18.1 C
São Paulo
quinta-feira, agosto 11, 2022
-Publicidade-
Inicio Revistas Grãos Tipos de crescimento da soja

Tipos de crescimento da soja

Camilo Placido Vieira

Engenheiro agrônomo, doutor e pesquisador da Embrapa Produtos e Mercado

camilo.vieira@embrapa.br

Crédito Shutterstock
Crédito Shutterstock

Crescimento determinado e indeterminado são os dois tipos predominantes apresentados pelas plantas de soja. Entende-se por planta de soja de crescimento determinado aquelas que têm suas fases reprodutivas, ou seja, floração, formação de vagem e enchimento de grãos bem definidas. Estes materiais, após o florescimento, têm pouco crescimento, algo em torno de no máximo 10 a 15%, sendo que este crescimento é simultâneo desde a base até o topo da planta.

As plantas de soja deste grupo têm seu maiorpotencialexternadoquando são semeadas dentro daépocaconsiderada ótima, ou seja, do último decêndio de outubro ao primeiro decêndio de dezembro, considerando todas as regiões do País onde se tem cultura de soja.Fora deste período, têm-seplantascomfloraçãoprecoce, de porte baixo e com baixa produtividade.

Plantas de crescimento indeterminado têm como principal característica continuarem o crescimento após o início do período reprodutivo, ou seja, após o início da floração. Assim sendo,pode-se ter vagens bem desenvolvidas na base da planta e ao mesmo tempo ter flores na parte superior, ou seja, no topo da planta.

Como este desenvolvimento da fase reprodutiva das plantas de crescimentoindeterminadoénosentidoacropetale em forma de gradiente, as folhas da parte superior são de tamanho menor, havendo um favorecimento da penetração da luz solar otimizando a fotossíntese, como também proporcionaum melhor aproveitamento dos tratamentos fitossanitários por pulverizações que atingem as folhas das partes inferiores da planta de forma mais homogênea.

Não se engane

É importante considerar que, apesar da diferença temporal entre o surgimento das vagens basais e apicais, não se tem prejuízo na maturação, haja vista que esta ocorre quase que de forma simultânea, sem afetar a produção e a qualidade dos grãos.

Esta característica de continuar o seu crescimento após o início doperíodoreprodutivo permite ao agricultor que utiliza a planta de soja de crescimento indeterminado uma maior flexibilidade de plantio com relação à época de semeadura. Esta flexibilidade é importante para regiões onde se indicauma segunda safra com a cultura de milho e/ou sorgo, aumentando a probabilidade de sucesso delas.

Avanços

Destacamos que o cultivo de soja de crescimento indeterminado teve um grande avanço no Brasil nos últimos anos, primeiro, é claro, pelo surgimento de cultivares de excelente performance, e justamente por possibilitar a antecipação da semeadura, que, entretanto, deve ser vista com cautela, hajavista que este beneficio está também na dependência da disponibilidade hídrica no período de semeadura e do bom nível dosistema de produção estabelecido na área onde a cultura será instalada. Isto porquemateriais de ciclo precoce, via de regra, têm uma maior exigência quanto à boa capacidade nutricional do solo.

O arranjo espacial, ou seja, a forma como as plantas são dispostas na área, pode influenciar diretamente os resultados de produtividade das lavouras, assim como também a época de plantio, tipo de solo, adaptaçãoda cultivar e, sobretudo, a disponibilidade hídrica nas fases críticas da cultura, quetambém são fundamentaispara que a cultura de soja apresente altos níveis de produtividade.

Esse arranjo é definido pela densidade de semeadura (plantas por hectare), pelo espaçamento entre fileiras e pela uniformidade de distribuição de plantas dentro dessas fileiras. O uso de cultivares de soja de crescimento indeterminado tem aumentado nos últimos anos, estimulando o estudo e avaliações de novos arranjos, como semeadura cruzada, fileira dupla e espaçamento adensado.

Entretanto, estudos indicam que para cultivar de crescimentoindeterminado os melhores espaçamentos estão entre 40 e 50 cm entrelinhas, com taxa desemeaduravariável, dependendo da cultivar e da época de semeadura. É importante lembrar que o agricultor deve semear em conformidade com as orientações fornecidas pelos obtentores da cultivar por ele selecionada.

Essa matéria você encontra na edição de dezembro 2017 da revista Campo & Negócios Grãos. Adquira já a sua.

Inicio Revistas Grãos Tipos de crescimento da soja