20.2 C
Uberlândia
terça-feira, julho 16, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioMercadoSyngenta oferece soluções para o manejo de roedores em instalações rurais

Syngenta oferece soluções para o manejo de roedores em instalações rurais

Perdas ocasionadas pela infestação podem colocar a produtividade de variadas atividades no campo em risco

 

prejuizos-causados-por-roedoresMonitorar e controlar a infestação de roedores em instalações rurais a partir de um manejo integrado devem ser ações de primeira ordem para as atividades de avicultura, suinocultura, pecuária leiteira, entre outras. Responsável por até 70% de perdas no setor hortifrutigranjeiro, os roedores são capazes de consumir cerca de 10% do seu peso por dia, perturbar animais, além de possuir alto potencial de transmissão de graves doenças, como leptospirose, hantavirose e salmoneloses. A partir de produtos com efetividade testada e comprovada, a Syngenta atua como parceira de produtores no manejo integrado de roedores em instalações rurais.

O portfólio da empresa contempla os produtos das linhas Klerat e Talon. Tratam-se de produtos de alta atratividade em campo e formulados com um princípio ativo que, a partir de pesquisas e estudos in loco, se confirmou como o mais efetivo do mercado. Além disso, como esses produtos não possuem ação imediata ” atuam dentro de 3 a 7 dias após a ingestão da dose letal – os roedores não associam o consumo da isca ao controle de indivíduos, o que permite que os demais continuem consumindo o raticida.

“Quando se trata do manejo de roedores, a principal característica a ser considerada para uma ação mais efetiva é a atratividade da isca“, afirma Renato Santos, Gerente de Marketing da divisão de Lawn & Garden da Syngenta. “Contudo, é importante ter em mente a importância do manejo integrado, que soma a aplicação de iscas raticidas com outras ações, como remoção de abrigos e alimentos que possam atrair roedores, a constante limpeza e organização do local, bem com o bloqueio de acesso e monitoramento“, conclui Renato.

 

ARTIGOS RELACIONADOS

Feacoop fatura mais de R$600 milhões

A Feira de Agronegócios Coopercitrus reuniu 160 expositores, em 104 mil m² e, um público de mais de 10 mil pessoas, que conheceram as...

Manejo nutricional na cultura da batata – Parte II

  Emanuel Alexandre Coutinho Pereira Consultor de Vendas da Agrozap para HF Renato Passos Brandão Gestor Agronômico da Bio Soja Conforme comentado no artigo anterior, a batata é uma...

Pragas e doenças da bananicultura

Wilson da Silva Moraes Engenheiro agrônomo, doutor em Fitopatologia e pesquisador da APTA wilson@apta.sp.gov.br   Bananeiras são alvos constantes dos microrganismos fitopatogênicos que interferem em diferentes processos fisiológicos...

Koppert mostra seu portfólio para controle biológico em HF

A Koppert estará entre os mais de 400 expositores da Hortitec, e levará seu portfólio para controle biológico de pragas em culturas de hortifrúti...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!