27.6 C
Uberlândia
domingo, maio 19, 2024
- Publicidade -
InícioNotíciasAlgodão de MS tem reconhecimento internacional

Algodão de MS tem reconhecimento internacional

Crédito Shutterstock

Mato Grosso do Sul iniciou a auditoria para certificação de propriedades para o programa ABR (Algodão Brasileiro Responsável) e licenciamento BCI (Better Cotton Initiative). Nesse primeiro momento 12 unidades estão sendo auditadas pela certificadora ABNT- Associação Brasileira de Normas Técnicas, e após a aprovação da auditoria externa, o produtor recebe o certificado ABR e o Licenciamento BCI.

Segundo a Associação Sul-mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampasul), nesta safra 2021/2022, Mato Grosso do Sul contará com uma área total de 23.048,6 hectares certificados, representando cerca de 89% da produção de algodão do Estado.

“É mais um passo importante para o setor produtivo do Estado, que trará além de tudo, credibilidade para o nosso algodão. Com orgulho podemos afirmar que Mato Grosso do Sul se destaca no pioneirismo de ações como esta, estamos sempre atentos às demandas do campo, lembro que o nosso estado foi o primeiro a ter uma algodoeira certificada no Brasil”, exaltou o presidente da Ampasul, Darci Boff. 

Para receber a certificação, a propriedade precisa passar por todos os critérios e etapas de avaliação, que garantem uma produção sustentável, com base nos pilares social, ambiental e econômico. Com o licenciamento, o produtor passa a ter a concessão da licença de comercialização Better Cotton. Atualmente, o Brasil é o 4º maior produtor de algodão e o 2º maior exportador de fibra do mundo. De acordo com a Abrapa, o volume desta safra deverá alcançar 2,8 milhões de toneladas de pluma.

ARTIGOS RELACIONADOS

Nova mosca-branca – Ainda mais resistente

  Eliane Dias Quintela Entomologista, PhD. e pesquisadora da Embrapa Arroz e Feijão eliane.quintela@embrapa.br   A mosca-branca Bemisia tabaci pertence a um complexo de espécies morfologicamente semelhantes que estão...

Bahia encerra plantio de algodão com crescimento

Bahia encerrou o plantio da safra 2023/2024 de algodão com um crescimento de 9,3% da área cultivada.

Portal Manejo de Plantas Daninhas Resistentes, da Arysta LifeScience, ajuda produtores a controlar um dos inimigos mais difíceis da lavoura: o campim-amargoso

  Um dos principais problemas enfrentados pelos agricultores é o capim-amargoso. Para auxiliar o agricultor a vencer esse inimigo da produção, a Arysta LifeScience reuniu...

Doenças da soja e o correto manejo dos defensivos

No mês de abril a safra 2016/17 estará encerrando as colheitas no Estado do Mato Grosso. Por isso, o produtor deve estar muito atento...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!