27.6 C
Uberlândia
quarta-feira, abril 17, 2024
- Publicidade -
InícioDestaquesAdubação de cobertura do milho: bioinsumo pode reduzir em 25% o nitrogênio...

Adubação de cobertura do milho: bioinsumo pode reduzir em 25% o nitrogênio usado

Divulgação

Inoculação de sementes de milho com Azospirillum brasilense (estirpes Ab-V5 e Ab-V6) permite reduzir até 25% da adubação nitrogenada de cobertura. Inoculação com Azospirillum brasilense aumenta a eficiência de uso do fertilizante nitrogenado pelo milho. Tecnologia é aplicável em amplas condições de clima e de solo brasileiros. O bioinsumo colabora com a redução de emissões de gases de efeito estufa e com as estratégias de agricultura de baixo carbono. Redução da aplicação de nitrogênio promove, por hectare, uma mitigação de 236 kg de equivalentes de CO2 e uma economia de R$ 260 em fertilizante.

Resultados de pesquisas conduzidas pela Embrapa Soja (PR) nos últimos dez anos mostram que a inoculação de sementes de milho com a bactéria Azospirillum brasilense (estirpes Ab-V5 e Ab-V6) permite a redução de 25% da adubação nitrogenada de cobertura, considerando a dose de 90 quilos (kg) por hectare (ha) de N-fertilizante. “O uso de microrganismos promotores do crescimento de plantas – capazes de substituir, parcial ou totalmente, os fertilizantes químicos – representa uma estratégia-chave para o Brasil, que importa a maior parte dos fertilizantes usados na agricultura”, defende a pesquisadora da Embrapa Mariangela Hungria.

ARTIGOS RELACIONADOS

Organominerais – O seguro na produção de repolho

Os fertilizantes organominerais são adubos compostos pelos principais macro e micronutrientes necessários às plantas. Além disso, apresentam fontes minerais acrescidas de matéria orgânica que potencializam a eficiência dos nutrientes minerais e ainda melhoram as propriedades químicas, físicas e biológicas do solo.

Ácidos húmicos e fúlvicos – Resultados para as folhosas

Leonardo Barros Dobbss Doutor e professor da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) - Instituto de Ciências Agrárias - ICA ldobbss@gmail.com Nas lavouras os...

Fertilizante inteligente na produção de mudas de pinus

O sucesso de plantios florestais de caráter ambiental e/ou silvicultural depende, dentre outros fatores, da qualidade das mudas que serão utilizadas. Diversos são os parâmetros que definem uma muda de qualidade, destacando-se o bom estado nutricional, obtido via absorção dos nutrientes presentes no substrato.

Aminoácidos aumentam absorção dos nutrientes pelas plantas

Fernando Simoni Bacilieri Engenheiro agrônomo, mestre e doutorando em Agronomia - Universidade Federal de Uberlândia (UFU) ferbacilieri@zipmail.com.br Roberta Camargos de Oliveira Doutora em Agronomia - UFU robertacamargoss@gmail.com José Geraldo Mageste Doutor...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!