25.9 C
Uberlândia
sábado, fevereiro 24, 2024
- Publicidade -
TagsPimenta-do-reino

Tag: Pimenta-do-reino

Pimenta-do-reino: cultivo é crescente no Brasil

A pimenta-do-reino, uma das especiarias mais antigas conhecidas, por ser uma planta de origem tropical, encontrou no Brasil condições ideais para o seu desenvolvimento e tem ganhado o gosto dos produtores brasileiros.

Brasil cresce como fornecedor de pimenta

O País é o segundo maior fornecedor internacional de pimenta-do-reino, atrás ...

Gliricídia na pimenta-do-reino

Deixar de derrubar árvores e passar a plantar é a transformação que vem acontecendo nas lavouras ...

Influência da textura do solo no cultivo

A pimenta-do-reino (Piper nigrum L.) é uma planta da família das piperáceas, e que por ...

Pimenta: O tempero do Brasil

A pimenta é uma planta tipicamente tropical, adaptando-se a uma alta diversidade microclimática e, consequentemente, às várias regiões brasileiras. A área cultivada anualmente gira entre 5.000 e 6.500 ha, com produção em torno de 75 mil toneladas.

Os números estatísticos da safra de pimenta

Autora Raíra Andrade Pelvine Engenheira agrônoma e doutoranda em Agronomia/Horticultura, Unesp/Botucatu raira_andpelvine@hotmail.com O mercado para as pimentas é muito segmentado e diverso, devido à grande...

Extratos naturais – As pragas que se cuidem

A produção orgânica de alimentos vem crescendo em nosso País, assim como em todo o planeta. Em 2016, de acordo com o Ministério de Agricultura e Abastecimento (MAPA), o número de unidades produtivas no Brasil aumentou cerca de 30%, relativo a 2015. Os registros de cadastro do Mapa mostram (ao final de dezembro de 2017) 17.251 produtores orgânicos certificados em nosso País.

Pimenta-do-reino – O ouro negro

O gênero Piper apresenta mais de 1.000 espécies, distribuídas pelas regiões tropicais e subtropicais do mundo. No entanto, a principal espécie explorada economicamente é a Piper nigrum L. (pimenta-do-reino) originária da Índia.

Como produzir mudas de gliricí­dia por estacas

Mayara dos Santos Rocha Engenheira agrônoma, mestranda em Fitotecnia - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) João Batista Ciriaco Leandro Miranda de Almeida Professores de Agronomia...

Pimenta dedo-de-moça – Picância e rentabilidade na medida certa

  Talita de Santana Matos Pós-doutoranda PPG em Agronomia/Ciência do Solo " Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) talitasmatos@gmail.com Elisamara Caldeira do Nascimento Pós-doutoranda PPG em Agricultura...

Acompanhe

3,630FãsCurtir
23,683SeguidoresSeguir
1,540InscritosInscrever

AGENDA DE EVENTOS

28º Show Tecnológico Copercampos

27 a 29 de fevereiro, em Campos Novos (SC).

COPLACAMPO 2024 chega à décima edição 

26 de fevereiro a 1º de março, em Piracicaba (SP).

Expodireto Cotrijal

De 04 a 08 de março, em Não Me Toque (RS).

Femagri

De 20 a 22 de março, em Guaxupé (MG).

Tecnofam 2024

De 16 a 18 de abril, no Parque de Exposições de Dourados (MT).

TEMPO

Uberlândia
nuvens quebradas
25.9 ° C
25.9 °
25.9 °
72 %
0.9kmh
73 %
dom
30 °
seg
30 °
ter
30 °
qua
32 °
qui
26 °

ARTIGOS MAIS LIDOS

Abacate: Condução do plantio à colheita

O potencial produtivo da cultura do abacate cresceu e ainda cresce, batendo recordes a cada safra. Um dos motivos para tamanha expansão é o aumento no consumo devido às propriedades nutricionais cientificamente comprovada.

Folhas enrugadas em citros: o que fazer?

Folhas enrugadas em pomares de limão podem ser resultantes do ataque de pulgões, larva-minadora ou deficiência mineral.

Controle das pragas e doenças do abacateiro

As principais pragas do abacateiro são: broca ou lagarta-do-fruto (Stenoma catenifer), principal praga no Brasil; bicudo do abacateiro (Heilipus catagraphus; Heilus spp.) e carunchos (coleobrocas), lagartas, ácaros (Oligonychus yothersi; Oligonychus persea), tripes, percevejos e formigas.

Pragas e doenças do mamoeiro

O desenvolvimento das pragas e doenças no mamoeiro ocorre em decorrência da interação do ambiente (clima, temperatura e umidade); do hospedeiro (mamoeiro), do patógeno (fungos, vírus, bactérias) e do homem (mudas infestadas e práticas culturais).