19 C
Uberlândia
segunda-feira, julho 15, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosHortifrútiTermotécnica mostra tendências para mercado de HF

Termotécnica mostra tendências para mercado de HF

 

Esta será a terceira edição que a Termotécnica expõe suas soluções DaColheita na Hortitec. “O evento é uma grande vitrine para apresentarmos as novidades ao setor de agronegócio. A feira consegue reunir um público qualificado, que está sempre à procura de inovações para agregar vantagens ao seu negócio. A Termotécnica também apresentará tendências que podem ser conferidas durante a feira, que é um ótimo espaço para relacionamento com potenciais clientes e parceiros“, avalia Nivaldo Fernandes de Oliveira, diretor superintendente da Termotécnica.

 

Linha de produtos

 

Linha de conservadoras DaColheita ” soluções que desempenham papel fundamental ao acondicionar e transportar frutas, legumes e verduras (FLVs). Por ser produzida em EPS (isopor®), com tecnologia e design patenteados, amplia o shelflife, proporciona menor perda de peso pela desidratação e mantém o teor vitamínico das FLVs por mais tempo, além de proteger contra impactos no transporte. O portfólio conta com modelos específicos que acomodam diversos tipos de culturas, tais como uva, figo, manga, frutas de caroço, morango, mamão, folhosas, entre outros.

Base de Movimentação Logística (Upally®) – pallet fabricado por EPS, o Upally® chega ao consumidor com vantagens como a leveza (cerca de até 90% mais leve que a madeira), não-proliferação de fungos e bactérias e facilidade de higienização. Integrado às conservadoras DaColheita, o Upally® proporciona até 30% de redução no custo de frete aéreo. Estes fatores geram grandes benefícios na aplicação nas áreas de FLV, farmacêuticas, de alimentos e câmara fria. Com alta reciclabilidade, é um produto que favorece a sustentabilidade – reduz o consumo de combustível no transporte, diminuindo a emissão de CO2 na atmosfera.

Base Universal para Substrato DaColheita ” consiste em um sistema modular de suporte em EPS (isopor®) para uso em cultivos hidropônico de FLV. A inovação foi desenvolvida, testada e homologada em parceria com o Centro de Tecnologia e Treinamento EACEA, de Cunha (SP). O produto traz inovações nos quesitos produtividade, qualidade do cultivo, versatilidade e sustentabilidade. Entre suas vantagens estão a leveza, a fácil montagem, a ergonomia na produção e o isolamento térmico. A base possui canais de drenagem que permitem coletar a solução nutritiva drenada e reutilizá-la, gerando economia em adubação e água. O estudo técnico realizado entre a Termotécnica e a EACEA apontou economia estimada em 10% do custo total da produção.

 

Novidade

 

A novidade da empresa será o lançamento da campanha “98% ar e muita tecnologia!“. A iniciativa da Termotécnica pretende mostrar a inovação e a versatilidade do EPS, além dos diversos benefícios que seus produtos trazem ao cotidiano das pessoas, como isolamento térmico, proteção contra impactos e maior ergonomia. Tudo isso atrelado à mensagem da logística reversa e reciclagem do material.

Nivaldo Fernandes explica que a campanha contempla desde atividades de relacionamento e conscientização com clientes, comunidade, fornecedores e colaboradores até a aplicação do selo nos catálogos e produtos Termotécnica.

A empresa realiza, desde 2007, o Programa Reciclar EPS, que já deu destino correto a mais de 1/3 de todo EPS pós-consumo no Brasil. Ou seja, mais de 35 mil toneladas de isopor® que retornaram ao processo produtivo para virar rodapé, perfil, vaso, solado de sapato e deck de piscina.

Para a Hortitec 2018, a empresa pretende investir na divulgação de suas soluções e diferenciais, fazer uma maior aproximação com o público, gerando novas prospecções e bons negócios.

 

 

Essa matéria você encontra na edição de junho da Revista Campo & Negócios Hortifrúti. Adquira o seu exemplar.

 

Ou assine

ARTIGOS RELACIONADOS

Ácidos húmicos favorecem a emergência das mudas de cana-de-açúcar

Nilva Teresinha Teixeira Engenheira agrônoma, doutora em Solos e Nutrição de Plantas e professora do Curso de Engenharia Agronômica do Centro Regional Universitário de Espírito...

Valett Growe Hidroall – Juntas na Hortitec

Há três anos a Valett Grow participa da Hortitec em parceria com a Hidroall. Nesta edição, ambas podem ser encontradas no estande 07, no...

Tecnologia em maquinários avança no setor florestal

A mecanização florestal pode ser definida como a utilização de máquinas em substituição ao trabalho humano ou de animais. Além de proporcionar a redução do custo de produção, a mecanização das operações de corte, extração e carregamento possibilita a redução da mão de obra no campo, aumento do rendimento, redução dos acidentes de trabalho, melhores condições ergonômicas para os trabalhadores e possibilidade de execução das operações durante 24 horas por dia.

Não deixe que as formigas devorem seu lucro

Daniele Ukan Engenheira Florestal, doutora em Entomologia Florestal e Controle de Pragas Florestais e professora da Universidade Estadual do Centro-Oeste daniukan@yahoo.com.br   As formigas cortadeiras do gênero...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!