Tratamento de sementes

0
781

Rafael Rosa RochaEngenheiro agrônomo e mestrando em Ambiente e Sistemas de Produção Agrícola – UNEMAT rafaelrochaagro@outlook.com

Sementes – Crédito: Shutterstock

O tratamento de sementes é considerado uma das estratégias principais para ter produtos de qualidade numa produção. Sendo um processo realizado antes do plantio, consiste na aplicação de insumos químicos e/ou organismos biológicos nas sementes.

Essa estratégia é utilizada para eliminar, controlar ou afastar patógenos, insetos ou outras pragas. É uma etapa essencial a ser conduzida pelos produtores ou pela indústria. O tratamento das sementes protege essa estrutura entre o período de semeadura e a germinação, assegurando uma lavoura mais uniforme e com alto potencial produtivo.

Por causa disso, muitos agricultores têm investido na tecnologia para melhorar e render o insumo agrícola. Sendo um diferencial importante para os agricultores, é o que garante desde a melhor escolha de sementes até questões genéticas e físicas ideais para o cultivo. Para isso, é muito importante saber quais são as tecnologias disponíveis no mercado.

Importância econômica

A demanda da produção de semente cresceu gradativamente nas últimas décadas e, justamente por isso, o Brasil se tornou um dos maiores mercados de sementes, movimentando em torno de US$ 4 bilhões ao ano.

Dessa forma, o avanço em pesquisa e inovação cresceu junto com o mercado brasileiro. Com esse tratamento a partir da tecnologia, as sementes recebem medidas eficientes para o seu desenvolvimento. Inclusive, hoje em dia é possível usar o seu próprio smartphone ou computador para saber informações a respeito das sementes plantadas, desde a semeadura até o beneficiamento das mesmas.

Dessa forma, existem tratamentos específicos para proteger as sementes contra insetos e microrganismos. Para isso, são empregados diversos produtos para combater esses organismos antes que eles possam causar danos à produção. Esses produtos, inclusive, podem alterar a cor e a superfície desse importante órgão da planta.

Dentre todos os insumos utilizados na produção agrícola, a semente é o item de maior valor agregado. Afinal, são elas que carregam toda a constituição genética de uma cultivar. O potencial máximo de produção de uma espécie é determinado pelo potencial da semente. Confira agora uma das tecnologias mais usadas.

Já encontramos tecnologias aplicadas às sementes que atuam como:

● Inoculantes;

● Agentes de proteção a herbicidas;

● Micronutrientes;

● Reguladores de crescimento;

● Revestimentos.

Um a um

Inoculantes são utilizados para o crescimento perfeito das sementes, sendo um dos produtos com ações benéficas ao insumo. Essa tecnologia funciona como um material vegetal com culturas bacterianas para aumentar a produtividade da semente, trazendo um melhor custo-benefício para o agricultor.

Outro fator bem interessante desse tipo de tecnologia é que esse material recupera os solos de baixa fertilidade. Além de não provocar danos ao meio ambiente, o inoculante é muito indicado para quem deseja preservar a flora e fauna do solo.

Para ler o restante deste artigo você tem que estar logado. Se você já tem uma conta, digite seu nome de usuário e senha. Se ainda não tem uma conta, cadastre-se e aguarde a liberação do seu acesso.