23.3 C
São Paulo
sexta-feira, julho 1, 2022
- Publicidade -
-Publicidade-
Inicio Revistas Hortifrúti Você sabe plantar couve-manteiga?

Você sabe plantar couve-manteiga?

 

Adriana Souza Nascimento

Engenheira agrônoma, extensionista rural da Emater/DF

emater.gama@gmail.com

 

Adriana Souza Nascimento - Engenheira agrônoma, extensionista rural da Emater DF
Adriana Souza Nascimento – Engenheira agrônoma, extensionista rural da Emater DF

A couve-manteiga é uma hortaliça anual, herbácea, com caule vertical ou ereto, que sempre emite novas folhas ao redor do caule. A folha é a parte comestível e produto comercial.

As folhas apresentam coloração verde-clara a verde-escura, coberta por fina camada de cera, em maior ou menor quantidade em função de variedades. O seu tamanho varia com as variedades, vigor das plantas, condições climáticas, fertilidade do solo e sanidade de plantas. As plantas se desenvolvem bem em condições de clima ameno a quente.

Épocas de plantio

O nicho de mercado dessa produção são as feiras livres, sacolões e mercados. A couve-manteiga pode ser plantada o ano todo, porém, as épocas de plantio mais indicadas são: para as regiões Sul, Sudeste e Centro-oeste de fevereiro a julho, e para o Norte e Nordeste de abril a julho/agosto.

Meios de propagação

Couve - Crédito Luize Hess
Couve – Crédito Luize Hess

Couve - Crédito Luize Hess
Couve – Crédito Luize Hess

A propagação é feita por sementes e por mudas. As mudas são obtidas a partir de brotos laterais de plantas sadias e enraizadas em canteiros, antes de serem transplantadas no local definitivo.

O plantio deve ser feito em solos férteis e de boa permeabilidade. Deve ser realizada análise de solos para observação da necessidade de correção e, ainda, a adubação deve basear-se no resultado da análise do solo. A cultura é bastante exigente em boro e molibdênio.

Devem ser realizadas capinas para manter a cultura no limpo durante todo o seu ciclo produtivo. A adubação de cobertura deve iniciar-se logo após o pegamento das mudas (15 a 20 dias após o transplante) e ser repetir a cada 30 dias.

Colheita

A colheita se processa aproximadamente 50 dias após o transplantio ou 90 dias após o semeio, durante a chamada primeira fase, onde se colhem as folhas quando estas estão apropriadas para o consumo e se encontram tenras.

As folhas, então, devem ser lavadas, e formados os maços ou as embalagens transparentes e perfuradas, devido a sua maior permeabilidade de O2 e CO2.

 

Essa matéria completa você encontra na edição de outubro da revista Campo & Negócios Hortifrúti. Clique aqui e adquira já a sua!

 

Inicio Revistas Hortifrúti Você sabe plantar couve-manteiga?