18.6 C
Uberlândia
quarta-feira, junho 12, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioMercadoStartup brasileira consolida-se no mercado nacional e internacional de extração sustentável da...

Startup brasileira consolida-se no mercado nacional e internacional de extração sustentável da alga Lithothamnium

Lithothanium in naturaA Oceana Brasil, startup 100% brasileira, é uma das principais e mais bem estruturadas empresas de extração sustentável e beneficiamento da alga marinha Lithothamnium no mundo. Com atuação nos mercados interno e externo, seus produtos são exportados para diversos países da Europa, América Central, EUA e Ásia e sua produção anual é de 40 mil toneladas. A atividade industrial da Oceana é ecologicamente correta, não causa impacto ao meio ambiente e preserva as características únicas de sua jazida. A empresa emprega recursos de alta tecnologia e não utiliza nenhum composto químico em todo o ciclo produtivo, que é livre de qualquer contato humano.

Localizada na Plataforma Continental do Maranhão, na altura da cidade de Tutoia, a jazida de concessão da Oceana Brasil apresenta ambiente perfeito e único no mundo. Por situar-se em uma região de correntes marítimas e incidência solar excepcionais, as algas recebem maior luminosidade (maior fotossíntese), corrente marítima e salinidade. Essas características formam algas mais puras, reativas e com mais nutrientes. Com 11 mil metros quadrados de área, a capacidade de produção anual de Lithothamnium é de 150 mil toneladas, podendo ser expandida conforme a demanda do mercado.

Os produtos da Oceana trazem o selo Certificado Orgânico do IBD ” Associação de Certificação Instituto Biodinâmico, o que garantem sua qualidade nos mercados interno e externos – Mercado Comum Europeu e USA. Possui ainda, todas as licenças ambientais e de operações do IBAMA, SEMA/Maranhão, ICM-BIO e BPF/MAPA. Todo processo produtivo da empresa está em conformidade com os princípios estabelecidos por órgãos reguladores nacionais e internacionais, como Anvisa brasileira, FDA estadunidense e EMA europeia, entre outros órgãos regionais e internacionais. Atualmente, o GMP Plus está sendo implementado. Auditorias Federais como MAPA e DNPM são constantes nas operações de extração e garantem a procedência dos produtos obtidos de maneira sustentável. Cada lote de produto extraído também é submetido a análises, em média uma vez por mês, para validar sua eficácia.

A Oceana, via parceiros estratégicos, mantém estreita colaboração com instituições de pesquisas na Europa, entre elas a Wageningen University e a Agro Research International, referências mundiais em pesquisa. No Brasil, a empresa trabalha com a Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz“ (ESALQ), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e a Universidade Federal de Goiás (UFG), entre outras, para certificação da eficácia de seus produtos.

Em 2016, a Oceana Brasil firmou acordo de cooperação e distribuição com a holandesa Jadis Additiva, uma das maiores empresas distribuidoras de ingredientes da Europa. “O objetivo dessa parceria é fortalecer as vendas em países daquela região e desenvolver novos produtos. A perspectiva é de que essa união resulte em negócios na ordem de cinco milhões de euros em três anos“, afirma Daniel Frasson, presidente da Oceana.

Para manter o equilíbrio ambiental da região da jazida e garantir a qualidade de seus produtos, a Oceana trabalha e investe em pesquisas e tecnologia de ponta e no controle e monitoramento da vida biológica. Extrai a alga já calcificada e sedimentada em uma plataforma continental separada da parte da jazida que contem algas vivas, mantendo assim, o equilíbrio ambiental.

A Oceana também atua junto à comunidade com os mesmos objetivos, investindo em programas de educação, treinamento, capacitação e benefícios socioambientais. Tem ainda como propósito contribuir para o desenvolvimento econômico sustentável de Tutoia e seu entorno, realizando ações para alcançar esse objetivo.

 

Produtos

 

Nutrição Vegetal – A linha Algen, material com origem 100% biológica, destina-se à nutrição vegetal e fertilização do solo. É composta por produtos em pó, granulado e líquido, visando facilitar sua aplicação. Usados como fertilizante orgânico na agricultura, apresentam comprovados benefícios. Rico em Cálcio, Magnésio e aminoácidos, fornece nutrientes de imediata disponibilidade, melhorando rapidamente as condições físicas e químicas do solo, potencializando a absorção de NPK e aumentando o enraizamento e a produtividade.

 

Nutrição Animal – A linha Lithonutri, é indicada para alimentação de todas as espécies animais e também apresenta inúmeros benefícios. No gado de corte e leite, permite melhor digestão das fibras, equilíbrio do pH ruminal, aumento dos teores de sódio no leite e propicia o ganho de peso, entre outros. Nas aves de postura, benefícios como aumento na produção de ovos e melhor espessura da casca estão entre os benefícios de sua utilização. Nos equinos, há redução das lesões e articulações, além de rápida reposição de cálcio em animais de lida e competições.

 

 

Sobre o Lithothamnium

Alga marinha calcária, conhecida há mais de 200 anos, o Lithothamnium vem sendo explorado nos últimos 30 anos por países da Europa e Ásia, para oferecer nutrição animal, vegetal e humana. Produto nobre, possui alta reatividade e é rico em mais de 40 nutrientes minerais e orgânicos, altamente solúveis e naturalmente equilibrados pelo meio ambiente. De acordo com comprovadas análises de importantes instituições de pesquisa, são capazes de aumentar a produtividade agrícola em até 50%. Os procedimentos industriais adotados pela Oceana Brasil preservam intactas todas as propriedades físicas, nutricionais, orgânicas e biológicas da Algae Lithothamnium.

ARTIGOS RELACIONADOS

Influência dos ácidos húmicos e fúlvicos na produtividade do alho

Mara Lúcia Martins Magela Doutoranda em Agronomia " Universidade Federal de Uberlândia (UFU) Regina Maria Quintão Lana Doutora e professora de Fertilidade do solo e...

Os ácidos húmicos e seus efeitos sobre as florestas

Nilva Teresinha Teixeira Engenheira agrônoma, doutora em Solos e Nutrição de Plantas e professora do Curso de Engenharia Agronômica do Centro Regional Universitário de Espírito...

Aminoácidos garantem melhor produção sob estresse

  Rodrigo da Silveira Campos Analista em Pós-colheita de Frutas e Hortaliças da Embrapa Agroindústria de Alimentos rodrigo.silveira@embrapa.br Existem várias linhas de pesquisa que procuram elucidar como...

Milho é muito mais do que zinco

Maickon Fernando Ribeiro Balator Coordenador Agronômico da Biosoja Raphael Bianco Roxo Lima Rodrigues Assistente Técnico de Vendas da Biosoja Renato Passos Brandão Gestor Agronômico da Biosoja O milho é o...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!