23.3 C
São Paulo
terça-feira, julho 5, 2022
- Publicidade -
-Publicidade-
Inicio Revistas Hortifrúti Tomate de mesa tem crescimento em produção

Tomate de mesa tem crescimento em produção

Tiyoko Nair Hojo Reboucas

PhD em Produção de Sementes em Hortaliças, presidente da Associação Brasileira de Horticultura (ABH) e professora da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB)

tiyoko@uesb.edu.br

John Silva Porto

Mestre em Agronomia e doutorando em Fitotecnia – UESB

Ivan Vilas Boas Souza

Doutor em Agronomia e secretário da ABH

Foto Shutterstock
Foto Shutterstock

No Brasil, a produção anual média de tomate de mesa foi 4,2 milhões de toneladas de frutos em área colhida de 65,2 mil ha nos últimos seis anos (FAO/ONU), colocando o Brasil em nono lugar no ranking frente ao mundo.

A produtividade, nas maiores regiões produtoras, chega a 66,9 ton.ha-1. De acordo com o IBGE, os principais Estados produtores são Goiás, destacando-se na produção destinada à indústria, São Paulo e Minas Gerais,em especial na produção para mesa, que juntos colhem, em média, 31 mil ha anuais, cerca de 51,6% da área de produção nacional.

Oferta e demanda

Goiás é o principal produtor de tomate-indústria do País, com 12,3 mil hectares de área plantada
Goiás é o principal produtor de tomate-indústria do País, com 12,3 mil hectares de área plantada

Em 2017, apesar da oscilação de oferta nas diferentes estações, o produtor que persistiu no plantio e obteve alta produtividade conseguiu rentabilidade satisfatória com a cultura.

Em 2016 houve uma retração de 11,6% em relação ao ano anterior, devido aos efeitos climáticos ocasionados pelo fenômeno El Niño, que provocou estiagens no Nordeste, com redução de áreas no semiárido pernambucano, Chapada Diamantina e Irecê (BA), além de chuvas frequentes, geadas e a crise econômica instaurada no País, que limitou o financiamento de lavouras no Sul e Sudeste.

Exportação e importação

 O mercado de tomate industrial ainda tem espaço para crescer -Crédito Alice Quezado
O mercado de tomate industrial ainda tem espaço para crescer -Crédito Alice Quezado

A exportação total mundial de tomate processado inclui 3,3 milhões de toneladas de suco e dois milhões de toneladas de massa/extrato de tomate.

Custo de produção x lucro

Crédito Ana Maria Diniz
Crédito Ana Maria Diniz

Como a cultura é altamente tecnificada, seu custo de produção varia de R$ 60 mil a R$ 100 mil/ha, conforme a região e o híbrido plantado. Quanto à rentabilidade, varia de 15 a 30% em relação aos custos e à época de comercialização.

Para 2018, há boas perspectivas, tendo em vista o final do ano de 2017 com recuperação da cultura.

 O tipo rasteiro é a principal matéria-prima para a indústria de molhos e derivados - Crédito Hellen Geórgia
O tipo rasteiro é a principal matéria-prima para a indústria de molhos e derivados – Crédito Hellen Geórgia

Essa matéria completa você encontra na edição de setembro de 2018 da Revista Campo & Negócios Hortifrúti. Adquira o seu exemplar para leitura completa.

 

Ou assine

Inicio Revistas Hortifrúti Tomate de mesa tem crescimento em produção