20.5 C
Uberlândia
segunda-feira, julho 15, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioNotíciasUnidade de Referência em Agroquímicos formará nova turma de consultores entre os...

Unidade de Referência em Agroquímicos formará nova turma de consultores entre os meses de abril e maio

Primeiro programa do ano da entidade ligada ao Instituto Agronômico de São Paulo capacitará profissionais para treinar aplicadores de defensivos agrícolas; inscrições limitadas a 15 participantes serão aceitas até o dia 10 de abril

Primeira entidade do Brasil dedicada a capacitar mão de obra especializada na aplicação de defensivos agrícolas, a Unidade de Referência abre inscrições para o primeiro módulo de treinamento de 2018. O curso NR 31.8 será realizado entre os dias 16 e 20 de abril e 14 e 18 de maio, aberto a engenheiros agrônomos e profissionais de empresas do agronegócio. O objetivo do programa é formar consultores aptos a atuar na qualificação de trabalhadores rurais e agricultores ao manejo seguro de defensivos agrícolas.

A grade do treinamento NR 31.8 contempla tecnologias empregadas no controle de pragas, doenças e plantas daninhas, bem como medidas preventivas indicadas à proteção do trabalhador rural aplicador de defensivos agrícolas e aspectos legais e ambientais da atividade rural.

Uma entidade sem fins lucrativos, a Unidade de Referência em Tecnologia e Segurança na Aplicação de Defensivos Agrícolas (UR) nasceu da associação entre o Centro de Engenharia e Automação do Instituto Agronômico (CEA/IAC), órgão da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, e o setor privado. A UR está instalada nas dependências do CEA/IAC, na cidade paulista de Jundiaí, onde o curso NR 31.8 será realizado.

Dados do IAC apontam que entre 25 milhões e 30 milhões de pessoas trabalham no agronegócio. Desse montante, em torno de 4,5 milhões são analfabetos, 12 milhões atuam como temporários e 85% exercem funções em pequenas propriedades. De acordo com o pesquisador científico Hamilton Ramos, coordenador da Unidade de Referência, o mau uso de agrotóxicos gera perdas anuais da ordem de R$ 2 bilhões, além de representar um entrave à agricultura sustentável.

Profissionais e empresas interessados no treinamento NR 31.8 devem se inscrever pelo site www.unidadedereferencia.com.br até o dia 10 de abril próximo. Serão aceitos no máximo 15 participantes.

ARTIGOS RELACIONADOS

Automação da Hidroponia

A OSÍRIS AGTECH, Startup vinculada à Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), atua no desenvolvimento de técnicas e tecnologias que contribuam com o aumento da produtividade, simplifiquem o processo produtivo e reduzam os riscos da produção hidropônica.

Adjuvantes – Tecnologia de aplicação de agrotóxicos na citricultura

Autores Hamilton Humberto Ramos Viviane Corrêa Aguiar Centro de Engenharia e Automação do Instituto Agronômico Adjuvante, por definição, é “qualquer substância ou composto sem propriedades...

Robô gera economia de 37 toneladas de ração por ano na suinocultura brasileira

Cada robô distribui ração para até 3 mil suínos

Picador de árvores inteiras

AutoresJoão Eduardo Ribeiro da Silva Doutor em Agronomia/Fitotecnia - Universidade Federal de Uberlândia (UFU) johned87@yahoo.com.br Ketherlen Júnia Alves Andrade Cotta Professor do curso...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!