23.6 C
Uberlândia
quarta-feira, fevereiro 21, 2024
- Publicidade -
InícioArtigosGrãosGesso diminui o estresse hídrico?

Gesso diminui o estresse hídrico?

Autor

Eduardo Henrique Santos Moreira
Engenheiro agrônomo
duduipm4@hotmail.com
Crédito Shutterstock

Os períodos de veranico contribuem para a diminuição da produtividade, principalmente quando ocorrem em períodos importantes na cultura. Na soja, por exemplo, as fases de germinação, florescimento e enchimento de grãos são as mais sensíveis ao estresse hídrico.

O gesso agrícola surgiu como uma alternativa para minimizar esse problema, sendo que o fornecimento de cálcio e a sua mobilidade no perfil do solo colaboram para o crescimento radicular rumo às camadas mais profundas, o que auxilia na melhor absorção de água e nutrientes por meio do aumento da área de exploração dessas raízes.

Outra vantagem do gesso agrícola é o fornecimento de enxofre, um importante macronutriente para as plantas.

A aplicação do gesso agrícola pode ser feita juntamente com o calcário, se necessário, de preferência 60 a 90 dias antes do plantio. Essas aplicações podem ser incorporadas ou não ao solo, o que vai depender das condições do solo e da recomendação de um profissional capacitado.

Dosagem recomendada

Antes de qualquer processo, é necessário realizar uma análise de solo para verificar suas condições antes o plantio. A necessidade de gessagem se dá quando a saturação de alumínio for maior que 20% ou o teor de cálcio for menor que 0,5 cmolc dm-3 na camada de 20-40 cm. Se constatada a necessidade da utilização do gesso, o cálculo é feito pela porcentagem de argila no solo, onde: NG (Necessidade de Gessagem em kg/ha) = 50 x % argila.

Relação custo x benefício

O gesso agrícola é um sal com solubilidade de 2,5 g/l, aproximadamente 100 vezes mais que o calcário, o que significa que as reações do gesso ocorrem em menor tempo que o calcário. Entretanto, alguns trabalhos afirmam que o efeito residual ou a reação completa desse sal no solo pode se estender por quatro anos, dependendo do tipo de solo, a cultura e o manejo utilizado.

Sendo assim, os efeitos do gesso agrícola não são imediatos. Ele funciona como um condicionador do solo, melhorando o ambiente para o sistema radicular e fornecendo condições favoráveis às plantas para tolerarem o déficit hídrico.

O custo do gesso é relativamente baixo quando comparado aos benefícios que ele proporciona. Diversos trabalhos apontam incremento na produtividade com o gesso agrícola em sucessivos cultivos, principalmente em gramíneas. Algumas culturas também apresentam respostas ao gesso, quando em condições de déficit hídrico ou deficiência de cálcio, promovendo tolerância a esses períodos sem chuva.

O gesso agrícola, além de fornecer cálcio e enxofre, também promove a lixiviação de outras bases trocáveis, como magnésio e potássio, para o perfil do solo por meio das ligações desses nutrientes com o sulfato. Outra característica importante é que o gesso neutraliza o alumínio, elemento tóxico para as plantas.

Porém, vale ressaltar que o gesso é um sal neutro, portanto, não corrige a acidez do solo, logo, não altera o pH, função esta realizada comumente pelo calcário.

ARTIGOS RELACIONADOS

Mulching – Plantas daninhas sob controle no cafeeiro

Autor Thales Barcelos Resende Doutorando em Agronomia/Fitotecnia – Universidade Federal de Lavras (UFLA) thales_br@outlook.com A busca por tecnologias que ajudem o produtor a facilitar...

Dessecação antecipada melhora a semeadura de grãos

  Alfredo Junior Paiola Albrecht ajpalbrecht@yahoo.com.br Leandro Paiola Albrecht lpalbrecht@yahoo.com.br Professores da UFPR " Setor Palotina e Supervisores do Grupo Supra Pesquisa (http://www.supra.ufpr.br) Enoir Cristiano Pellizzaro Engenheiro agrônomo, mestre em...

Cenouras uniformes? Invista nos aminoácidos

  Tiago Henrique C. Silva Engenheiro agrônomo especialista emcereais e HF tiago.silva@adubosaraguaia.com.br   Antes de falar dos aminoácidos, devemos esclarecer da grande importância dessa cadeia para os seres vivos...

2019: Ano de recuperação da bataticultura

AutorPaulo Popp Engenheiro agrônomo e consultor da Paulo Popp Consultoria Agrícola Ltda rppopp@netpar.com.br Depois de o setor in natura passar pela pior crise de rentabilidade...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!