21.6 C
Uberlândia
segunda-feira, junho 24, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosHortifrútiTomate Gabryelle, da Hazera, se destaca no segmento

Tomate Gabryelle, da Hazera, se destaca no segmento

Gabryelle na estufa
Gabryelle na estufa

O tomate Gabryelle, lançado em 2014 pela Hazera, tem saído à frente dos concorrentes. Segundo Camila Martin Salinas Rozas, coordenadora de Vendas e Desenvolvimento de Produtos para SP, PR, SC e RS, o Gabryelle se adaptou muito bem ao clima da região oeste paulista e ao manejo dos produtores, porém, já vem sendo comercializado com sucesso em outros Estados. “Isso se deve ao fato de o Gabryelle ter resistência às principais viroses do tomate e à sua grande capacidade de se adaptar a diferentes condições de clima, solo e manejo“, explica.

A região oeste paulista tem uma área em torno 3.520 ha de tomate industrial, da qual uma parte é destinada à mesa. Os produtores adotam média tecnologia, os plantios de tomates rasteiros são em campo aberto, podendo ser tutorados com meia estaca, os tratos culturais são mecanizados, a irrigação é por gotejo ou pivô e os produtores são de porte médio a alto.

Para estas condições, o tomate Gabryelle assegura boa produtividade, sendo comum em ótimas condições de clima atingir produtividades de 350 a 400 caixas/1.000 plantas, padronização de frutos e excelente resistência às principais viroses da região, como o vira-cabeça e o geminivírus, além de baixo índice de fundo preto nos períodos críticos de calor. “É um tomate rasteiro com qualidade de estaqueado. A produção do Gabryelle, inclusive, já está sendo destinada à comercialização em bandejas, na região de Sabino“,pontua a coordenadora de vendas da Hazera.

Padronização de fruto

Plantio

O plantio do Gabryelle deve acontecer, principalmente, durante os meses de janeiro e fevereirona região de Sabino. “Na próxima safra, nossa expectativa é de aumentar a participação no mercado em 20%, agregando produtividade, qualidade de fruto, com segurança em relação ao controle de viroses para os produtores e com um sistema de baixo custo, proporcionado pelo tomate determinado“, pontua a coordenadora de vendas da Hazera.

Eventos

Na safra passada foi realizado um Dia de Campo em Sabino (SP), na propriedade do produto DivanirPossani, em parceria com a revenda Plant Bem, de Lins (SP), e exposição do Gabryelle na estufada revendaProteto de Tupã. Nessa região, o tomate rasteiro na estufa apresentouuma ótimaprodutividade de 07 a 08 kg/planta, além de resistência a nematoidese às viroses.

PROJETO PAI TUPA
PROJETO PAI TUPA

Na cidade de Monte Alto, o produtor Benedito Marcussi sofreu com uma grande quantidade de chuvas e altas temperaturas e testou o Gabryelle nessas condições pela primeira vez e assegurou que o material tem um grande potencial, pela resistência às viroses e ao fundo preto, comparada com a variedade concorrente.

TOMATE GABRYELLE SELO

Nivaldo Agostinho, proprietário da revenda Proteto de Tupã, começou a trabalhar com aHazera em 2016, quando realizou a parceria no projeto PAI (Produção Agrícola Inteligente) em seu centro de treinamento. “O projeto visa minimizar o uso de agroquímicos e oferecer treinamentos gratuitos aos produtores. Demonstramos no projeto as novas tecnologias que tiveram ótimo desempenho, especialmente este tomate- o Gabryelle, da Hazera. A produção aconteceu em julho de 2016 e foi colhida no mês de novembro.Distribuímos sementes e mudas para toda a região há mais de 20 anos“, detalha Nivaldo.

PROJETO PAI TUPA

Ele conta que o trabalho com a cultivar Gabryelle é novo e muito bom. “Nossa região planta pouco tomate rasteiro, mas é uma cultivar boa, que tem mostrado bom rendimento e ótimo pegamento de frutos.Por ser de crescimento determinado, seu fruto é de padrão grande e a produção foi muito interessante“, garante.

Dia de campo Sabino
Dia de campo Sabino

Diversificação

DivanirPossaniMansano é produtor de tomate, pimentão e pepino no município de Sabino. Ele fazia até três plantios de tomate por ano, mas em 2016 optou por dois (um em fevereiro e outro em abril), devido aos fortes ataques de mosca-branca. “No primeiro plantio usamos duas cultivares, a concorrentee a Gabryelle (duas mil plantas de Gabryelle). Já no segundo plantio usamos só este último (15 mil plantas). Nossa produção média do plantio realizado em fevereiro é de 4,5 mil caixas por alqueire“, orgulha-se, justificando o aumento de plantio deste material devido à alta resistência à mosca-branca já no primeiro plantio.

Ele relata que, quando plantou o Gabryelle em janeiro, as lavouras enfrentaram 20 dias seguidos de chuva, o que o fez pensar que não colheria nada, mas quando as chuvas pararam, a planta começou a reagir e a produzir bastante.

A produção do Gabryelle foi de 200 caixas por mil plantas, ou seja, 15 mil mudas produziram 3.242 caixas, uma produtividade ótima para essa época e as condições do clima. “O Gabryelle não apodrece como o outro concorrente, e também não deu problemas de manchas“, elogia Divanir.

tou dar gabryelle

Para janeiro o produtor diz que vai plantar pimentão e um pouco de tomate, em torno de 10 a 12 mil mudas de Gabryelle, que tem o mesmo custo dos demais materiais, segundo ele.

Essa matéria completa você encontra na edição de janeiro 2017  da revista Campo & Negócios Hortifrúti. Adquira já a sua para leitura integral.

 

 

ARTIGOS RELACIONADOS

Pesquisadores do Norte de Minas criam nova técnica que reduz o desperdí­cio de água na irrigação

Gás carbônico impede o entupimento do sistema de irrigação em regiões com grande concentração de calcário Pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em...

Lavoro marca presença na Norte Show 2022

Meta da companhia é realizar mais de R$ 30 milhões em novos negócios.

Visão xarvio™

Novidades na plataforma xarvio™ FIELD MANAGER para dar mais eficiência à produção ...

Panorama da Vitivinicultura brasileira 2014

  Loiva Maria Ribeiro de Mello Pesquisadora da Embrapa Uva e Vinho loiva@cnpuv.embrapa.br Fazendo uso dos dados do IBGE, observou-se que em 2014 ocorreu aumento de 1,64% na...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!