18.1 C
São Paulo
quinta-feira, agosto 11, 2022
-Publicidade-
Inicio Destaques Uso de fitorreguladores no abacateiro

Uso de fitorreguladores no abacateiro

Natanael Motta Garcianatanaelmottagarcia@outlook.com

Bruno Englerth Pedrozobruno_englerth@hotmail.comGraduandos em Agronomia – Unifio

Adilson Pimentel JúniorMestre, doutorando em Agronomia/Horticultura (Unesp) e professor de Agronomia – Unifioadilson_pimentel@outlook.com

Abacate – Crédito: Shutterstock

A aplicação de fitorreguladores é um manejo que vem ganhando cada vez mais visibilidade e importantes resultados em diversas culturas, inclusive na fruticultura, visto que melhora a produtividade, incrementa o tamanho dos frutos, diminui a alternância produtiva e reduz o vigor vegetativo.

Sua utilização permite superar as limitações produtivas próprias das diversas espécies, pelas aplicações no florescimento, para aumentar o tamanho e o número dos frutos; após a poda, visando o controle do vigor vegetativo; e aplicações durante o desenvolvimento dos frutos para aumentar o tamanho ou diminuir sua abscisão.

Os fitorreguladores permitem cultivar diversas frutíferas em locais onde antes não se via perspectivas de produção devido a aspectos ambientais e climáticos específicos de cada região.

O manejo

Os fitorreguladores podem ser empregados tanto no tratamento de sementes como no sulco de plantio ou semeadura e/ou em pulverizações foliares, em aplicação em fases iniciais da cultura, com o objetivo de melhorar a germinação, a emergência e o desenvolvimento inicial de plantas.

Em estágios avançados pode ser aplicado via foliar ou solo na forma líquida, para suplementar a planta em épocas de floração, desenvolvimento do fruto até a maturação em pré ou pós-colheita.

No caso do abacate, se trata de uma fruta que vem sendo reconhecida nutricionalmente e vários produtores vêm apostando em seu cultivo, uma vez que seu preço de venda está muito atraente atualmente. Para que haja um aumento de regiões de cultivo e até mesmo de qualidade de fruto, o uso de fitorreguladores vem se tornando uma técnica comum de manejo.

Pomares de abacate apresentam produtividades distintas, dependendo das condições edafoclimáticas da região, cultivar utilizada, manejos culturais e fitossanitários. Geralmente as plantas de abacate vindas de mudas enxertadas começam sua produção comercial por volta do terceiro ou quarto ano de idade, podendo variar de 12 a 30 kg por planta, devido às condições citadas anteriormente.

Para ler o restante deste artigo você tem que estar logado. Se você já tem uma conta, digite seu nome de usuário e senha. Se ainda não tem uma conta, cadastre-se e aguarde a liberação do seu acesso.

Inicio Destaques Uso de fitorreguladores no abacateiro