23.3 C
São Paulo
terça-feira, julho 5, 2022
- Publicidade -
-Publicidade-
Inicio Mercado XV Encontro Técnico da Fundação MT debate informações relevantes para a próxima...

XV Encontro Técnico da Fundação MT debate informações relevantes para a próxima safra

 

Referência do agronegócio, evento colabora em mais uma edição com a difusão de conhecimento

Evento Fundação MT  (2)

A Fundação de Apoio à Pesquisa Agropecuária de Mato Grosso ” Fundação MT, realizou nos dias 6, 7 e 8 de maio o XV Encontro Técnico, que reuniu no Sesc Pantanal, em Poconé (MT), 330 engenheiros agrônomos que atuam nos estados brasileiros de Mato Grosso do Sul, Bahia, Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Piauí, Tocantins, Minas Gerais, Paraná e São Paulo, além de Mato Grosso.

O objetivo do evento foi reunir estes profissionais para difundir o conhecimento adquirido nas safras anteriores, apresentar resultados de pesquisas e promover debates com especialistas, para que juntos tragam benefícios para a agricultura do País, no intuito principal de fortalecer a lucratividade e a sustentabilidade do setor.

Nesta edição, o conceito do Encontro Técnico foi desenvolvido para ressaltar o cenário atual do agronegócio brasileiro e, neste sentido, a comunicação visual utilizou as cores preto e dourado. A primeira simboliza o momento de dificuldades e projeções pessimistas enfrentadas pelos agricultores. Em contraponto, a cor dourada representa luz e clareza, mostrando os caminhos em meio à escuridão das incertezas do mercado, além de destacar o grande valor da informação, que em tempos como este é muito valiosa e ajuda o produtor a encontrar as melhores soluções para a próxima safra.

 Evento Fundação MT  (1)

O diretor presidente da Fundação MT, Francisco Soares Neto, destaca que o evento se tornou referência de sucesso, pois nestes 15 anos de difusão de informações, os participantes se sentem mais estimulados e entusiasmados. “Mais conhecimento é acrescentado ao dia a dia dos profissionais e as informações ganharam corpo ao longo dos anos com o histórico das pesquisas. O relacionamento também é um ponto forte do Encontro Técnico, porque nesses três dias se reúnem pessoas influentes do agronegócio e é um momento de mesclar teoria com troca de informações“, pontuou.

A programação teve início na quarta-feira (6) após o almoço e nos três dias o público acompanhou palestras, debates e painéis sobre temas como doenças e pragas da lavoura, resistência a fungicidas, manejo de resistência a insetos, manejo de herbicidas em culturas RR, rotação de culturas, solos arenosos, mercado de soja e milho, análises de clima e arranjo espacial, melhoramento genético, entre outros.

 Evento Fundação MT  (5)

Para o engenheiro agrônomo Fernando Smaniotto, que atua como gerente agrícola em Nova Mutum (MT), o grande destaque do evento é a imparcialidade com que são tratados os temas. “É a primeira vez que participo e a imparcialidade das empresas e instituições que apresentaram os assuntos foi para mim o grande diferencial do Encontro. Quero participar dos próximos, a Fundação MT fortalece o produtor“, declarou.

Já para o consultor Orlins Matos de Souza, que atua na região da Serra da Petrovina, em Mato Grosso, e participa do Encontro Técnico há 12 anos consecutivos, o formato de palestras mais longas e debates abertos, com a oportunidade de levantar questionamentos foi muito proveitoso. “Aliar conhecimento com discussão é excelente. A troca de informações se torna indispensável neste momento“, definiu.

 Evento Fundação MT  (4)

A avaliação final do evento ficou por conta do engenheiro agrônomo e produtor Ricardo Arioli, que destacou pontos fortes como pontualidade, escolha dos temas, nível de conhecimento dos palestrantes, debates e interação do público, imagens utilizadas nas palestras e apresentações em duplas. Arioli citou ainda que nos 15 anos em que o Encontro Técnico acontece muitos foram os desafios enfrentados pelo setor, como em alguns períodos em que houve queda na produtividade. Nesta safra, colocou ele, o cenário é contrário, pois houve aumento de produtividade em muitas regiões no plantio de soja. Diante da mudança, o produtor perguntou à plateia: “E agora, o que não fizemos de errado? Avaliem essa performance“, disse.

A presença de jovens no público do XV Encontro Técnico também foi um aspecto ressaltado por Arioli, que fez um convite a estes profissionais. “Temos um ambiente ideal para inovar, então juntem forças e conhecimento e façam um novo futuro“, conclamou.

 Evento Fundação MT  (3)

Inicio Mercado XV Encontro Técnico da Fundação MT debate informações relevantes para a próxima...