Crise hídrica afeta produção de hortaliças

0
146
Crédito Waldir Marouelli
Crédito Waldir Marouelli

Por José Luiz Tejon Megido, Conselheiro Fiscal do Conselho Científico para Agricultura Sustentável (CCAS), Dirige o Núcleo de Agronegócio da ESPM, Comentarista da Rede Estadão.

A crise hídrica já implica em diminuição da produção de hortaliças e legumes. A produção quebrou em 30%, e em 50% segundo os membros da Associação dos Produtores e Distribuidores de Hortifrútis do Estado de São Paulo (Aphortesp), que estão reduzindo as áreas. As bombas de irrigação chegaram a ser lacradas.

Uma reunião do setor agrícola com a Apas (Associação Paulista de Supermercados) foi feita para avaliar a crise, pois não está sendo possível entregar para atender a demanda programada. Faltam produtos e isso também pode ser outro problema adicional sobre a inflação.

O setor das hortaliças de São Paulo solicita uma abertura de diálogo com o governo. Pedem abertura de linhas de crédito para o produtor subsidiar as outorgas e perfuração de poços artesianos, reduzir a carga tributária sobre equipamentos de irrigação. Investimentos em tecnologia de irrigação por gotejamento, por exemplo, reduz o consumo de água em torno de 30%.

A falta de planejamento e infraestrutura deixa aberto espaço para riscos e prejuízos, e potencial desabastecimento.

Sobre o CCAS
O Conselho Científico para Agricultura Sustentável (CCAS) é uma organização da Sociedade Civil, criada em 15 de abril de 2011, com domicilio, sede e foro no município de São Paulo-SP, com o objetivo precípuo de discutir temas relacionados à sustentabilidade da agricultura e se posicionar, de maneira clara, sobre o assunto.

O CCAS é uma entidade privada, de natureza associativa, sem fins econômicos, pautando suas ações na imparcialidade, ética e transparência, sempre valorizando o conhecimento científico.

Os associados do CCAS são profissionais de diferentes formações e áreas de atuação, tanto na área pública quanto privada, que comungam o objetivo comum de pugnar pela sustentabilidade da agricultura brasileira. São profissionais que se destacam por suas atividades técnico-científicas e que se dispõem a apresentar fatos concretos, lastreados em verdades científicas, para comprovar a sustentabilidade das atividades agrícolas.

A agricultura, apesar da sua importância fundamental para o país e para cada cidadão, tem sua reputação e imagem em construção, alternando percepções positivas e negativas, não condizentes com a realidade. É preciso que professores, pesquisadores e especialistas no tema apresentem e discutam suas teses, estudos e opiniões, para melhor informação da sociedade. É importante que todo o conhecimento acumulado nas Universidades e Instituições de Pesquisa seja colocado à disposição da população, para que a realidade da agricultura, em especial seu caráter de sustentabilidade, transpareça.

Acompanhe o CCAS no Facebook: http://www.facebook.com/agriculturasustentavel