23.3 C
São Paulo
quinta-feira, julho 7, 2022
- Publicidade -
-Publicidade-
Inicio Notícias Algodão de MS tem reconhecimento internacional

Algodão de MS tem reconhecimento internacional

Crédito Shutterstock

Mato Grosso do Sul iniciou a auditoria para certificação de propriedades para o programa ABR (Algodão Brasileiro Responsável) e licenciamento BCI (Better Cotton Initiative). Nesse primeiro momento 12 unidades estão sendo auditadas pela certificadora ABNT- Associação Brasileira de Normas Técnicas, e após a aprovação da auditoria externa, o produtor recebe o certificado ABR e o Licenciamento BCI.

Segundo a Associação Sul-mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampasul), nesta safra 2021/2022, Mato Grosso do Sul contará com uma área total de 23.048,6 hectares certificados, representando cerca de 89% da produção de algodão do Estado.

“É mais um passo importante para o setor produtivo do Estado, que trará além de tudo, credibilidade para o nosso algodão. Com orgulho podemos afirmar que Mato Grosso do Sul se destaca no pioneirismo de ações como esta, estamos sempre atentos às demandas do campo, lembro que o nosso estado foi o primeiro a ter uma algodoeira certificada no Brasil”, exaltou o presidente da Ampasul, Darci Boff. 

Para receber a certificação, a propriedade precisa passar por todos os critérios e etapas de avaliação, que garantem uma produção sustentável, com base nos pilares social, ambiental e econômico. Com o licenciamento, o produtor passa a ter a concessão da licença de comercialização Better Cotton. Atualmente, o Brasil é o 4º maior produtor de algodão e o 2º maior exportador de fibra do mundo. De acordo com a Abrapa, o volume desta safra deverá alcançar 2,8 milhões de toneladas de pluma.

Inicio Notícias Algodão de MS tem reconhecimento internacional