26.6 C
Uberlândia
terça-feira, abril 23, 2024
- Publicidade -
InícioArtigosA hora certa de colher a melancia

A hora certa de colher a melancia

No cenário competitivo do setor agrícola, o sucesso dos produtores de melancia depende não apenas da quantidade produzida, mas também da qualidade dos frutos. A colheita pode ser um fator decisivo.

Rafael Campagnol
Doutor em Fitotecnia e professor adjunto – Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT)
rafael.campagnol@ufmt.br

Ricardo Toshiharu Matsuzaki
Mestre em Fitotecnia e especialista em cultivo protegido
r.matsuzaki@rijkzwaan.com 

A melancia (Citrullus lanatus) é uma das principais hortaliças cultivadas no Brasil. Pertence à família das cucurbitáceas, a mesma das abóboras, pepinos e melões. Originária do continente africano, sua produção no Brasil atingiu mais de 2 milhões de toneladas em 2021, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE/SIDRA).

Os principais estados produtores são Rio Grande do Norte, Goiás, Rio Grande do Sul, São Paulo e Bahia, responsáveis por mais de 60% da produção nacional.

Foto: Ricardo Matsuzaki

Características

É uma planta anual de crescimento rasteiro, com frutos do tipo pepônio, variando em tamanho de 1,0 a mais de 15 kg. Seu ciclo de cultivo é influenciado fortemente pelas condições climáticas, tratos culturais realizados (especialmente adubação e irrigação) e pelo material genético utilizado.

Para melancias do grupo Crimson Sweet, um dos tipos mais cultivados no Brasil, os frutos podem ser colhidos de 75 a 100 dias após o plantio. Entretanto, alguns materiais genéticos podem ser mais precoces e colhidos entre 50 e 60 dias após a implantação da lavoura, como as melancias “sem sementes”.

Após o aparecimento das flores femininas, os frutos atingem maturidade em 28 a 45 dias (dias após a fecundação das flores). No entanto, devido à influência de diversos fatores no ciclo da cultura, outros indicadores de ponto de colheita são recomendados.

Ponto de colheita

Além de influenciar no ciclo da cultura, as condições climáticas interferem também na qualidade das melancias. Frutos produzidor em épocas mais quentes e secas geralmente são mais doces. Já frutos colhidos em períodos frios e chuvosos geralmente são menos saborosos.

Os indicadores mais utilizados para determinar o ponto de colheita da melancia podem ser diferenciados em externos e internos.

Indicadores de colheita:

a) Secamento da gavinha ou do pedúnculo: a gavinha, estrutura semelhante a um cacho de cabelo, localizada no mesmo nó do fruto ou no pedúnculo do próprio fruto, seca quando a melancia atinge a maturidade.

b) Mudança da cor da casca: na região em contato com o solo, a casca da melancia passa de branca para amarela à medida que amadurece. Melancias imaturas tendem a ter uma casca brilhante e mais clara, enquanto as maduras têm uma aparência fosca e mais escura.

c) Som da batida: ao dar batidinhas na melancia com os dedos ou com a mão, um som oco indica maturidade. Se a fruta emitir um som abafado, é provável que ainda esteja verde. Essa é uma técnica tradicional utilizada por agricultores experientes.

Experiência

O uso desses indicadores externos exige uma boa experiência do produtor e não são muito precisos. Dessa forma, para garantir que os frutos sejam colhidos no momento correto, é recomendado também a observação de alguns indicadores internos do fruto, como:

a) Coloração da polpa: a coloração deve ser intensa, com nítida diferença entre a parte vermelha (ou da cor específica do material genético) e branca próxima à casca do fruto.

b) Espessura da casca: A espessura da casca (casca + polpa branca) reduz com o amadurecimento do fruto. Contudo, cascas finas afetam o transporte dos frutos, especialmente a longas distâncias, pois eles ficam mais sensíveis.

c) Teor de sólidos solúveis: o teor de sólidos solúveis é um importante critério para avaliar a qualidade dos frutos. Representa a concentração de açúcares e outros sólidos diluídos na polpa ou suco do fruto, sendo fundamental para determinar o ponto de colheita adequado.

Para realizar a análise, amostras representativas de melancias são selecionadas e a polpa é extraída e transformada em suco. Utilizando um refratômetro, o suco é analisado, e o valor numérico na escala de Brix indica o teor de sólidos solúveis.

Um valor mínimo de 9 °Brix é recomendado, mas preferencialmente, valores a partir de 10 °Brix são buscados para frutos mais doces e atrativos ao mercado. Essa análise garante que a melancia seja colhida no estágio de maturação ideal, resultando em frutos de alta qualidade e sabor, atendendo às exigências dos consumidores por produtos mais saudáveis e nutritivos.

Atenção

Para garantir uma colheita adequada, é crucial que os agricultores observem essas características e indicadores de maturidade. A colheita prematura resulta em melancias menos doces e suculentas, enquanto a colheita tardia pode levar à perda de qualidade e rachaduras nos frutos.

Portanto, a adoção de uma abordagem combinada, utilizando múltiplos indicadores, é recomendada para determinar a hora certa de colher a melancia. Outro ponto importante para garantir a qualidade dos frutos são os cuidados e condições no momento da colheita e transporte.

Assim, a colheita dos frutos deve ser feita preferencialmente em períodos frescos do dia para evitar o aquecimento do fruto. Recomenda-se fazer o corte do pedúnculo do fruto, deixando-o com aproximadamente 5,0 cm, o que reduz incidência de doenças pós-colheita.

Transporte e comercialização

No transporte, é importante acondicionar os frutos adequadamente no caminhão, evitando danos e sobrepeso, especialmente na parte inferior.

Seguindo essas recomendações, os produtores podem fornecer frutos de alta qualidade, atendendo às demandas do mercado interno e externo e garantindo o sucesso econômico da cultura.

Além disso, ao fornecer melancias maduras e de alta qualidade, os produtores ganham a confiança dos consumidores, fidelizando-os e ampliando as oportunidades de negócio. A reputação de fornecer frutas saborosas e com excelente textura aumenta a competitividade no mercado, criando uma demanda constante pelo produto.

Para o mercado consumidor, ter acesso a melancias no ponto certo de maturidade significa uma experiência gastronômica mais agradável, além de adquirir um produto mais saudável e nutritivo. A busca por alimentos frescos e de qualidade tem crescido significativamente, e os consumidores estão cada vez mais exigentes quanto à procedência e à excelência dos produtos que adquirem.

No cenário competitivo do setor agrícola, o sucesso dos produtores de melancia depende não apenas da quantidade produzida, mas também da qualidade dos frutos. Ao colher no momento adequado, os produtores podem maximizar os benefícios econômicos, já que melancias maduras têm maior valor no mercado, atraindo a preferência dos compradores.

ARTIGOS RELACIONADOS

A hora da virada do setor logístico no Brasil

É preciso focar no reequilíbrio dos contratos e no investimento em tecnologia e boas práticas de ESG para retomar o crescimento do mercado em 2023

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!