26.6 C
Uberlândia
sexta-feira, junho 14, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosGrãosTratamento de sementes no controle de lagartas da soja

Tratamento de sementes no controle de lagartas da soja

 Janaina Marek

Mestranda em produção vegetal -Universidade Estadual do Centro-Oeste

Dione de Azevedo

Engenheiro Agrônomo

Leandro Alvarenga Santos

Cacilda M. D. Rios Faria

criosfaria@hotmail.com

Doutores e professores da Universidade Estadual do Centro-Oeste

 

Crédito Shutterstock
Crédito Shutterstock

Com o passar das gerações houve um aumento populacional no qual a demanda por alimento vem crescendo dia após dia e isso implicou no aumento de produção de alimentos, matéria-prima para as indústrias, biocombustíveis, etc.

Primeiramente se buscava esse aumento com a abertura e exploração de novas áreas, mas sabe-se que esta realidade vem mudando, e trazendo a necessidade dos pesquisadores buscarem alternativas para aumentar a produção com tecnologias inovadoras que reduzam danos e perdas na produção, principalmente as causadas por doenças e pragas.

Nos últimos anos foram observadas várias tecnologias sendo inseridas e se destacando no cenário agrícola como, por exemplo, a transgenia, o Bacillusthuringiensis, entre outras estratégias que visam aumentara produtividade das culturas, em destaque no cenário nacional,principalmente na cultura da soja, que por sua vez é a mais cultivada no território nacional, atualmente ocupandocerca de 46% da área agrícola brasileira, segundo dados da CONAB.

As pragas x a produtividade

Vem sendo observado que nas últimas safras ocorreram grandes perdas de produção pelo controle ineficaz das lagartas na cultura da soja. Na safra 2014/15os prejuízos superam R$ 2 bilhões, de acordo com levantamentos realizados por empresas no segmento da cadeia produtiva.

As lagartas atacam a soja ao longo de todo o ciclo.Por isso, cuidados preventivos devem ser tomados, desde a implantação até a colheita, pois elas destroem a área foliar, influenciando na má formação de grãos ou até mesmo na diminuição do número de botões florais e/ou vagens, devido ao ataque aos órgãos da planta.

As principais lagartas que causam os maiores danos econômicos à cultura da soja são:

– Lagarta da soja (Anticarsiagemmatalis);

– Lagarta-medideira (Pseudoplusiaincludens);

– Lagarta das maçãs (Helicoverpaspp).

As lagartas atacam a soja ao longo de todo o ciclo - Crédito Adeney Bueno
As lagartas atacam a soja ao longo de todo o ciclo – Crédito Adeney Bueno

Preocupação

A maior preocupaçãodos produtores de várias regiões do país é a baixa eficiência dos produtos. Decorrente do uso intensivo de produtos químicos, a ausência de rotação de mecanismos de ação e a necessidade natural de sobrevivência do inseto fazem com que aumente a possibilidade de pressão de seleção do mesmo. Com isso, aumenta o número de aplicações ao longo da cultura, gerando um custo mais elevado, e muitas vezes sem eficiente controle da praga.

Algumas empresas já mostraram sua “arma“ de defesa, que vem sendo muito elogiada após vários estudos. Uma alternativa muito eficiente e econômica é o tratamento de sementes com inseticidas, que proporciona efeito preventivo contra os danos causados pelas lagartas desde a formação da cultura.

Manejo

O tratamento de sementes com inseticidas deve ser feito no dia do plantio, com aplicação direta na semente. A quantidade de água a ser aplicada junto com o produto é a necessária para que todas as sementes tenham contato total com o líquido, e a dose deve seguir a bula. Antes de qualquer aplicação de produto agroquímico o produtor deve buscar a orientação de um engenheiro agrônomo.

O princípio ativo que se encontraregistrado para o tratamento de sementes com inseticida na cultura da soja para o controle de lagartasé o Clorantraniliprole, pertencente a uma nova classe de inseticidas, reconhecida como Diamidaantranílica, que leva a uma disfunção muscular, acarretando paralisia nos insetos.

Depois de realizado o tratamento das sementes elas já podem ser plantadas, pois inicia o processo de solubilização do ingrediente ativo,o qual utiliza como meio condutor a água presente no sol.Isso faz com que a planta ative sua proteção antes mesmo da germinação.

O sistema radicular, por sua vez, com o início do seu desenvolvimento, começa a absorver o produto, que é translocado (transportado e redistribuído) para toda a parte aérea da planta. Com isso, no momento que a lagarta atacar a planta e começar a ingerir partes da mesma, ela também estará ingerindo o inseticida, levando àsua morte.

Vantagens

A aplicação desta técnica possibilita um maior potencial para o desenvolvimento inicial da cultural, e subsequentemente auxilia no alcance do estande desejado, diminuindo consideravelmente o ataque de pragas ao longo da cultura.

Estudosrecentesdesmistificam queaaplicaçãodeinseticidasnotratamentodesementescausareduçãodopoderdegerminaçãoenovigordamesma.Contudo, o quechamaa atenção é o baixo custo desta técnica, uma vez que, se bem realizada, reduz e muito a aplicação de inseticida ao longo do ciclo da cultura.

Porém, isso vai depender da pressão de indivíduos ao longo do ciclo, que por sua vez tem relação com o clima e o local que se encontra a lavoura.

Essa matéria você encontra na edição de setembro da revista Campo & Negócios Grãos. Adquira já a sua.

ARTIGOS RELACIONADOS

Umidade do algodão é importante no momento da colheita

Conab projeta uma das maiores safras do algodão, mas cotonicultor deve estar atento para garantir a qualidade e a lucratividade do produto.

Fundação MT em Campo  – Sempre ao lado do produtor rural

Pelo quarto ano consecutivo, evento da Fundação MT cumpre com a difusão de informações   A Fundação de Apoio à Pesquisa Agropecuária de Mato Grosso, Fundação...

Floema – Sete anos de parceria com o Seminário do Café

  Há sete anos a Floema participa do Seminário do Café, uma oportunidade para divulgar e promover a marca e, principalmente, mostrar os resultados de...

Cebolas de dias curtos – nova opção para o produtor

 A genética trouxe inovações para todos os setores da horticultura, sendo que para a cebola foram desenvolvidos materiais de dias mais curtos, beneficiando o...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!