23.3 C
São Paulo
sábado, julho 2, 2022
- Publicidade -
-Publicidade-
Inicio Revistas Hortifrúti Tomate menos ácido e mais firme chega à mesa do brasileiro

Tomate menos ácido e mais firme chega à mesa do brasileiro

 Crédito Shutterstock
Crédito Shutterstock

 

A produção de tomate exige cuidados específicos ” tanto dentro como fora da porteira ” pois é muito sensível com relação ao manejo, fatores climáticos, transporte e conservação do produto, fatores que podem modificar a aparência e até seu sabor, gerando prejuízos de até 30% para toda a cadeia produtiva.

Para melhorar o desempenho do fruto nas lavouras e garantir qualidade até a mesa do consumidor, a Syngenta disponibiliza um novo híbrido para o segmento de tomate salada, o Ozone.

Por meio do cruzamento de mesmas espécies do tomate, as sementes do Ozone combinam uma tecnologia que apresenta mais resistência às duas principais pragas do tomateiro, a TSWV, conhecida como “vira cabeça“ e o TYLCV, conhecido como “geminivirus“. Além disso, o Ozone tem uma tolerância maior às manchas das chuvas e fatores climáticos, e já está disponível para os produtores.

Além do produtor, o público consumidor é o grande beneficiado pelas novidades do Ozone, pois apresenta uma alta qualidade na combinação de firmeza, cor, sabor e longevidade do fruto. “A intenção da Syngenta é resgatar a qualidade e o sabor do tomate tipo salada na mesa do brasileiro“, garante o gerente de portfólio Syngenta, MarcosMaggio.

Essa matéria você encontra na edição de maio da revista Campo & Negócios Hortifrúti. Adquira a sua!

 

Inicio Revistas Hortifrúti Tomate menos ácido e mais firme chega à mesa do brasileiro