Advanta coloca no mercado sementes tolerantes que combatem plantas daninhas e garantem a produtividade do sorgo 

0
248
Divulgação

As plantas daninhas são inimigas da produtividade na agricultura, incluindo do sorgo, cereal responsável pela oferta de quase 2,8 milhões de toneladas em 2020, dado mais recente disponibilizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Capim-amargoso, capim-colchão, capim pé-de-galinha, capim-amargoso, guanxuma e picão-preto estão entre os problemas fitossanitários que podem reduzir em até 50% a colheita do sorgo, de acordo com estudos acadêmicos. 

“O cultivo do sorgo é bastante sensível às plantas daninhas, que geram competição por água e nutrientes importantes e geralmente escassos na época de seca, quando ocorre o plantio do cereal. Combater esses inimigos requer muita atenção à tecnologia utilizada, já que a produtividade das lavouras pode ser afetada pelo estresse causado por determinadas categorias de herbicidas”, afirma Lucas Sleutjes Silveira, líder de tecnologia e desenvolvimento de negócios da Advanta Seeds. 

Para auxiliar no enfrentamento desse duplo desafio, a Advanta – que há 60 anos investe no melhoramento genético de vegetais – recorreu à ciência, pesquisou e desenvolveu uma moderna tecnologia com potencial para elevar o rendimento do sorgo, que hoje rende R$ 1,4 bilhão em valor de produção, segundo o IBGE. Trata-se de “igrowth”, que por meio de mutagênese, proporcionou sementes tolerantes a herbicidas compostos pelo princípio ativo imidazolinona, amplamente utilizado na agricultura. 

“O grupo químico das imidazolinonas é bastante eficaz no controle de plantas daninhas. Contudo, a presença desses ingredientes ativos no solo em determinado momento pode causar fitotoxicidade na lavoura, proporcionando prejuízos irreversíveis ou até mesmo a morte do sorgo, especialmente nas fases de germinação e inicial de desenvolvimento. A tecnologia igrowth torna as sementes resistentes ao impacto negativo, mantendo apenas os benefícios do herbicida”, explica Silveira. 

O especialista da Advanta, empresa líder global em sementes de sorgo, ressalta que a tolerância ao ingrediente ativo não substitui os cuidados com o uso correto e seguro desse tipo de defensivo agrícola: a aplicação deve seguir a dosagem indicada para cada situação. Do contrário, os produtos podem não ter o efeito desejado sobre as plantas daninhas, resultando em desperdício e eventuais contaminações ambientais. 

Um dos mais eficazes produtos à base de imidazolinonas é Zelone, herbicida desenvolvido e comercializado pela UPL – uma das cinco maiores empresas de soluções agrícolas do mundo e responsável pelas operações da Advanta Seeds desde 2006. Herbicida seletivo de ação sistêmica, Zelone apresenta excelentes resultados no campo contra seis importantes espécies de plantas daninhas que afetam sensivelmente a cultura do sorgo no país. 

“Zelone possui alta tecnologia de formulação, algo que se reflete na sua performance contra as principais plantas daninhas que afetam o desenvolvimento do sorgo e no controle eficaz aliado à tecnologia igrowth, proporcionando flexibilidade e segurança para o produtor. Para nós, da UPL, é gratificante integrar nosso portfólio com as tecnologias da Advanta”, destaca Rodrigo Koriama, gerente de marketing para herbicidas de row crops da UPL Brasil. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!