Syngenta inaugura estrutura global de negócios para fortalecer investimento em tecnologias e serviços digitais

0
156
Tecnologia na palma da mão – Crédito shutterstock

Altamente representativo quando o assunto é produção e exportação de alimentos, o Brasil é o primeiro país da Syngenta a implementar a nova estrutura global de negócios da empresa, que agrega modernas tecnologias e serviços para a gestão de lavouras: a Syngenta Digital. Ativa a partir de hoje, 16 de junho, a nova frente congrega e fortalece as soluções digitais da companhia. Neste processo, a Strider, agtech adquirida em 2018 pela Syngenta, será incorporada definitivamente.

Denominada de Cropwise, a nova plataforma de produtos amplia o acesso por parte de pequenos e médios produtores às mais inteligentes e modernas ferramentas de gestão e monitoramento do plantio, que já são utilizadas por mais de 2.500 produtores brasileiros, presentes em 4,5 milhões de hectares. Atualmente, as soluções abrangem plantações de soja, milho, café, algodão e FLV (frutas, legumes e verduras), com possibilidade de expansão para novas culturas.

“As tecnologias e serviços digitais são parte indissociável do DNA da Syngenta que, ao longo dos anos, tem investido fortemente na expansão de soluções cada vez mais inteligentes e orientadas para as distintas necessidades de agricultores ao redor do mundo. Como evolução desta jornada estruturamos, por meio da Syngenta Digital, um novo pilar para acelerar a inovação, por meio da integração de iniciativas digitais globais e da transformação de tecnologias complexas em soluções de fácil utilização. Dessa forma, damos mais um importante passo no que toca a modernidade e a sustentabilidade da agricultura”, afirma Greg Meyers, Head Global de Agricultura Digital na Syngenta.

Nos últimos anos, a Syngenta conduziu diversas aquisições globais no segmento digital, que atendiam especificamente às geografias onde haviam surgido. Por meio da criação da Syngenta Digital, será possível integrar essas diferentes soluções na plataforma Cropwise, em benefício dos agricultores de diversas partes do mundo. Com este foco de agregar contínuo valor ao campo, a empresa seguirá buscando parcerias que se somem à plataforma recém-criada.

Neste processo, todos os profissionais da Strider foram incorporados à Syngenta Digital, que mantém a expertise e o relacionamento construído durante anos com diversos produtores de todo o Brasil. “Faremos, inclusive, novas contratações para a unidade de Belo Horizonte, onde nasceu a agtech, precisamente porque o nosso objetivo é fortalecer e expandir a frente de soluções digitais no Brasil”, acrescenta André Savino, Diretor de Marketing da Syngenta no Brasil.

Cropwise
O portfólio de tecnologias e serviços da Syngenta Digital passa a ser chamado de Cropwise, e tem como objetivo levar ao agricultor soluções mais modernas e eficazes, para que possam acompanhar e gerir lavouras de modo cada vez mais inteligente. O portfólio também possibilita acesso simplificado às ferramentas para os pequenos e médios produtores.

“A meta da Cropwise é lançar novas funcionalidades a cada mês ao longo de 2020, focando em interfaces mais amistosas, integração de tecnologias e ambientes de navegação simplificados, onde o produtor acessa todas as informações necessárias para gerir a lavoura com apenas poucos toques”, revela Savino. “Estamos trabalhando em soluções para serem utilizadas também em pequenas e médias propriedades, que poderão se basear em dados para aumentar a produtividade, gerando alto impacto no combate sustentável às pragas e doenças”, completa.

Cropwise estreia com duas linhas principais de produtos: o Cropwise Protector e o Cropwise Imagery .

1- Cropwise Protector: desenvolvida a partir das necessidades e desafios do agricultor brasileiro, o Protector monitora mais de 4 milhões de hectares, em mais de 3 mil propriedades de diversas culturas. Sua nova versão incorpora inúmeras melhorias, que resultaram em processos e diagnósticos mais ágeis e simplificados, viabilizando um mapeamento completo da lavoura. A atualização integra inteligência artificial e machine learning, o que torna os dados mais precisos e detalhados. A interface, por sua vez, foi modificada para facilitar o acesso às informações, entregando novas funcionalidades. As análises, mapas e gráficos são gerados com base no monitoramento digital e permitem que o produtor aja com rapidez e precisão sobre os indicadores e eventos que trazem risco à lavoura.

2- Cropwise Imagery: é a evolução do sensoriamento remoto por satélite da Syngenta. Com nova roupagem e ainda mais precisão, está totalmente integrado ao Cropwise Protector.

Outra frente de tecnologia que está sendo desenvolvida pela Syngenta Digital diz respeito à contagem de estande, utilizando a inteligência artificial para deixar o processo de coleta de dados no campo mais simples, ao realizar automaticamente o reconhecimento e a contagem das plantas a partir da análise das fotos da lavoura. Este processo conta com maior precisão nas avaliações, além de dispensar a apuração manual, gerando menos desgaste às equipes de campo.

De acordo com Savino, um dos principais atributos da Syngenta Digital e de seu portfólio Cropwise é o fortalecimento da parceria com o agricultor, base fundamental para todos os negócios da empresa. “A agricultura não se faz sozinha. Desde a sua fundação, a Syngenta se une à grande comunidade do campo para colocar-se no protagonismo da evolução do digital no agronegócio. A agricultura digital só é possível por meio de alianças de confiança, que construímos dia a dia, acompanhando o produtor em todas as etapas e necessidades inerentes à sua jornada. Esta nova fase simboliza a união com agricultores, revendas, cooperativas, parceiros e colaboradores, sem os quais não é possível trilhar os novos caminhos necessários para o desenvolvimento sustentável da prática agrícola”, sublinha.