Transportadoras de madeira e celulose: Novo sistema de monitoramento

0
168
Crédito Veracel

O transporte de cargas pesadas requer uma responsabilidade redobrada, tanto das prestadoras deste tipo de serviço quanto das empresas que o contratam. Para garantir que os motoristas estejam seguros ao dirigir e não corram riscos de acidentes, 100 carretas que transportam diariamente as toras de eucalipto e fardos de celulose da Veracel passam a trafegar pelas rodovias do Sul da Bahia com um novo sistema de monitoramento de frotas.

A solução, implantada pelas transportadoras JSL e Expresso Nepomuceno, vai além de um GPS para rastrear a localização dos veículos em tempo real.

De acordo com Thiago Petine, coordenador de logística de madeira da Verace, o antigo sistema de monitoramento dos veículos gerava dados com foco em velocidade, freadas bruscas e formação de comboio. A solução atual possui mais tecnologia e tem como foco o motorista e sua forma de condução, além das funções já disponíveis anteriormente.

Prevenção de acidentes

O novo equipamento trabalha com o reconhecimento facial, faz registros de imagens e vídeos do motorista durante as viagens usando uma câmera especial que monitora seu comportamento em situações que podem provocar acidentes de trânsito.

Movimentação de olhos, boca e mãos são microeventos que dão suporte para uma ação preventiva. Por exemplo, piscadas de olhos e bocejos repetitivos em um espaço muito curto de tempo são identificados pelo sistema, que emite um alerta para a central de monitoramento que funciona 24/7. A central entra em contato imediato com o motorista para orientá-lo ou solicitar sua atenção.