas são colhidas e retiradas de seus ambientes de produção, elas começam a perder qualidade e, ocasionalmente, deterioram. Frutas, legumes e flores, são particularmente vulneráveis ao ataque microbiano e subsequente perda durante seu estágio pós-colheita, o que inclui, resfriamento, limpeza, triagem e embalagem.

Sinergia perfeita

A Novozymes e a AgroFresh adiantam que o desenvolvimento de novos bioprodutos será acelerado com a combinação de biotecnologia avançada da Novozymes e experiência científica profunda em soluções pós-colheita, pegada comercial global e portfólio inigualável de soluções integradas para ajudar na manutenção do frescor e da qualidade de frutas, legumes e flores.

Potencial para enfrentar crescentes desafios

Com a demanda global crescente da indústria agrícola a partir das perspectivas do consumidor, econômica e ambiental, a parceria tem potencial para criar produtos sustentáveis.

“A parceria com a AgroFresh nos traz oportunidade para expandir nossas ofertas BioAg ao setor de pós-colheita justamente em um momento em que produtores de frutas e legumes enfrentam seus maiores desafios de todos os tempos,” adiciona Thomas Stenfeldt Batchelor da Novozymes. 

“Estamos empolgados com a combinação de uma indústria única e conhecimento em tecnologia com experiência científica oferecidos por ambas organizações no desenvolvimento de soluções inovadoras e sustentáveis para o controle da degradação fúngica na pós-colheita de frutas, legumes e flores, com a meta compartilhada de reduzir a perda de alimentos, melhorando a qualidade e aumentando a pegada sustentável geral das indústrias que coletivamente atendemos,” conclui Duncan Aust da AgroFresh.