27.1 C
Uberlândia
domingo, fevereiro 25, 2024
- Publicidade -
InícioArtigosHortifrútiAçaí tem crescimento de 739%

Açaí tem crescimento de 739%

Açaí – Crédito: Shutterstock

O valor de produção do fruto apresentou alta, passou de R$ 243 mil para R$ 6,2 milhões, expansão de 2.469%. Tocantins foi o Estado com o quarto maior valor de produção do açaí no País e o sexto maior produtor.
O açaí, normalmente, faz parte do extrativismo vegetal, mas algumas iniciativas, desde 2014, vêm sendo implementadas no sentido de cultivar em áreas irrigadas. O Tocantins foi um dos pioneiros nessa cultura e os resultados estão vindo agora, com maior crescimento já visto na cultura de açaí, um grande retorno econômico para aqueles que investiram nessa cultura.
Na capital, as lojas de açaí cresceram por causa da demanda, que também aumentou. A polpa de açaí pura ou batida com morango, banana e até com limão agrada os mais diversos paladares e é ótima opção para aliviar o calor.

Liderança

Líder na produção nacional de açaí, o Pará ficou bem à frente do segundo e do terceiro lugar do ranking: Pará (1.320.150 t), Amazonas (67.757 t), Roraima (4.153 t), seguidos por Rondônia (2.242 t), Bahia (2.188 t) e logo atrás Tocantins, com 839 t.
Segundo a Embrapa, a estimativa é de que somente no estado do Pará sejam consumidas cerca de 300 mil toneladas de açaí anualmente. Para fora do mercado paraense, cerca de 150 toneladas de açaí são consumidas anualmente no Estado de São Paulo, 500 toneladas no Rio de Janeiro e 200 toneladas nos demais Estados brasileiros.
No Estado do Pará, Estado responsável por mais de 90% da produção nacional de açaí, segundo o Sindicado das Indústrias de Frutas e Derivados do Pará (Sindfrutas), 60% da produção da fruta permanece no Estado. No âmbito nacional, outros 35% da produção se destinam a outras regiões, com destaque para São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais; e 5% segue para outros países.

Em valores

O valor de produção de açaí no Pará foi de R$ 465,4 milhões, ou 79% do total. Com fatia de 12,8% do faturamento nacional, o Amazonas também teve redução nesse caso e não passou de R$ 75,5 milhões, o equivalente a um corte de R$ 20 milhões em relação ao obtido em 2018. Em 2019, o Brasil produziu 222.706 toneladas de açaí e acumulou R$ 588,6 milhões em valor de produção.
Já a produção de madeira em tora totalizou 841,13 metros cúbicos, em 2019, superando a marca do ano anterior (826.21 metros cúbicos). A quantidade produzida no Amazonas foi a quinta maior do País, atrás do Pará, Mato Grosso, Rondônia e Amapá. Seu valor da produção totalizou R$ 155,63 milhões e também superou a marca de 2018 (R$ 152.32 milhões), ficando no quarto lugar do ranking brasileiro.

Fonte: IBGE

ARTIGOS RELACIONADOS

Cigarrinha e enfezamentos do milho desafiam produtores

Produtores que vão plantar milho, na próxima safra de verão ou na segunda safra, em todo o País ...

Produção de morangos fora do solo é tendência para um futuro próximo

  Carlos Reisser Júnior carlos.reisser@embrapa.br Luis Eduardo Correa Antunes Doutores e pesquisadores da Embrapa Clima Temperado O Brasil é o maior produtor e consumidor de morangos da América do...

Agristar do Brasil apresenta novidades durante Open Field Day e Hortitec

Entre os dias 21 e 23 de junho, a Agristar, por meio das linhas profissionais de sementes híbridas de alta tecnologia, Topseed Premium e...

Produtores mineiros investem em sistema alternativo de morango

  Modelo pode reduzir em até 50% o uso de defensivos e aumentar a produtividade em até 30%   Produtores de morango do Sul de Minas estão...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!