27.3 C
Uberlândia
sexta-feira, julho 19, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosGrãosTecnologia Powercoreâ„¢ proporciona aos produtores resultados acima da média nacional

Tecnologia Powercoreâ„¢ proporciona aos produtores resultados acima da média nacional

 

Crédito Shutterstock
Crédito Shutterstock

Com objetivo de demonstrar ao campo o alto potencial produtivo de seus novos híbridos de milho, a Dow Sementes desenvolveu um programa de incentivo que visou premiar os Líderes de Produtividade de milho do verão 2014 e safrinha 2015 nas regiões centro-oeste, sul, sudeste e nordeste.

A iniciativa, que apresentou altos tetos produtivos comparados à média nacional para as respectivas épocas, premiou os dez produtores que alcançaram o maior desempenho por safra e por região com o plantio de Sementes de milho Powercoreâ„¢, tecnologia inovadora para o controle das principais pragas desta cultura.

No total, o Programa Líderes de Produtividade Dow Sementes contou com a inscrição de 102 produtores rurais das quatro macrorregiões do país, que foram avaliados por meio do acompanhamento da produtividade da lavoura, do plantio à colheita, realizado pelos representantes da Dow Sementes.

No Paraná e em Minas Gerais, durante a safra verão 2014/15, as produtividades alcançaram 269,25 sc/ha e 247,70 sc/ha, respectivamente, sucesso este que se deveu basicamente a três fatores: tecnologia investida pelos agricultores, tecnologia Powercoreâ„¢ e Genética Dow Sementes, resultando em produtividade 3,3 vezes maior que a média nacional (CONAB: 81,88sc/ha).

Os resultados também foram comprovados nas colheitas do milho safrinha 2015 nas regiões sul, sudeste e centro-oeste, que alcançaram uma produtividade de até 222 hectares/ha, 2,3 vezes maior que o teto nacional, que é de 94,71 sc/ha.

Sobre a tecnologia Powercoreâ„¢

 

Com múltiplos modos de ação, Powercoreâ„¢ alia o controle de algumas das principais pragas do milho à tolerância a dois tipos de herbicida, o glifosato e o glufosinato. Entre as pragas recorrentes, destacam-se lagarta-do-cartucho (Spodopterafrugiperda), broca-do-colmo (Diatraeasaccharalis), lagarta-da-espiga (Helicoverpazea), lagarta-elasmo (Elasmopalpuslignosellus) e lagarta-rosca (Agrotisipsilon).

Essa matéria você encontra na edição de novembro 2015 da revista Campo & Negócios Grãos. Adquira já a sua.

 

ARTIGOS RELACIONADOS

Helm do Brasil marca presença no Congresso ANDAV

A Helm do Brasil, empresa do setor químico, participou do IX Congresso ANDAV – Fórum & Exposição. Trata-se do maior evento de distribuição de insumos agropecuários...

Corteva lança tecnologia Powercore Ultra

Semente biotecnológica vem com quatro proteínas para auxiliar no combate de lagartas e outras duas que conferem tolerância a herbicidas A Corteva AgriscienceTM lança hoje...

Silício aumenta a vida útil da cebola

  Carla Verônica Corrêa Doutoranda em Ciências Agronômicas pela UNESP " Botucatu cvcorrea1509@gmail.com Luís Paulo Benetti Mantoan Doutorando em Ciências Biológicas pela UNESP " Botucatu luismantoan@gmail.com Nos últimos anos a aplicação...

Semente de soja de qualidade é o primeiro passo para o sucesso da safra

  Ronaldo Teixeira Sócio diretor " M. Prado Assessoria em Agronegócios Ltda ronaldoteixeira@mprado.com.br Marcelo Silvani Produtor rural de Uberlândia   Na safra 2014/15 o Brasil produziu 2,3 milhões de toneladas de...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!