21 C
Uberlândia
sábado, julho 13, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioMercadoUPL e BASF se mobilizam para prevenção das doenças na soja em...

UPL e BASF se mobilizam para prevenção das doenças na soja em evento beneficente

Prof. Forcelini oferece palestra no dia 11 de outubro em Passo Fundo-RS; todos os recursos serão revertidos em doações para APAE

 

Sintomas de ferrugem asiática em folha de soja - Crédito Ana Maria Diniz
Sintomas de ferrugem asiática em folha de soja – Crédito Ana Maria Diniz

A UPL, BASF e o Professor Forcelini se uniram para realizar palestra que terá toda renda revertida para a APAE-PF. O assunto abordado será: “Como cuidar melhor das doenças que podem ocorrer na cultura da soja nesta safra“.

O evento palestra também contará com um jantar organizado pelas duas empresas e será realizado no próximo dia 11 de outubro, a partir das 19h30, no Cultural Eventos de Passo Fundo- RS, localizado no Km 06. Além do valor cobrado pela palestra, os convites também tem arrecadação destinada para a instituição. Os convites são no valor de 30 reais por pessoa e para participar basta adquiri-los na Razera, localizada na Avenida Brasil Leste, 2525 – vila Petrópolis, Passo Fundo -RS.

“Esse é o momento ideal para ajudar uma instituição que tanto precisa. Faça sua doação para APAE e aproveite para se atualizar sobre as doenças da soja“, Carlos Forcelini, Eng. Agr., Ph.D. em Fitopatologia, Professor Titular da Universidade de Passo Fundo, RS e integrante do Eagle Team.

SOBRE A UPL

A indiana UPL é uma empresa global que traz soluções inovadoras e sustentáveis em proteção de cultivos para o agricultor. Fundada em 1969, a companhia atua hoje em mais de 86 países com 28 fábricas que desenvolvem, fabricam, formulam e comercializam produtos da mais alta qualidade, segurança e tecnologia.

No Brasil, com 11 anos de atuação, a empresa está entre as maiores do segmento com faturamento global de mais de US$ 2 bilhões e ações na Bolsa de Mumbai. A indiana conta com fábrica e estação experimental em Ituverava-SP e foi eleita por dois anos consecutivos como a melhor empresa para se trabalhar pela Great Place to Work® em parceria com a Revista Época. Por meio de seu trabalho com produtores e pesquisadores para encontrar soluções mais eficientes para campo e através de novas formulações e produtos, equipe especializada e expansão de portfólio, conta com forte presença nos mercados de soja, milho, cana-de-açúcar, arroz, café, feijão, citros, algodão, pastagem e hortifrúti.

Sobre a Divisão de Proteção de Cultivos da BASF

Com uma população em rápido crescimento, o mundo está cada vez mais dependente da nossa capacidade de desenvolver e manter uma agricultura sustentável e ambientes saudáveis. A divisão de Proteção de Cultivos da BASF trabalha com agricultores, profissionais agrícolas e especialistas em manejo de pragas para ajudar a tornar isso possível. Com a cooperação desses parceiros, a BASF é capaz de sustentar um robusto pipeline de P&D, um portfólio inovador de produtos e serviços e equipes de peritos no laboratório e em campo para apoiar nossos clientes no sucesso dos seus negócios. Em 2016, a divisão de Proteção de Cultivos da BASF gerou vendas de mais de € 5,6 bilhões. Para obter mais informações, visite-nos em www.agro.basf.com ou por meio de nossos canais de mídias sociais.

ARTIGOS RELACIONADOS

Momesso leva inovação para a seleção eletrônica do café

A Momesso disponibiliza uma linha completa de selecionadoras eletrônicas fabricadas pela Cimbria, empresa dinamarquesa que ela representa no Brasil. “A Cimbria é uma das...

Ventos frios chegaram aos campos de soja do RS

Depois da chuva provocada pela passagem de uma frente fria, as condições meteorológicas na Região Sul mudaram. Os ventos frios de origem polar, com até moderada intensidade chegaram aos campos de soja da região de São Gabriel, no Rio Grande do Sul. Veja o vídeo enviado pela produtora rural Patricia Vione.

Algas podem melhorar a eficiência dos fungicidas

Luís Antônio Siqueira de Azevedo Professor de Fitopatologia da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro e diretor técnico da LASA Suporte em Proteção de...

CNC e Andef debatem pesquisas agroquímicas voltadas ao combate da broca

Os representantes da Andef explicaram que há espaço para a realização de trabalhos de agregação de conhecimento sobre tecnologia de aplicação das moléculas disponíveis para o combate a essa praga do cafeeiro e também das que entrarão no mercado futuramente. Frente a essa informação, o CNC dará encaminhamento às seguintes atividades:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!