13 C
São Paulo
sexta-feira, junho 24, 2022
- Publicidade -
-Publicidade-
Inicio Revistas Grãos Tratamento de sementes é uma das soluções para nematoides em milho safrinha

Tratamento de sementes é uma das soluções para nematoides em milho safrinha

Tratamento de sementes é a solução para nematoides em milho safrinha - Crédito Marcelo Madalosso
Tratamento de sementes é a solução para nematoides em milho safrinha – Crédito Marcelo Madalosso

 

Os nematoides estão presentes em todo o solo brasileiro, variando sua pressão de acordo com a região e o manejo adotado, como rotação de culturas, cultivar adotado, etc. causando prejuízos expressivos à agricultura.

“Essa praga danifica a planta ao atrapalhar que ela absorva água e nutrientes da solução do solo, e é agravada quando o produtor não utiliza a rotação de culturas, que pode interromper seu ciclo“, diz Jorge Verde, engenheiro agrônomo, produtor rural e consultor.

Alerta

Algumas culturas favorecem o aumento da população de nematoides, especialmente em ambiente que não tem, no perfil de 0 a 20 cm, uma raiz que possa se desenvolver e tomar frente do problema. “Vejo o nematoide como uma praga importante, que temos que conviver, mas sua pressão pode e deve ser mantida sob controle, para não causar danos. Isso porque esta é uma praga oportunista, que se estabelece quando a raiz está suscetível“, pondera Jorge Verde.

Assim, o ideal é favorecer o ambiente onde a raiz vai se desenvolver, de maneira que, mesmo tendo a presença da praga, a planta esteja forte o suficiente para superar qualquer ataque que possa comprometer a produtividade.

Sintomas complexos

A detecção dos nematoides em milho é complexa pelo visual da espiga. Para confirmar o problema é preciso retirar a planta com raiz e terra, comparar essa área com outra não infestada, e ver até que ponto a diferença é favorável para os nematoides.

“É mais fácil fazer essa confirmação em leguminosas e algodão, onde a presença de reboleiras é constatada facilmente. Isso se dá devido aos ferimentos causados à raiz, o que traz preocupações ao produtor. Já o tipo de nematoide presente é dado por análises feitas em laboratório“, informa Jorge Verde.

 

Alternativas

Alguns produtos específicos podem ser utilizados para oferecer à planta condições para se defender. As opções são tanto biológicas quanto químicas, sendo que alguns ativos permitem que essa praga tenha supressão no seu ataque à raiz, capacitando a planta a continuar absorvendo água e nutrientes do perfil, refletindo no desenvolvimento de seu potencial produtivo.

Jorge Verde lembra que essa técnica não elimina o problema por completo, mas é uma alternativa para a planta conviver com a praga sem maiores prejuízos. “Não são práticas baratas, especialmente em se tratando dos nematicidas biológicos. Entretanto, se forem utilizados desde o momento que os nematoides são detectados, podem ser muito úteis na condução da lavoura“, considera.

Se a cultura estabelecida, seja soja ou milho, apresentar tolerância ou redução dos nematoides presentes na área, melhor ainda, mas não necessariamente o produtor tem optado por essa característica. A prioridade tem sido a performance de produtividade, estabilidade e adaptação à região de plantio.

Culturas antinematoides

Pesquisas têm comprovado que culturas específicas podem combater o nematoide, entre elas o milheto e crotalária, que liberam toxinas pela raiz, as quais terão um efeito biológico contra a praga.

 A utilização de inseticida em tratamento de sementes reduz a incidência de nematoides - Crédito Luize Hess
A utilização de inseticida em tratamento de sementes reduz a incidência de nematoides – Crédito Luize Hess

O pior deles

As injúrias causadas por Pratylenchus ao sistema radicular das plantas infestadas tornam as raízes engrossadas e menos eficientes na absorção de água e nutrientes da solução do solo, podendo apresentar, também, pequenas galhas.

Consequentemente, uma planta parasitada tem seu crescimento reduzido, apresenta sintomas de deficiências minerais e a produção é reduzida. Plantas de milho atacadas apresentam a sua parte aérea enfezada e clorótica, sintomas de murcha durante os dias quentes, com recuperação à noite, espigas pequenas e mal granadas. Esses sintomas dão à cultura do milho uma aparência de irregularidade, podendo aparecer em reboleiras ou em grandes extensões.

Tratamento de sementes

Frente ao problema causado pelos nematoides, têm sido apresentadas soluções inovadoras para os produtores de milho safrinha de todo o Brasil para auxiliar o manejo. Dentre os principais destaques estão os inseticidas para tratamento de sementes, com o diferencial de fazer o controle conjunto de pragas sugadoras, mastigadoras (lagartas) e nematoides.

Resultados de pesquisa específicos mostram que a utilização de um inseticida em tratamento de sementes, em lavoura de milho no Mato Grosso, com 60 dias após o plantio, apresentou redução significativa de aproximadamente 60% dos nematoides do tipo Pratylenchus sp, de 62% da espécie Meloidogyne sp e 81% do Heterodera sp na raiz.

 

Essa matéria completa você encontra na edição de Fevereiro da revista Campo & Negócios Grãos. Adquira a sua para leitura integral.

 

Inicio Revistas Grãos Tratamento de sementes é uma das soluções para nematoides em milho safrinha