23.3 C
São Paulo
terça-feira, julho 5, 2022
- Publicidade -
-Publicidade-
Inicio Revistas Hortifrúti Você sabe cultivar inhame?

Você sabe cultivar inhame?

 

Almir Dias Alves da Silva

almir.dias@ipa.br

Elton Oliveira Santos

Roberto Vicente Gomes

Pesquisadores da Empresa Pernambucana de Pesquisa Agropecuária

 

Você sabe cultivar inhame - Crédito Arquivo
Você sabe cultivar inhame – Crédito Arquivo

O inhame, também conhecido como cará-da-costa (Dioscoreacayenensis), é uma planta de origem africana, sendo cultivado no mundo inteiro por se tratar de um alimento energético e de alto valor nutritivo.

Esta cultura pode ser cultivada nas regiões tropicais com precipitação em torno de 1.000 a 1.600mm anuais ou sob regime de irrigação. Pode ser cultivado em diversos tipos de solos, desde aqueles com textura arenosa até os de textura argilosa-média, profundos, bem drenados, arejados e com o pH entre 5,5 a 6,0.

As amostras devem ser coletadas, percorrendo-se toda a área em “zigue-zague” e observando-se a textura e a coloração do solo, pois caso estas sejam diferentes, torna-se necessário realizar a coleta dos solos das respectivas áreas, separadamente.

Caso a análise do solo indique a necessidade da aplicação de calcário, a sua distribuição deve ser feita dois a três meses antes do plantio, devido a sua baixa solubilidade.

Melhor época de plantio

Quando o cultivo é feito em condições de sequeiro, o inhame deve ser plantado no início das chuvas, e quando em regime de irrigação, a melhor época é aquela em que a colheita coincide com o período da entressafra do inhame.

Para o plantio de um hectare usam-se entre 150 a 250 arrobas de semente, ou seja, de 2.250 a 3.750 quilos.

Em plantios de sequeiro são mais recomendados os espaçamentos de 1,20 x 0,80m (10.417 plantas/ha) ou 1,00 x 0,80m (12.500 plantas/ha) e em plantios irrigados os espaçamentos mais recomendados são 1,20 x 0,50m (16.667 plantas/ha) ou 1,20 x 0,60m (13.889 plantas/ha).

Antes do plantio, deve-se selecionar as sementes, escolhendo-se sempre as maduras, com 30 a 60 dias de repouso fisiológico, sadias e sem sintomas de ataque de doenças como a casca-preta, cabeleira e podridão-verde.

A semente do inhame pode ser plantada inteira ou partida; se partida, deve-se ter o cuidado de separar a cabeça, o meio e a ponta, a fim de evitar a desigualdade na brotação.

O plantio pode ser feito em cova alta (matumbo) e em leirão ou camalhão, utilizando-se sementes inteiras ou partidas. O solo deve ser frouxo e profundo para propiciar um bom desenvolvimento das túberas.

Você sabe cultivar inhame - Crédito Agência Minas
Você sabe cultivar inhame – Crédito Agência Minas

Uso de cobertura morta

A prática da cobertura morta, válida apenas para cultivo de sequeiro, tem por finalidade manter a umidade do solo, proteger as túberas-sementes da influência dos raios solares e do calor excessivo, oferecendo, consequentemente, melhores condições para o desenvolvimento da lavoura.

A adubação orgânica é feita utilizando-se antes do plantio, aproximadamente, um litro de esterco de curral bem curtido por cova. A adubação química é feita mediante recomendação da análise de fertilidade do solo.

Essa matéria completa você encontra na edição de janeiro da revista Campo & Negócios Hortifrúti. Clique aqui para adquirir já a sua.

 

Inicio Revistas Hortifrúti Você sabe cultivar inhame?