23.3 C
São Paulo
quarta-feira, julho 6, 2022
- Publicidade -
-Publicidade-
Inicio Revistas Grãos Uniparts, Kuhn e Magnojet - O melhor da agricultura

Uniparts, Kuhn e Magnojet – O melhor da agricultura

 

Créditos Luize Hess
Créditos Luize Hess

Nesta edição, a Kuhn, Magnojet e sua revendedora Uniparts se uniram para mostrar aos visitantes da Femec o que fazem de melhor ” agricultura.  “Participar da Femec é uma vantagem para expormos nossos produtos e prospectarmos novos clientes, sendo alguns do segmento pecuário, em que a Kuhn é especialista“, afirma Valdeir Inácio Paula, diretor comercial da Uniparts, mais conhecido como Mineirinho.

 

Aquisição da Montana pela Kuhn

A aquisição da Montana pela Kuhn, em 2014, agregou o portfólio da Uniparts, uma empresa que é especialista em pulverização. “Isso, tanto para Uniparts como para a Kuhn, foi excelente. A tendência da parceria é crescer com os novos projetos da Uniparts, agregando valores para ambas, que terão uma colocação maior do seu nome na região“, avalia Romualdo Benedito Penteado, do departamento comercial da Kuhn.

Mineirinho concorda com seu parceiro. “Diante da grandeza da Kuhn, ela merecia um revendedor conhecido na região, com loja em Uberlândia e Unaí, ambas no interior mineiro. A Uniparts tem 20 anos de história em pulverização, e somando aos equipamentos para fenação, pecuária e plantio da Kuhn, além dos outros fornecedores, fecham a cadeia de produção com uma linha completa de produtos“.

Créditos Luize Hess
Créditos Luize Hess

Agora, a Uniparts comercializa toda a linha de implementos para o produtor rural, aumentando ainda mais as opções para o campo, principalmente a linha de pecuária (leite e corte).

O empresário revela que o objetivo é que o produtor tenha boas e amplas opções na Uniparts, principalmente peças e assistência técnica em geral. “A compra da Montana pela Kuhn somou a uma empresa mundial que tem 12 fábricas no mundo, as quais faturaram 1,3 bilhão de euros, o que agrega muito à Uniparts e ao consumidor final, pela confiabilidade e garantia de qualidade e resultado no produto final“, esclarece Mineirinho.

Do outro lado, a Kuhn tem uma estrutura de retaguarda muito forte, e o que oferece, de fato, é qualidade, respeito ao consumidor e treinamento profissional. Romualdo Penteado conta que a Kuhn desloca uma equipe até a propriedade do cliente, dependendo do número de operadores que ele tem, e oferece um treinamento de dois dias, sem nenhum custo para o consumidor, o que resulta em segurança e tranquilidade para seus clientes.

Credibilidade em primeiro plano

Mineirinho teve a oportunidade de conhecer a fábrica da Kuhn, em Passo Fundo (RS), e ficou impressionado com o padrão de qualidade na fabricação das máquinas. “É muito simples trabalhar com essas máquinas, o que é importante, porque estamos muito carentes de mão de obra, com falta de treinamento e até mesmo de cursos específicos para a área. E, embora seja de alta tecnologia, a máquina é muito simples de operar, o que aumenta a confiabilidade do agricultor. O que mais agrada nossos clientes é a tecnologia das máquinas aliada à simplicidade operacional“, explica.

Atualmente, a empresa fabrica a linha de implementos agrícolas (plantio, pulverização e pecuária, além da linha de distribuição de fertilizantes), tudo com tecnologia própria. No Brasil, a empresa está há 10 anos, e possui vasto portfólio de produtos voltados para agricultura e pecuária. Desde a compra da Montana pela Kuhn, já foram investidos R$ 100 milhões na fábrica da Montana em São José dos Pinhais (PR), visando à melhoria do parque industrial.

Visitantes no estande - Créditos Luize Hess
Visitantes no estande – Créditos Luize Hess

Força e qualidade

Na América Latina, a plantadeira Kuhn ganhou pelo terceiro ano consecutivo com a melhor plantabilidade. Já na linha de pulverizadores, que passou a existir depois da compra da Montana, a ideia é exportar esses maquinários.

“A Parruda Stronger, que é o carro-chefe da Kuhn/Montana, será exportada para vários países com a mesma qualidade das máquinas que vêm de fora para o Brasil“, diz Mineirinho. A meta da Kuhn até 2020 é ser líder em implementos na América do Sul.

Equipes da Uniparts, Kuhn e Magnojet, presentes na Femec - Créditos Luize Hess
Equipes da Uniparts, Kuhn e Magnojet, presentes na Femec – Créditos Luize Hess

Três são mais fortes que um

O diretor da Kuhn afirma que a Uniparts está entre as dez empresas brasileiras que mais cresceram junto com ela. “Outra empresa que veio somar muito e que estamos com um trabalho diferenciado é a Magnojet, do Paraná, que é um fornecedor de acessórios para os pulverizadores e que tem investido muito em qualidade“, afirma Mineirinho.

Ele conta que tem feito um trabalho junto com a Magnojet de inspeção dos pulverizadores. “Assim o produtor terá um diagnóstico se a máquina dele estará apta a operar com qualidade. Esse é um serviço diferencial que estamos oferecendo aos nossos clientes“, informa.

 

Essa matéria completa você encontra na edição de Abril da revista Campo & Negócios Grãos. Adquira a sua para leitura completa. 

 

Inicio Revistas Grãos Uniparts, Kuhn e Magnojet - O melhor da agricultura