28.7 C
Uberlândia
sábado, fevereiro 24, 2024
- Publicidade -
TagsEnergia elétrica

Tag: Energia elétrica

5 motivos para fazer do reflorestamento a sua causa

Além de contribuir com a economia local, plantio acarreta em benefícios como redução de CO2

Irrigação localizada ajuda a reduzir custos com energia elétrica

Leia o artigo de um Especialista Agronômico da Netafim.

Tecnologia faz agroindústria reduzir o consumo

De acordo com a Normativa Nº 414, da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a multa é aplicada para empresas cujo fator de potência no consumo de energia esteja abaixo de 92%.

Acompanhe

3,630FãsCurtir
23,676SeguidoresSeguir
1,540InscritosInscrever

AGENDA DE EVENTOS

28º Show Tecnológico Copercampos

27 a 29 de fevereiro, em Campos Novos (SC).

COPLACAMPO 2024 chega à décima edição 

26 de fevereiro a 1º de março, em Piracicaba (SP).

Expodireto Cotrijal

De 04 a 08 de março, em Não Me Toque (RS).

Femagri

De 20 a 22 de março, em Guaxupé (MG).

Tecnofam 2024

De 16 a 18 de abril, no Parque de Exposições de Dourados (MT).

TEMPO

Uberlândia
nuvens quebradas
28.7 ° C
28.7 °
28.7 °
56 %
2.8kmh
60 %
sáb
28 °
dom
30 °
seg
30 °
ter
30 °
qua
32 °

ARTIGOS MAIS LIDOS

Abacate: Condução do plantio à colheita

O potencial produtivo da cultura do abacate cresceu e ainda cresce, batendo recordes a cada safra. Um dos motivos para tamanha expansão é o aumento no consumo devido às propriedades nutricionais cientificamente comprovada.

Folhas enrugadas em citros: o que fazer?

Folhas enrugadas em pomares de limão podem ser resultantes do ataque de pulgões, larva-minadora ou deficiência mineral.

Controle das pragas e doenças do abacateiro

As principais pragas do abacateiro são: broca ou lagarta-do-fruto (Stenoma catenifer), principal praga no Brasil; bicudo do abacateiro (Heilipus catagraphus; Heilus spp.) e carunchos (coleobrocas), lagartas, ácaros (Oligonychus yothersi; Oligonychus persea), tripes, percevejos e formigas.

Pragas e doenças do mamoeiro

O desenvolvimento das pragas e doenças no mamoeiro ocorre em decorrência da interação do ambiente (clima, temperatura e umidade); do hospedeiro (mamoeiro), do patógeno (fungos, vírus, bactérias) e do homem (mudas infestadas e práticas culturais).